Simulado Soldado da Polícia Militar - Direito Processual Penal - Polícia Militar DF - 2012

Simulado para Soldado da Polícia Militar - Polícia Militar DF com 5 Questões de Direito Processual Penal. Prova com Exercícios de Ensino Médio da Banca FUNIVERSA com Gabarito.

  • 798 Resolveram
  • 37% Acertos
  • 55 Gabaritaram
  • barra ótimo 119 Ótimo
  • barra qtd_bom 117 Bom
  • barra ruim412 Ruim
  • barra péssimo150 Péssimo

Para corrigir este simulado é preciso Cadastrar-se. É simples, rápido e grátis!

  • 1 - Questão 16893.   Direito Processual Penal - Nível Médio - Soldado da Polícia Militar - Polícia Militar DF - FUNIVERSA - 2012
  • No tocante ao inquérito policial, é correto afirmar que
  • 3 - Questão 16895.   Direito Processual Penal - Nível Médio - Soldado da Polícia Militar - Polícia Militar DF - FUNIVERSA - 2012
  • Quando a infração penal deixar vestígios, será indispensável o exame de corpo de delito,
  • 4 - Questão 16896.   Direito Processual Penal - Nível Médio - Soldado da Polícia Militar - Polícia Militar DF - FUNIVERSA - 2012
  • De acordo com o Código de Processo Penal, ninguém poderá ser preso senão em flagrante delito ou por ordem escrita e fundamentada da autoridade judiciária competente, em decorrência de sentença condenatória transitada em julgado ou, no curso da investigação ou do processo, em virtude de prisão temporária ou prisão preventiva. Com relação à prisão em flagrante, assinale a alternativa correta.
  • 5 - Questão 16897.   Direito Processual Penal - Nível Médio - Soldado da Polícia Militar - Polícia Militar DF - FUNIVERSA - 2012
  • Com relação aos dispositivos da Lei n.º 9.099/1999, que dispõe acerca dos Juizados Especiais Criminais, assinale a alternativa correta.

Para corrigir este simulado é preciso Cadastrar-se. É simples, rápido e grátis!


Comentários sobre "Simulado Soldado da Polícia Militar - Direito Processual Penal - Polícia Militar DF - 2012"

    jonatas santana
    Por jamesjhonatan em 03/04/2018 às 12:02:20

    Será permitida a entrada de autoridade policial, durante o dia, sem necessidade de autorização do morador; salvo à noite, onde, pelo direito fundamental (Positivado no art. 5°, CF) da inviolabilidade domiciliar, só será permitida com expressa autorização do morador.

    Excessões : flagrante delito, prestar socorro e acidentes/desastres; onde se poderá entrar a qualquer hora.

Comentar Simulado

Para comentar este simulado é preciso Cadastrar-se. É simples, rápido e grátis!