Simulado: ANATEL - Redação Oficial - Técnico Administrativo - 2014

5 questões | Redação Oficial, Técnico Administrativo, ANATEL, CESPE, Ensino Médio

Responda as 5 questões do simulado abaixo (ANATEL - Redação Oficial - Técnico Administrativo - 2014). Ao terminar a prova, clique em corrigir para ver o gabarito.

528 resolveram
65% acertos
Médio
66 gabaritaram
235 ótimo
157 bom
132 regular
4 péssimo
Dados estatísticos de usuários que resolveram este simulado.

1 Questão 20928 | Redação Oficial, Técnico Administrativo, ANATEL, CESPE, Ensino Médio, 2014

Texto associado.
Em relação às correspondências oficiais, julgue o seguinte item.
O vocativo Prezado colega é adequado para compor um memorando, modalidade de comunicação entre unidades administrativas de um mesmo órgão, mas não um ofício, que se destina à comunicação externa.

2 Questão 20929 | Redação Oficial, Técnico Administrativo, ANATEL, CESPE, Ensino Médio, 2014

Texto associado.
Em relação às correspondências oficiais, julgue o seguinte item.
A redação oficial caracteriza-se por uma linguagem contrária à evolução da língua, uma vez que sua finalidade é comunicar com impessoalidade e máxima clareza.

3 Questão 20930 | Redação Oficial, Técnico Administrativo, ANATEL, CESPE, Ensino Médio, 2014

Texto associado.
Em relação às correspondências oficiais, julgue o seguinte item.
As comunicações oficiais devem nortear-se pela uniformidade, pois há sempre um único comunicador: o serviço público.

4 Questão 20931 | Redação Oficial, Técnico Administrativo, ANATEL, CESPE, Ensino Médio, 2014

Texto associado.
Em relação às correspondências oficiais, julgue o seguinte item.
Os princípios da publicidade e da impessoalidade, que regem toda a administração pública, devem nortear a elaboração das comunicações oficiais.

5 Questão 20932 | Redação Oficial, Técnico Administrativo, ANATEL, CESPE, Ensino Médio, 2014

Texto associado.
Em relação às correspondências oficiais, julgue o seguinte item.
Na elaboração das comunicações oficiais, deve-se empregar, sempre, o padrão culto da linguagem, admitindo-se o emprego dos jargões técnicos, mas não de regionalismos e gírias.

Deixe seu comentário (0)

Seja o primeiro a comentar!