Simulado CFP - Ética na Administração Pública - Analista Técnico - 2016

Simulado para Analista Técnico - CFP com 4 Questões de Noções de Ética (Ética na Administração Pública). Prova com Exercícios de Ensino Superior da Banca QUADRIX com Gabarito.

  • 256 Resolveram
  • 41% Acertos
  • 11 Gabaritaram
  • barra ótimo 11 Ótimo
  • barra qtd_bom 127 Bom
  • barra ruim76 Ruim
  • barra péssimo42 Péssimo

Para corrigir este simulado é preciso Cadastrar-se. É simples, rápido e grátis!

  • 1 - Questão 24277.   Noções de Ética - Ética na Administração Pública - Nível Superior - Analista Técnico - CFP - QUADRIX - 2016
  • O Estado Democrático de Direito baseia-se em uma sociedade livre, justa e solidária, como afirma nossa Constituição, na qual o poder deve emanar do povo, sendo exercido em seu proveito, diretamente, ou por meio de representantes eleitos. Deve ser um Estado promotor de justiça social, tendo a legalidade como princípio basilar. Porém, a lei não deve ficar adstrita em uma esfera puramente normativa e abstrata, mas, sim, deve influir na realidade social do povo. Os princípios que alicerçam o Estado Democrático de Direito são, exceto:
  • 2 - Questão 24278.   Noções de Ética - Ética na Administração Pública - Nível Superior - Analista Técnico - CFP - QUADRIX - 2016
  • Segundo o Decreto nº 1.171/94, que aprova o Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal, são deveres fundamentais do servidor público, exceto:
  • 3 - Questão 24279.   Noções de Ética - Ética na Administração Pública - Nível Superior - Analista Técnico - CFP - QUADRIX - 2016
  • A Lei nº 8.112/90 dispõe sobre o regime jurídico dos servidores públicos civis da União, das autarquias e das fundações públicas federais. Acerca da Posse e do Exercício dos Servidores, previstos no Título II, Capítulo I, Seção IV, leia as afirmativas e assinale a que não está correta.
  • 4 - Questão 24280.   Noções de Ética - Ética na Administração Pública - Nível Superior - Analista Técnico - CFP - QUADRIX - 2016
  • A vacância do cargo público decorrerá, dentre outros motivos, de exoneração. A exoneração de cargo efetivo dar-se-á a pedido do servidor, ou de ofício. A exoneração de ofício dar-se-á:

    I. quando não satisfeitas as condições do estágio probatório.
    II. quando, tendo tomado posse, o servidor não entrar em exercício no prazo estabelecido.
    III. a juízo da autoridade competente.
    IV. a pedido do próprio servidor.

    Está correto o que se afirma em:

Comentar Simulado

Para comentar este simulado é preciso Cadastrar-se. É simples, rápido e grátis!