Simulado Assistente Social - TJ SC - Direito Civil - 2015

Simulado com 5 questões de Direito Civil Ensino Superior Banca FGV. Teste seus Conhecimentos em Provas Online com Gabarito.

  • 230 Resolveram
  • 48% Acertos
  • 15 Gabaritaram
  • barra ótimo 45 Ótimo
  • barra qtd_bom 57 Bom
  • barra ruim112 Ruim
  • barra péssimo16 Péssimo

Para corrigir este simulado é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples e rápido!

  • 1 - Questão 14121.   Direito Civil - Nível Superior - Assistente Social - TJ SC - FGV - 2015
  • Maria foi casada com João e com ele teve três filhos, hoje com idades entre três e seis anos. No acordo celebrado pelo casal por ocasião do divórcio, ajustou-se que manteriam a guarda compartilhada dos filhos, pactuando, ainda, que as crianças pernoitariam com o pai duas vezes por semana. Um ano após o divórcio, João contrai novas núpcias com Vera.

    Diante do novo casamento do ex-cônjuge, Maria decide não mais permitir o pernoite das crianças com o genitor, com o argumento de que o acordo antes celebrado foi dissolvido na parte referente aos direitos e deveres a eles relativos. Nesse caso:
  • 2 - Questão 14122.   Direito Civil - Nível Superior - Assistente Social - TJ SC - FGV - 2015
  • Ana, casada com Roberto há dez anos, descobre que seu marido mantém relacionamento extraconjugal com Julia.

    Depois de muita discussão, Roberto decide divorciar-se de Ana, deixando seus três filhos menores impúberes residindo em companhia materna.

    Diante da ruptura da vida em comum, antes da concretização do divórcio, Ana decide ajuizar ação de alimentos em face do ex- cônjuge, buscando fossem concedidos para si e para os filhos.

    Sobre o tema “Alimentos”, tratado na questão, é correto afirmar que:
  • 3 - Questão 14123.   Direito Civil - Nível Superior - Assistente Social - TJ SC - FGV - 2015
  • José e Dalva, casados sob o regime da comunhão parcial de bens, falecem deixando dois filhos menores impúberes, vasto patrimônio, mas sem deixar testamento.

    Diante da grave situação dos menores, os avós maternos, o avô paterno e um tio passam a disputar o exercício da tutela das crianças, ajuizando, todos, medida judicial competente.

    No curso do processo onde se decidirá sobre quem exercerá a tutela dos menores, constata-se que o avô paterno não tem a livre administração de seus bens, em razão de interdição judicial.

    Verifica-se também que os avós maternos são pessoas de pouca instrução e de poucos recursos financeiros, apesar de manterem a vida econômica equilibrada e o casamento estável.

    O tio dos menores, por sua vez, tem vasto patrimônio e uma família equilibrada.

    Considerando os dados fornecidos pelo problema, é correto afirmar que a tutela dos menores deverá:
  • 4 - Questão 14124.   Direito Civil - Nível Superior - Assistente Social - TJ SC - FGV - 2015
  • Joana, com dezesseis anos de idade, obtém o consentimento de seus pais e se casa, sob o regime da comunhão parcial de bens, com Vinicius.

    Um ano após o casamento, o casal se divorcia.

    Decidida a vender o imóvel recebido de seus pais por doação antes do casamento, Joana tem o registro da venda do imóvel obstado, ao argumento de que, sendo menor de dezoito anos, somente pode praticar os atos da vida civil devidamente assistida por seus responsáveis legais.

    Considerando a situação trazida no problema, é correto afirmar que:
  • 5 - Questão 14125.   Direito Civil - Nível Superior - Assistente Social - TJ SC - FGV - 2015
  • Sobre o tema “Relação de Parentesco”, é correto afirmar que: