Simulado: Professor de Educação Infantil - Pedagogia - IBC 2013 i

10 questões Pedagogia, Professor de Educação Infantil, IBC, AOCP, Ensino Superior

Responda as 10 questões do simulado abaixo (Professor de Educação Infantil - Pedagogia - IBC 2013 i). Ao terminar a prova, clique em corrigir para ver o gabarito.

4.710 resolveram
55% acertos
Médio
44 gabaritaram
687 ótimo
2.607 bom
1.279 regular
137 péssimo
Dados estatísticos de usuários que resolveram este simulado.

1Questão 8581. Pedagogia, Professor de Educação Infantil, IBC, AOCP, Ensino Superior, 2013

Analise as assertivas e assinale a alternativa que aponta a(s) correta(s).

I. De 4 a 6 anos, a aprendizagem significativa e conceitual passa pelas vivências corporais no espaço e no tempo.

II. A integração escolar é um processo gradual e dinâmico que assume diferentes formas segundo as necessidades e as características de cada aluno e o contexto da escola.

III. A criança com deficiência visual severa ou cegueira, não apresenta defasagens de desenvolvimento em relação às videntes (que enxergam).

2Questão 8582. Pedagogia, Professor de Educação Infantil, IBC, AOCP, Ensino Superior, 2013

Assinale a alternativa INCORRETA.

3Questão 8583. Pedagogia, Professor de Educação Infantil, IBC, AOCP, Ensino Superior, 2013

Informe se é falso (F) ou verdadeiro (V) o que se afirma a seguir e assinale a alternativa com a sequência correta.

( ) A criança tem na família, biológica ou não, um ponto de referência fundamental, apesar da multiplicidade de interações sociais que estabelece com outras instituições sociais.
( ) As crianças constroem o conhecimento a partir das interações que estabelecem com as outras pessoas e com o meio em que vivem.
( ) Compreender, conhecer e reconhecer o jeito particular das crianças serem e estarem no mundo é o grande desafio da educação infantil e de seus profissionais, visto que elas permanecem únicas em suas individualidades e diferenças.

4Questão 8584. Pedagogia, Professor de Educação Infantil, IBC, AOCP, Ensino Superior, 2013

Considerando as especificidades afetivas, emocionais, sociais e cognitivas das crianças de zero a seis anos, a qualidade das experiências oferecidas que podem contribuir para o exercício da cidadania devem estar embasadas nos seguintes princípios:

5Questão 8585. Pedagogia, Professor de Educação Infantil, IBC, AOCP, Ensino Superior, 2013

Sobre a educação infantil, assinale a alternativa INCORRETA.

6Questão 8586. Pedagogia, Professor de Educação Infantil, IBC, AOCP, Ensino Superior, 2013

Informe se é falso (F) ou verdadeiro (V) o que se afirma a seguir e assinale a alternativa com a sequência correta.

( ) A criança, como todo ser humano, é um sujeito social e histórico e faz parte de uma organização familiar que está inserida em uma sociedade, com uma determinada cultura, em um determinado momento histórico.
( ) Nas interações que estabelecem desde cedo com as pessoas, as crianças revelam seu esforço para compreender o mundo em que vivem, as relações contraditórias que presenciam e, por meio das brincadeiras, explicitam as condições de vida a que estão submetidas, seus anseios e desejos.
( ) No processo de construção do conhecimento, as crianças se utilizam das mais diferentes linguagens e exercem a capacidade que possuem de terem ideias e hipóteses originais sobre aquilo que buscam desvendar.

7Questão 8587. Pedagogia, Professor de Educação Infantil, IBC, AOCP, Ensino Superior, 2013

Sobre o brincar, assinale a alternativa INCORRETA.

8Questão 8588. Pedagogia, Professor de Educação Infantil, IBC, AOCP, Ensino Superior, 2013

O papel do professor na brincadeira

9Questão 8589. Pedagogia, Professor de Educação Infantil, IBC, AOCP, Ensino Superior, 2013

Para que as aprendizagens infantis ocorram com sucesso, é preciso que o professor considere, na organização do trabalho educativo

10Questão 8590. Pedagogia, Professor de Educação Infantil, IBC, AOCP, Ensino Superior, 2013

Analise as assertivas e assinale a alternativa que aponta a(s) correta(s). A qualidade do processo de integração depende da estrutura organizacional da instituição, pressupondo propostas que considerem, entre outros

I. o grau de deficiência e as potencialidades de cada criança.

II. a idade cronológica.

III. a disponibilidade de recursos humanos e materiais existentes na comunidade.