Agente Penitenciário Federal - Portugues I - Prova DEPEN 2009

Responda as 10 questões abaixo (Agente Penitenciário Federal - Portugues I - Prova DEPEN 2009 ). Ao terminar, clique no botão para ver sua nota e o gabarito. Boa prova!

10 questões Português, Agente Penitenciário Federal, DEPEN, FUNRIO, Médio

2.043 resolveram
40% média
Difícil
27 gabaritaram
131 Ótimo
635 Bom
1.047 Regular
230 Péssimo
Qual a única série de palavras que contém dígrafos consonantais?
“Senhoras e senhores, chamo ao palco neste momento o Professor Doutor Simão Bacamarte, ilustre Paraninfo das turmas concluintes do Ensino Médio de nosso querido Colégio”. A função textual das duas vírgulas dessa frase é separar, respectivamente,
Após a partida, o jogador confirmou na entrevista coletiva que ia abandonar o futebol, mas disse também que estava muito triste por se despedir de sua carreira de maneira tão melancólica. O redator dessa notícia transmitiu, com suas próprias palavras, a essência do depoimento do jogador, o que é uma técnica redacional chamada de
Para esse trabalho, você precisará utilizar uma caneta, uma prancheta e um bloco de papel em que fará as anotações diárias. Todo esse material será fornecido pela empresa contratante. A informação acima usa o hiperônimo “material” para
Sonho meu, sonho meu
Vai buscar quem mora longe, sonho meu.
Vai mostrar essa saudade, sonho meu
Com a sua liberdade, sonho meu
No meu céu a estrela-guia se perdeu
A madrugada fria só me traz melancolia, sonho meu.

A letra de Dona Ivone Lara emprega o pronome possessivo à direita do substantivo “sonho” com o objetivo de
Olhar colírico
Lírios plásticos do campo e do contracampo
Telástico cinemascope
Teu sorriso tudo isso
Tudo ido e lido e lindo e vindo do vivido
Na minha adolescidade
Idade de pedra e paz

Caetano Veloso e Rogério Duprat compuseram em 1969 “Acrilírico”, uma experiência de instrumentos, sons urbanos e palavras
sonoras, algumas delas inventadas pelos compositores, que utilizaram os recursos morfológicos da língua para produzir
Qual das frases abaixo serve para mostrar que o uso inadequado dos elementos gramaticais de coesão pode provocar incoerências no texto?
Popeye, o marinheiro movido a espinafre, que gera US$ 2,17 bilhões anuais em vendas, promete neste ano virar personagem de
batalhas judiciais pelo mundo. Os direitos autorais dos desenhos originais expiraram no dia 1º de janeiro de 2009, entrando em
domínio público de acordo com a lei da União Européia, que restringe o uso das imagens até 70 anos após a morte do autor. Isso
significa que, agora, qualquer um pode imprimir e vender pôsteres, camisetas e adesivos com a imagem do Popeye e mesmo utilizar
sua imagem em novos quadrinhos, sem a necessidade de pedir autorização ou pagar royalties.

O último período da notícia se inicia com o demonstrativo “isso”, que estabelece um vínculo de coesão no texto porque faz
referência à
Rio, podem dizer o que quiser,
Mas o xodó do povo é o Rio.
Casa do samba e do amor, do Redentor,
Louvado seja o Rio.

Sobre os versos iniciais da canção “Delírio dos Mortais”, de Djavan, é correto afirmar que a concordância verbal do trecho “podem
dizer o que quiser” é
Um dia começou a guerra do Paraguai e durou cinco anos. João repicava e dobrava, dobrava e repicava pelos mortos e pelas
vitórias. Quando se decretou o ventre livre dos escravos, João é que repicou. Quando se fez a abolição completa, quem repicou foi
João. Um dia proclamou-se a República. João repicou por ela, repicaria pelo Império, se o Império retornasse. (Machado de Assis:
“Crônica sobre a morte do escravo João”, 1897)

Os tempos verbais empregados na crônica são, em sua maioria, do pretérito perfeito. Sua finalidade no texto é transmitir a idéia de
ações