← Mais simulados

Simulado: Técnico Superior Jurídico - Português - Interpretação Textual - DPE RJ

Simulados, Provas e Questões - Técnico Superior Jurídico - Português - Interpretação Textual - DPE RJ. Ao Terminar de Resolver o Teste, Clique em Corrigir para ver o Gabarito.

6 resolveram
29% acertos
Difícil
0 gabaritaram
0 ótimo
0 bom
6 regular
0 péssimo

A revista Época de 14/01/2019 fez uma reportagem sobre o presidente americano Donald Trump e redigiu a chamada para a leitura do texto do seguinte modo: 
“O presidente americano vai à TV defender a construção do muro entre os EUA e o México e prolonga o que está próximo de ser a mais extensa paralisação do governo na história”.
Sobre a estruturação gramatical desse texto, é correto afirmar que:
Sobre uma nova espécie de droga, as smart drugs, a chamada para um texto de jornal diz o seguinte: 
“Drogas apelidadas de smart drugs por supostamente aumentarem a inteligência ganham cada vez mais adeptos, apesar de pesquisas desmentirem seus efeitos”. 
A substituição de um conectivo que está corretamente realizada é: 
Na página inicial de uma prova, entre as instruções gerais, estava escrito: 
“Será eliminado sumariamente do processo seletivo e as suas provas não serão levadas em consideração, o candidato que: 
i) der ou receber auxílio para a execução de qualquer prova; 
ii) utilizar-se de qualquer material não autorizado; 
iii) desrespeitar qualquer prescrição relativa à execução das provas; 
iu) escrever o nome ou introduzir marcas identificadoras noutro lugar que não o indicado para esse fim; 
u) cometer um ato grave de indisciplina”. 
Uma outra forma, mais conveniente, de redigirem-se as duas primeiras linhas do texto acima é: 
Sobre a estruturação geral do texto 2, a afirmação INADEQUADA é:
A oposição de termos construída com as preposições com/sem gera um possível paradoxo em:
A oposição de termos construída com as preposições com/sem gera um possível paradoxo em: 
Na orelha do livro “A Bíblia: uma biografia” (Rio de Janeiro: Jorge Zahar. Ed., 2007), aparece o seguinte texto: 
“A principal função da Bíblia, no entanto, ao longo de sua demorada gestação, não foi apoiar doutrinas e crenças particulares [....]. A produção de uma escritura sagrada consistiu antes em atividade contínua, um processo que buscava introduzir milhares de pessoas à transcendência”. 
A informação abaixo que NÃO pode ser depreendida da leitura desse texto é:
A frase “Os candidatos farão as inscrições até sexta-feira” foi modificada segundo critérios diferentes; a forma da frase que mostra incorreção de acordo com o critério indicado é:
O jornal O Globo de 10.3.2019 trazia como uma de suas manchetes: 
Pouso forçado. Rio perde 25% dos voos domésticos e internacionais em seis anos. 
Sobre a relação semântica entre o título – Pouso forçado – e o restante da manchete, é correto afirmar que:
Em situações de formalidade, é conveniente evitar o uso de linguagem informal; a frase abaixo que se mostra inteiramente formal é:
Uma editora paulista mostra o seguinte texto publicitário na agenda que entrega a clientes e amigos: DA SEMENTE AO LIVRO 
Sustentabilidade por todo o caminho 
Plantar florestas – A madeira que serve de matéria-prima para nosso papel vem de plantio renovável, ou seja, não é fruto de desmatamento. Essa prática gera milhares de empregos para agricultores e recupera áreas ambientais degradadas. 
Sobre esse pequeno texto, é correto afirmar que:
Numa entrevista com a pesquisadora Moira Weigel, ocorre o seguinte diálogo: 
__ Qual a definição de politicamente correto? 
__ Para mim, politicamente correto é um sinônimo de educação. Essa é minha definição. Para outras pessoas, críticas do conceito, politicamente correto quer dizer algo ruim, uma espécie de censura que impede que as pessoas falem livremente sobre todos os assuntos”. 
A frase abaixo em que a afirmação feita está de acordo com a definição dada pela entrevistada é:
A Prefeitura de Salvador faz divulgação de seu Festival da Virada em conhecidas revistas. O texto da publicidade diz o seguinte: 
Festa que vira atração de 460 mil turistas, 
Que vira 98% de ocupação hoteleira, 
Que vira milhares de empregos, 
Que vira 500 milhões de reais na economia. 
Que virada! 
Obrigado, Salvador! 
A estruturação do texto só NÃO compreende:
“Hoje, em todo o mundo, cerca de 550 milhões de pessoas estão conectadas à Internet – quase 9 milhões delas no Brasil. Quando a rede de computadores começou a popularizar-se, dez anos atrás, os apocalípticos de plantão, sempre eles, logo alardearam que os efeitos colaterais mais nefastos desse fenômeno seriam o isolamento e a alienação. Que as pessoas deixariam de relacionar-se, que se tornariam ainda mais sedentárias, que teriam o seu cotidiano moldado por uma espécie de irrealidade digital, que emburreceriam, e por aí vai”. (Veja, 03/03/2004, p. 85) 
Argumentativamente, o texto:
A frase “Os candidatos farão as inscrições até sexta-feira” foi modificada segundo critérios diferentes; a forma da frase que mostra incorreção de acordo com o critério indicado é:
“Um paradoxo é uma provocação à lógica. Considere, por exemplo, a afirmação: 
‘Eu estou mentindo’. Se ela for falsa, isso quer dizer que eu não estou mentindo, o que contradiz a afirmação feita. Mas, se ela for verdadeira,então a afirmação será falsa – ao dizer que estava mentindo, eu disse a verdade e, logo, não estava mentindo. A afirmação é verdadeira se for falsa e falsa se for verdadeira!” (Eduardo Giannetti, O paradoxo do brasileiro) 
Considerando o título do artigo de onde foi retirado esse trecho introdutório, a introdução acima pode ser caracterizada como:
“Pensamos com o idioma; se é mal usado, pensaremos mal!” (Fernando Lázaro Carreter) Para esse linguista, a função da língua escrita é:
Na orelha do livro “A Bíblia: uma biografia” (Rio de Janeiro: Jorge Zahar. Ed., 2007), aparece o seguinte texto:
“A principal função da Bíblia, no entanto, ao longo de sua demorada gestação, não foi apoiar doutrinas e crenças particulares [....]. A produção de uma escritura sagrada consistiu antes em atividade contínua, um processo que buscava introduzir milhares de pessoas à transcendência”. 
A informação abaixo que NÃO pode ser depreendida da leitura desse texto é:
Na página inicial de uma prova, entre as instruções gerais, estava escrito: 

“Será eliminado sumariamente do processo seletivo e as suas provas não serão levadas em consideração, o candidato que:
 i) der ou receber auxílio para a execução de qualquer prova; 
ii) utilizar-se de qualquer material não autorizado; 
iii) desrespeitar qualquer prescrição relativa à execução das provas;
iu) escrever o nome ou introduzir marcas identificadoras noutro lugar que não o indicado para esse fim; 
u) cometer um ato grave de indisciplina”. 
Uma outra forma, mais conveniente, de redigirem-se as duas primeiras linhas do texto acima é:
Uma revista de Educação mostrava o seguinte segmento: 

“Os modelos pedagógicos de nossas escolas ainda são muito mais direcionados ao ensino teórico para passar no funil do vestibular, obrigando os alunos a decorar fórmulas matemáticas, afluentes de rios ou a morfologia dos insetos para ter depois seus conhecimentos testados e avaliados por notas que não diferenciam as vocações ou interesses individuais. É uma avaliação cruel, que prioriza a inteligência da decoreba ao invés da inteligência criativa”. 
Entre as ideias defendidas no texto 1, a única que NÃO está presente é: 

Deixe seu comentário (0)

Seja o primeiro a comentar!