← Mais simulados

Simulado: IBGE - Arquivologia - Arquivos Corrente e Intermediário - Questões

Simulado com Questões da Prova - IBGE - Arquivologia - Arquivos Corrente e Intermediário. Ao Terminar de Resolver, Clique em Corrigir para ver o Gabarito.

5 resolveram
30% acertos
Difícil
0 gabaritaram
0 ótimo
1 bom
2 regular
2 péssimo

Todos os documentos de arquivo estão vinculados a um ciclo vital que compreende três idades. Na segunda idade, são mantidos os papéis que ultrapassaram seu prazo de validade jurídico-administrativo, e que ainda podem ser utilizados, mas apenas pelo seu

A organização de documentos de arquivo de primeira idade requer a escolha racional do melhor método para uma eficiente e posterior recuperação da informação. Nesse sentido, considerando-se o agrupamento de assuntos correlatos por entradas gerais que subordinam entradas secundárias, e que são organizados de acordo com a rigorosa sequência das letras, a ordem utilizada é a

Na utilização do método numérico simples é necessário atribuir um número a cada novo cliente, independente da ordem alfabética, pois o método exige um índice alfabético remissivo. Os correspondentes ou clientes eventuais terão uma identificação específica. A esse respeito, analise a figura abaixo, que representa uma gaveta.

Imagem 004.jpg

No exemplo da gaveta, o que significam as informações M-1, M-2 ... nas pastas dos correspondentes eventuais?

O objetivo de uma descrição arquivística é identificar e explicar o contexto e o conteúdo de documentos de arquivo, visando efetivar o acesso aos mesmos. Com esse objetivo, existem áreas e regras gerais para descrição arquivística que abrangem alguns elementos. Na área conhecida como contextualização, considere a informação a seguir.

Imagem 018.jpg

Essa informação se refere a

Em Arquivologia são identificados alguns objetivos de determinadas etapas da organização dos documentos, tais como: aumentar o índice de recuperação da informação; garantir condições de conservação da documentação de valor permanente; reduzir, ao essencial, a massa documental dos arquivos; controlar o processo de produção documental; conquistar espaço físico e aproveitar melhor os recursos humanos e materiais. Esses objetivos evidenciam a

Segundo PAES (2004), o arquivamento de nomes obedece a treze regras chamadas de alfabetação. Em uma dessas regras aparece a orientação para arquivamento de nomes orientais, como:

1 - Lin Yin
2 - Al Ben Hur
3 - Chan Chen Xitong
4 - Mao Tse-Tung

A ordenação correta é:

Os materiais de consumo para os arquivos são os que sofrem desgaste a curto ou médio prazos, como as pastas, as guias, as fichas, etc. As guias divisórias possuem diversos elementos relacionados à sua finalidade. Um desses elementos é a projeção, na qual são feitas inscrições que podem ser alfabéticas, numéricas ou alfanuméricas, podendo ser também abertas ou fechadas. Arquivisticamente, cada uma dessas inscrições é conhecida como

A organização de documentos em arquivos pode obedecer a uma variedade de métodos. Quando o elemento principal a ser considerado é a procedência ou o local, o melhor método para organização é o geográfico. A esse respeito, nas correspondências trocadas com outros países, como Portugal, aparecem os seguintes nomes:

1 - José de Oliveira - Lisboa
2 - Maria Albuquerque - Coimbra
3 - Manoel Ferreira - Aveiros
4 - Augusto Silveira - Porto

Por meio do método geográfico, ficam eles organizados na seguinte ordem:

Deixe seu comentário (0)

Participe, faça um comentário.