← Mais simulados

Simulado: Analista Ambiental - IBAMA - Biologia - Conservação - CESPE - Questões

Simulado com Questões da Prova - Analista Ambiental - IBAMA - Biologia - Conservação - CESPE. Ao Terminar de Resolver, Clique em Corrigir para ver o Gabarito.

38 resolveram
53% acertos
Médio
0 gabaritaram
3 ótimo
20 bom
14 regular
1 péssimo

A Mata Atlântica e seus ecossistemas associados cobriam, na época do descobrimento, 1.360.000 km 2 . Atualmente, apenas 8% da área do bioma preserva suas características bióticas originais. Apesar da devastação a que foi submetido, esse bioma abriga ainda altíssimos níveis de riqueza biológica e de endemismos. A fragmentação e perda de habitat é uma das principais causas da perda da biodiversidade no bioma e deve-se aos cultivos seculares de café e cana-de-açúcar bem como às atividades pecuárias.

Com relação à fragmentação da Mata Atlântica, julgue os itens a seguir.

Fragmentos florestais maiores e mais numerosos têm maior valor de conservação do que fragmentos pequenos e pouco numerosos.

João, servidor do IBAMA, durante ato de fiscalização, no estado do Amazonas, no dia 5/12/2008, encontrou uma pessoa com um tatu recém abatido, sem que para tanto houvesse qualquer licença ou autorização da autoridade competente. João verificou que o animal fora abatido naquele mesmo dia, a poucas horas, e que não era uma espécie constante de listas oficiais de risco ou ameaça de extinção.

Acerca da situação apresentada e de seus possíveis desdobramentos, julgue os itens de 101 a 107.

Matar o referido animal configura infração administrativa contra a fauna, que comporta a aplicação de pena de advertência, mediante a lavratura de auto de infração, já que configura-se como infração de menor lesividade.

A Mata Atlântica e seus ecossistemas associados cobriam, na época do descobrimento, 1.360.000 km 2 . Atualmente, apenas 8% da área do bioma preserva suas características bióticas originais. Apesar da devastação a que foi submetido, esse bioma abriga ainda altíssimos níveis de riqueza biológica e de endemismos. A fragmentação e perda de habitat é uma das principais causas da perda da biodiversidade no bioma e deve-se aos cultivos seculares de café e cana-de-açúcar bem como às atividades pecuárias.

Com relação à fragmentação da Mata Atlântica, julgue os itens a seguir.

A fragmentação da mata leva ao efeito de borda, uma vez que aumenta a relação entre área da borda e área do interior. Dessa forma, fragmentos florestais circulares têm menos valor de conservação que fragmentos retangulares.

O Brasil é conhecido mundialmente por ser detentor de notável biodiversidade. Ao mesmo tempo, as atividades humanas estão causando aumento crescente da lista de espécies consideradas ameaçadas de extinção. Com o propósito de mudar essa situação, o governo brasileiro lançou uma série de publicações de planos de ação denominada Série Espécies Ameaçadas. Tais publicações consistem na reunião de informações sobre a biologia da espécie ou do grupo ameaçados de extinção e propõem medidas para o manejo de espécies.

Com relação à formulação e ao conteúdo desses planos de ação e às espécies ameaçadas de extinção, julgue os itens de 90 a 96.

Nenhuma espécie de Accipitridae está presente na lista de espécies ameaçadas.

Recentemente, foi lançada a nova versão da lista da fauna ameaçada de extinção (MMA, 2008). Apesar de muitos pesquisadores questionarem o fato de muitas espécies consideradas ameaçadas terem sido excluídas da lista por motivos econômicos, como, por exemplo, a retirada de várias espécies de peixes, para não prejudicar o setor de pesca, a referida lista ainda é de extrema importância na delimitação de políticas de conservação e manejo. De acordo com os aspectos gerais dessa publicação e acerca do processo de extinção de espécies animais, julgue os itens de 76 a 84.

A sobrepesca, uma das principais causas do declínio das espécies de peixes marinhos, causa impacto na ictiofauna e em outros grupos, incluindo em espécies consideradas ameaçadas de extinção, como albatrozes e tartarugas marinhas, em decorrência da captura incidental nas redes de pesca.

A Mata Atlântica e seus ecossistemas associados cobriam, na época do descobrimento, 1.360.000 km 2 . Atualmente, apenas 8% da área do bioma preserva suas características bióticas originais. Apesar da devastação a que foi submetido, esse bioma abriga ainda altíssimos níveis de riqueza biológica e de endemismos. A fragmentação e perda de habitat é uma das principais causas da perda da biodiversidade no bioma e deve-se aos cultivos seculares de café e cana-de-açúcar bem como às atividades pecuárias.

Com relação à fragmentação da Mata Atlântica, julgue os itens a seguir.

Uma das formas de mitigar os efeitos da fragmentação da mata é estabelecer a conexão dos remanescentes florestais com corredores ecológicos. Alguns autores, como, por exemplo, Reed Noss (1987), sugerem que os corredores permitem o fluxo de indivíduos entre as subpopulações, além de reduzirem a largura de borda em todo o perímetro do fragmento conectado pelos corredores.

A Mata Atlântica e seus ecossistemas associados cobriam, na época do descobrimento, 1.360.000 km 2 . Atualmente, apenas 8% da área do bioma preserva suas características bióticas originais. Apesar da devastação a que foi submetido, esse bioma abriga ainda altíssimos níveis de riqueza biológica e de endemismos. A fragmentação e perda de habitat é uma das principais causas da perda da biodiversidade no bioma e deve-se aos cultivos seculares de café e cana-de-açúcar bem como às atividades pecuárias.

Com relação à fragmentação da Mata Atlântica, julgue os itens a seguir.

O efeito de borda consiste em mais quantidade de ventos, mais umidade do ar e aumento de algumas espécies generalistas.

Deixe seu comentário (0)

Participe, faça um comentário.