Bombeiro - História e Geografia de Estados e Municípios - CBM RO - 2009

7 Questões - Escolaridade Médio - Conhecimentos Específicos (História e Geografia de Estados e Municípios) - Soldado Bombeiro Militar - Bombeiro Militar RO - Banca FUNCAB.

  • Regular
  • 124 Resolveram
  • 54% Acertos
  • 8 Gabaritaram
  • barra ótimo 33 Ótimo
  • barra qtd_bom 39 Bom
  • barra ruim31 Regular
  • barra péssimo21 Ruim
  • 5 - Questão 16440 - Conhecimentos Específicos - História e Geografia de Estados e Municípios - Nível Médio - Soldado Bombeiro Militar - Bombeiro Militar RO - FUNCAB - 2009
  • A evolução e a emancipação política de Rondônia (de Território Federal à condição de Estado) foi lenta e, segundo Edilson L. de Medeiros, alguns estudiosos da história de Rondônia atribuem a emancipação política aos seguintes fatores:

    I. amadurecimento de um grupo político que passou a lutar junto ao Congresso Nacional, buscando a emancipação política de Rondônia;

    II. atuação do Presidente Getúlio Vargas na luta pela emancipação política de Rondônia;

    III. construção da BR-364, que liga Porto Velho à Cuiabá, aumentando o fluxo migratório e o surgimento de novos povoados;

    IV. extração de cassiterita, possibilitando o nascimento das primeiras indústrias e desenvolvimento econômico.

    Dos itens acima mencionados, estão corretos apenas:
  • 6 - Questão 16441 - Conhecimentos Específicos - História e Geografia de Estados e Municípios - Nível Médio - Soldado Bombeiro Militar - Bombeiro Militar RO - FUNCAB - 2009
  • A alta rentabilidade do látex desde o final do século XIX atraiu a atenção de contrabandistas e, em1876, a Inglaterra já dispunha de grande quantidade de mudas (Hevea brasiliensis) para remeter às suas colônias do sudeste asiático. Pode-se dizer que uma das fortes razões para a redução da produção da borracha (1912) e o consequente encerramento do ciclo foi a:
Para resolver este simulado é preciso Cadastrar-se. É simples, rápido e grátis!

Gostou? Compartilhe!

ícone WhatsApp ícone facebook ícone twitter ícone email

Comentar Simulado

Para comentar este simulado é preciso Cadastrar-se. É simples, rápido e grátis!