← Mais simulados

Simulado: Professor - Pedagogia - Processo de Ensino Aprendizagem - SEE SP

Simulados, Provas e Questões - Professor - Pedagogia - Processo de Ensino Aprendizagem - SEE SP. Ao Terminar de Resolver o Teste, Clique em Corrigir para ver o Gabarito.

7 resolveram
52% acertos
Médio
0 gabaritaram
0 ótimo
5 bom
1 regular
1 péssimo

O atendimento educacional especializado, conforme o documento MEC/SEESP (2007), é configurado por ações

Segundo o documento do MEC/SEESP (2007), experiências socioculturais, familiares e escolares mostram-se importantes para a aprendizagem da leitura e da escrita por alunos com Síndrome de Down ou com outros quadros etiológicos. Dentre as experiências escolares e familiares é possível considerar que

Na Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde ? CIF (2004), afirma-se que fatores ambientais, de natureza física, social e atitudinal, podem constituir barreiras ou obstáculos à funcionalidade de uma pessoa com deficiência.

As “barreiras atitudinais” referem-se a

A criança com deficiência física tem vivências mais limitadas com poucas oportunidades de explorar livremente os ambientes fora de casa como o jardim ou o parque. Neste âmbito, o que o professor pode fazer para intervir e enriquecer a sua experiência em primeira mão?

A socialização é fator indispensável no processo de desenvolvimento do ser humano, pois é através dela que o indivíduo apropria-se dos comportamentos produzidos pela sociedade. A escola também é um espaço privilegiado para a socialização da criança. Pensando na socialização do aluno surdo, a escola poderá optar uma proposta de educação que valorize a

Atualmente, acionadores de computadores utilizados com pessoas com severo comprometimento motor respondem a movimentos por contato ou pressão muito sutis. No caso de uma pessoa que ficou tetraplégica por acidente de carro, com esmagamento das vértebras C 5 a C 6, pode ser indicado o acionador por

Pereira (SEE, 2005) afirma que, quando se trata da compreensão da leitura por alunos surdos, é preciso considerar que a maior parte deles chega à escola sem língua e frequentemente inicia o aprendizado da leitura e da escrita do português. Conclui-se que, para a maioria das crianças surdas, aprender a ler e escrever significa

Regina é uma aluna de 13 anos, com Síndrome de Down, matriculada há pouco mais de três anos no ensino regular, na segunda série do Ensino Fundamental I. O fato de Regina não estar alfabetizada preocupa sua professora, que sugere à

Para Fierro (In: Coll, Marchesi e Palácios, 2004), o conceito ou enfoque das necessidades educacionais especiais centra-se

O diagnóstico de deficiência mental por si só não permite prever as necessidades e a planificação de serviços de apoio que a pessoa irá utilizar nos diferentes estágios de sua vida. Neste sentido, a CIF (2004), em seu conjunto, ressalta a importância dos profissionais de diferentes áreas atentarem para

O objetivo do atendimento educacional especializado do aluno com deficiência mental, conforme o documento MEC/SEESP (2007), é

A rede estadual de ensino deve viabilizar a inclusão do aluno surdo e sua escolarização, com o ensino de LIBRAS, o ensino em LIBRAS e o ensino da Língua Portuguesa. Isso ocorre

Conforme Fierro (In: Coll, Marchesi e Palácios, 2004), estudos epidemiológicos sobre as causas da deficiência mental revelam que ela decorre da

Atenção: Leia o texto abaixo para responder às questões de números 13 e 14.

As professoras de uma escola paulista, ao tomarem ciência de que os resultados de seus alunos no SARESP foi muito abaixo do esperado, comentam que não estão espantadas. Uma delas falou que esperar mais, de alunos desinteressados, imaturos e carentes, seria absurdo. Outra disse que concordava integralmente, pois, além disso tudo, os pais não acompanhavam os estudos dos filhos e nem valorizavam a escola. Uma outra afirmou ser impossível ensinar, quando as classes estavam superlotadas. Seguiram- se outras falas, mas o tom continuou o mesmo.

A coordenadora pedagógica afirma que o importante, em termos de avaliação, é:

Alunos com distúrbios neuromotores podem apresentar algumas alterações como aversão a certos tipos de estímulos táteis (defensividade tátil) e intolerância ao movimento, bem como alterações na discriminação tátil. Esse tipo de reação, com propostas para o tratamento, foi estudado

O recurso utilizado na informática para impedir que o usuário aperte várias teclas ao mesmo tempo é

Os professores estavam na dúvida sobre as semelhanças entre o IDEB e o IDESP. Uma das mais jovens informou seus colegas, corretamente, que os dois índices procuram

A Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde ? CIF (2004) tem por base uma abordagem biopsicossocial que oferece uma visão coerente das diferentes dimensões de saúde sob uma perspectiva biológica, individual e social. Na CIF, o termo funcionalidade refere-se

Atenção: Leia o texto abaixo para responder às questões de números 13 e 14.

As professoras de uma escola paulista, ao tomarem ciência de que os resultados de seus alunos no SARESP foi muito abaixo do esperado, comentam que não estão espantadas. Uma delas falou que esperar mais, de alunos desinteressados, imaturos e carentes, seria absurdo. Outra disse que concordava integralmente, pois, além disso tudo, os pais não acompanhavam os estudos dos filhos e nem valorizavam a escola. Uma outra afirmou ser impossível ensinar, quando as classes estavam superlotadas. Seguiram- se outras falas, mas o tom continuou o mesmo.

A diretora, procurando direcionar a discussão, salientou, corretamente, que essas falas revelam que o problema da avaliação está no fato destes professores adotarem uma fala simplista, que

Os limites das especificidades de atuação dos profissionais da classe comum, do atendimento clínico e do atendimento educacional especializados devem ser mantidos, conforme o documento MEC/SEESP (2006). Entretanto, as ações desses profissionais junto ao aluno com deficiência mental devem convergir para objetivos

Deixe seu comentário (0)

Seja o primeiro a comentar!