Oficial Bombeiro Militar Complementar - Urgência e Emergência - CBM DF - 2011

Responda as 5 questões abaixo (Oficial Bombeiro Militar Complementar - Urgência e Emergência - CBM DF - 2011). Ao terminar, clique no botão para ver sua nota e o gabarito. Boa prova!

5 questões Noções de Saúde, Urgência e Emergência, Oficial Bombeiro Militar, Bombeiro Militar DF, CESPE, Superior

658 resolveram
61% média
Regular
22 gabaritaram
222 Ótimo
265 Bom
167 Regular
4 Péssimo
Na suspeita de reação anafilática, imediatamente deve ser administrada epinefrina, independentemente do tipo de unidade de saúde em que o paciente esteja, e, logo a seguir, deve-se manter a via aérea desobstruída e providenciar a remoção do paciente para uma unidade de urgência.
As novas diretrizes de ressuscitação cardiopulmonar ratificam a seguinte ordem obrigatória da sequência de manobras: abertura das vias aéreas superiores, ventilação boca a boca e compressões torácicas.
No Brasil, o afogamento é a segunda causa de morte de crianças entre cinco e quatorze anos de idade, sendo agravo que requer sempre manobras de ressuscitação cardiopulmonar.
A estrutura do atendimento pré-hospitalar deve contar com uma central de regulação de urgências e emergências de fácil acesso ao público, em que o médico regulador julgue cada caso e defina a resposta mais adequada para a situação.
Em situações de emergência, os movimentos anatômicos normais do corpo são fundamentais para que se possa identificar alguma anormalidade, pois, em caso de trauma, pode haver comprometimento desses movimentos.