← Mais simulados

Simulado: Especialista em Gestão - Farmácia - Semiologia - SESA ES

Simulados, Provas e Questões - Especialista em Gestão - Farmácia - Semiologia - SESA ES. Ao Terminar de Resolver o Teste, Clique em Corrigir para ver o Gabarito.

2 resolveram
56% acertos
Médio
0 gabaritaram
0 ótimo
1 bom
1 regular
0 péssimo

O diabetes melito do tipo 1 e o do tipo 2 são considerados epidemia mundial, cujo enfrentamento constitui um grande desafio para os sistemas de saúde em todo o mundo. Considerando os tipos de diabetes melito e as formas de diagnóstico dessa patologia, julgue os próximos itens.

A manipulação de material biológico de pacientes para a dosagem de glicose deve ser realizada em área equipada com dispositivos de proteção coletiva.

O Ministério da Saúde, por meio da Secretaria de Vigilância em Saúde, publicou a Portaria n.º 151/2009 que trata da obrigatoriedade de uso do diagnóstico laboratorial da infecção pelo HIV em indivíduos com idade acima de dezoito meses. Com relação às técnicas e normas para a determinação de infecção por HIV, julgue os itens de 67 a 71.

Após a separação de seu soro, o sangue de paciente suspeito de estar infectado pelo HIV pode ser armazenado à temperatura de 4 oC por até sete dias antes de ser utilizado para identificação sorológica.

O Ministério da Saúde, por meio da Secretaria de Vigilância em Saúde, publicou a Portaria n.º 151/2009 que trata da obrigatoriedade de uso do diagnóstico laboratorial da infecção pelo HIV em indivíduos com idade acima de dezoito meses. Com relação às técnicas e normas para a determinação de infecção por HIV, julgue os itens de 67 a 71.

Os laboratórios onde ocorre manipulação de material biológico de pacientes soropositivos para o HIV são classificados como classe de risco IV.

O Ministério da Saúde, por meio da Secretaria de Vigilância em Saúde, publicou a Portaria n.º 151/2009 que trata da obrigatoriedade de uso do diagnóstico laboratorial da infecção pelo HIV em indivíduos com idade acima de dezoito meses. Com relação às técnicas e normas para a determinação de infecção por HIV, julgue os itens de 67 a 71.

O anticorpo anti-HIV presente no soro do paciente pode ser detectado por imunofluorescência direta, por meio da ligação do anticorpo secundário marcado com uma substância fluorescente ao imunocomplexo formado pelo soro do paciente com os antígenos do HIV que estavam adsorvidos em uma placa.

A respeito da urinálise, julgue os próximos itens.

A urina normal ácida pode mostrar-se opaca devido à precipitação de uratos amorfos ou à presença cristais de oxalato de cálcio ou de ácido úrico.

O Ministério da Saúde, por meio da Secretaria de Vigilância em Saúde, publicou a Portaria n.º 151/2009 que trata da obrigatoriedade de uso do diagnóstico laboratorial da infecção pelo HIV em indivíduos com idade acima de dezoito meses. Com relação às técnicas e normas para a determinação de infecção por HIV, julgue os itens de 67 a 71.

A técnica de imunoblotting consiste na associação da separação das proteínas por eletroforese a métodos de detecção com anticorpos marcados com enzimas, razão por que é considerada uma técnica imunoenzimática.

O diabetes melito do tipo 1 e o do tipo 2 são considerados epidemia mundial, cujo enfrentamento constitui um grande desafio para os sistemas de saúde em todo o mundo. Considerando os tipos de diabetes melito e as formas de diagnóstico dessa patologia, julgue os próximos itens.

A identificação de anticorpos antidescarboxilase do ácido glutâmico (GAD) é conclusiva para o diagnóstico de diabetes do tipo 1.

O diabetes melito do tipo 1 e o do tipo 2 são considerados epidemia mundial, cujo enfrentamento constitui um grande desafio para os sistemas de saúde em todo o mundo. Considerando os tipos de diabetes melito e as formas de diagnóstico dessa patologia, julgue os próximos itens.

A hemoglobina glicada permite identificar, em curtos períodos de tempo, a concentração média, no sangue, de glicose, cujos níveis podem variar quando o paciente estiver em jejum ou sob estresse.

O diabetes melito do tipo 1 e o do tipo 2 são considerados epidemia mundial, cujo enfrentamento constitui um grande desafio para os sistemas de saúde em todo o mundo. Considerando os tipos de diabetes melito e as formas de diagnóstico dessa patologia, julgue os próximos itens.

O paciente cujo índice de glicemia de jejum for 120 mg/dL e o de tolerância à glicose for de 170 mg/dL deve ser diagnosticado como portador de diabete melito do tipo 2.

A respeito da urinálise, julgue os próximos itens.

Em urinas não analisadas logo após a coleta e(ou) não refrigeradas, ocorre redução das cetonas por volatização.

A respeito da urinálise, julgue os próximos itens.

A presença de células dos túbulos renais, ainda que em pequena quantidade, indica agressões nefrotóxicas ou isquêmicas sobre o epitélio tubular.

A respeito da urinálise, julgue os próximos itens.

Uma lesão ou doença que resulte em inflamação ou comprometa a integridade do sistema vascular pode resultar em hematúria.

O diabetes melito do tipo 1 e o do tipo 2 são considerados epidemia mundial, cujo enfrentamento constitui um grande desafio para os sistemas de saúde em todo o mundo. Considerando os tipos de diabetes melito e as formas de diagnóstico dessa patologia, julgue os próximos itens.

A dosagem da glicose circulante de pacientes deve ser realizada em equipamentos que utilizam a espectrofotometria de forma automatizada.

O diabetes melito do tipo 1 e o do tipo 2 são considerados epidemia mundial, cujo enfrentamento constitui um grande desafio para os sistemas de saúde em todo o mundo. Considerando os tipos de diabetes melito e as formas de diagnóstico dessa patologia, julgue os próximos itens.

Um marcador imunológico importante nas doenças autoimunes são as proteínas de classe II do complexo principal de histocompatibilidade humano ou o antígeno leucocitário humano (HLA), cujos alelos HLA-DR/DQ podem estar associados à predisposição do paciente para o desenvolvimento da doença. A identificação do HLA pode ser realizada por meio do emprego de técnicas de biologia molecular ou por microtoxicidade utilizando-se anticorpos monoclonais e proteínas do sistema complemento.

O Ministério da Saúde, por meio da Secretaria de Vigilância em Saúde, publicou a Portaria n.º 151/2009 que trata da obrigatoriedade de uso do diagnóstico laboratorial da infecção pelo HIV em indivíduos com idade acima de dezoito meses. Com relação às técnicas e normas para a determinação de infecção por HIV, julgue os itens de 67 a 71.

O ensaio imunoenzimático de micropartícula (MEIA) constitui ensaio quantitativo de alta sensibilidade e especificidade para a detecção de anticorpos anti-HIV em razão da grande superfície das esferas que contêm os antígenos do vírus.

A respeito da urinálise, julgue os próximos itens.

Grande quantidade de muco na urina indica processo inflamatório agudo no trato geniturinário.

O diabetes melito do tipo 1 e o do tipo 2 são considerados epidemia mundial, cujo enfrentamento constitui um grande desafio para os sistemas de saúde em todo o mundo. Considerando os tipos de diabetes melito e as formas de diagnóstico dessa patologia, julgue os próximos itens.

A coleta de sangue para o exame de dosagem de hemoglobina glicada deve ser realizada em tubo contendo fluoreto de sódio e oxalato.

Gostou desse conteúdo? Se puder comentar ou compartilhar ficaremos gratos. Veja outros similares desse mesmo assunto.

Deixe seu comentário (0)

Seja o primeiro a comentar!