Oficial da Polícia Militar - Português - Polícia Militar MG - 2014

Simulado com 5 questões de Nível Superior - Banca CRSP PMMG. Oficial da Polícia Militar - Português - Polícia Militar MG - 2014. Gabarite e some pontos no ranking!

  • Difícil
  • 787 Resolveram
  • 49% Acertos
  • 49 Gabaritaram
  • barra ótimo 179 Ótimo
  • barra qtd_bom 186 Bom
  • barra ruim380 Regular
  • barra péssimo42 Ruim
Fidelidade ou lealdade?

IVAN MARTINS


    Nos últimos dias, ando apaixonado pela palavra “lealdade”. Deve ser por causa de um livro que estou terminando, um romance sobre antigos amigos e amantes que voltam a se encontrar e precisavam acertar suas diferenças. Eles já não se gostam, mas confiam um no outro. Eles deixaram de se amar, mas ainda se protegem mutuamente. Isso é lealdade, em uma de suas formas mais bonitas. Lealdade ao que fomos e sentimos.
    Ao ler o romance, me ocorreu que amar é fácil. Tão fácil que pode ser inevitável. A gente ama quem não merece, ama quem não quer nosso amor, ama a despeito de nós mesmos. Tem a ver com hormônios, aparência e sensações que não somos capazes de controlar. A lealdade não. Ela não é espontânea e nem barata. Resulta de uma decisão consciente e pode custar caro. Ela é uma forma de nobreza e tem a ver com sacrifício. Não é uma obrigação, é uma escolha que mistura, necessariamente, ideias e sentimentos. Na lealdade talvez se manifeste o melhor de nós. (...)
    A lealdade está amparada em valores, não apenas em sentimentos. É fácil cuidar de alguém quando se está apaixonado. Mais fácil que respirar, na verdade. Mas o que se faz quando os sentimentos desaparecem – somem com eles todas as responsabilidades em relação ao outro? Sim, ao menos que as pessoas sejam movidas por algo mais que a mera atração. Se não partilham nada além do desejo, nada resta depois do romance. Mas, se houver cumplicidades maiores, então se manifesta a lealdade. (...)
    O romantismo, embora a gente não o veja sempre assim, é uma forma exacerbada de egoísmo. Meu amor, minha paixão, minha vida. Minha família, inclusive. Tem a ver com desejo, posse e exclusividade, que tornam a infidelidade insuportável, a perda intolerável. As pessoas matam por isso todos os dias. Porque amam. É um sentimento que não exige elevação moral e pode colocar à mostra o pior de nós mesmos, embora pareça apenas lindo. (...)
    Talvez devêssemos pensar de forma mais generosa. Talvez precisemos nos apaixonar por ideias, nos ligar por compromissos, cultivar sonhos e aspirações que estejam além dos nossos interesses pessoais. Correr riscos maiores que o de ser traído ou demitido. O idealismo, que tem sido uma força de mudança na conduta humana, precisa ser resgatado. Não apenas para salvar o planeta e a sociedade, mas para nos dar, pessoalmente, alguma forma de esperança. A fidelidade nos leva até a esquina. A lealdade talvez nos conduza mais longe, bem mais longe.


Disponível em: Acesso em 16/07/2014.
  • 1 - Questão 17008 - Português - Nível Superior - Oficial da Polícia Militar - Polícia Militar MG - CRSP PMMG - 2014
  • De acordo com o texto, é CORRETO afirmar que:
  • 3 - Questão 17010 - Português - Nível Superior - Oficial da Polícia Militar - Polícia Militar MG - CRSP PMMG - 2014
  • Leia o excerto abaixo e marque a alternativa CORRETA.

    “O romantismo, embora a gente não o veja sempre assim, é uma forma exacerbada de egoísmo”.

    A classificação MORFOLÓGICA dos termos sublinhados é RESPECTIVAMENTE:

Para resolver este simulado é preciso Cadastrar-se. É simples, rápido e grátis!

Comentários sobre "Oficial da Polícia Militar - Português - Polícia Militar MG - 2014"

    eduardo cesar da silva
    Por eduardodudu em 25/09/2015 às 16:52:32

    ótimo simulado

Comentar Simulado

Para comentar este simulado é preciso Cadastrar-se. É simples, rápido e grátis!