Simulado Assembleia Legislativa RN - Legislação Estadual - Analista Legislativo - 2013

Simulado para Analista Legislativo - AL RN com 4 Questões de Legislação Estadual (Legislação Estadual do Rio Grande do Norte). Prova com Exercícios de Ensino Superior da Banca FCC com Gabarito.

  • 26 Resolveram
  • 40% Acertos
  • 2 Gabaritaram
  • barra ótimo 2 Ótimo
  • barra qtd_bom 13 Bom
  • barra ruim5 Ruim
  • barra péssimo6 Péssimo

Para corrigir este simulado é preciso Cadastrar-se. É simples, rápido e grátis!

  • 1 - Questão 21772.   Legislação Estadual - Legislação Estadual do Rio Grande do Norte - Nível Superior - Analista Legislativo - AL RN - FCC - 2013
  • Considere as seguintes características:

    I. Não poderá ocorrer por ato de ofício da Administração pública, sob pena de caracterizar punição, o que não é o propósito de tal instituto.
    II. Dar-se-á com ou sem mudança de sede.
    III. Ocorrerá no âmbito do mesmo quadro.

    Nos termos da Lei Complementar Estadual 122/1994, especificamente no que concerne ao instituto da remoção, está correto o que se afirma em
  • 2 - Questão 21773.   Legislação Estadual - Legislação Estadual do Rio Grande do Norte - Nível Superior - Analista Legislativo - AL RN - FCC - 2013
  • Márcia, ex-servidora pública do Estado do Rio Grande do Norte, foi demitida do serviço público estadual em razão da prática de improbidade administrativa. Nessa hipótese e nos termos da Lei Complementar Estadual 122/1994, Márcia
  • 3 - Questão 21774.   Legislação Estadual - Legislação Estadual do Rio Grande do Norte - Nível Superior - Analista Legislativo - AL RN - FCC - 2013
  • A Lei Complementar Estadual 303/2005 traz disposições atinentes ao instituto da convalidação dos atos administrativos. Segundo o citado regramento legal, a impossibilidade da convalidação
  • 4 - Questão 21775.   Legislação Estadual - Legislação Estadual do Rio Grande do Norte - Nível Superior - Analista Legislativo - AL RN - FCC - 2013
  • De acordo com a Lei Complementar Estadual 303/2005, contra decisões tomadas originariamente pelo Governador do Estado ou pelo dirigente superior de pessoa jurídica da Administração pública indireta caberá pedido de reconsideração. Tal pedido

Comentar Simulado

Para comentar este simulado é preciso Cadastrar-se. É simples, rápido e grátis!