Simulado CNJ - Arquivologia - Analista Judiciário - 2013

Simulado para Analista Judiciário - CNJ com 8 Questões de Arquivologia. Prova com Exercícios de Ensino Superior da Banca CESPE com Gabarito.

  • 84 Resolveram
  • 47% Acertos
  • 0 Gabaritaram
  • barra ótimo 1 Ótimo
  • barra qtd_bom 46 Bom
  • barra ruim35 Regular
  • barra péssimo2 Ruim

Para corrigir este simulado é preciso Cadastrar-se. É simples, rápido e grátis!

  • 1 - Questão 26255.   Arquivologia - Nível Superior - Analista Judiciário - CNJ - CESPE - 2013
  • Em relação à Lei n.º 12.527/2011 e ao Decreto n.º 7.724/2012, que tratam de questões afetas ao acesso à informação, julgue os itens a seguir.

    No âmbito da administração pública federal, a classificação de informações como ultrassecretas é de competência exclusiva e indelegável das seguintes autoridades: presidente da República; vice-presidente da República; ministros de Estado e autoridades com as mesmas prerrogativas destes; comandantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica; e chefes de missões diplomáticas e consulares permanentes no exterior.
  • 3 - Questão 26257.   Arquivologia - Nível Superior - Analista Judiciário - CNJ - CESPE - 2013
  • A implementação de uma política de gestão documental que atenda às características do Poder Judiciário é objetivo do Programa Nacional de Gestão Documental e Memória do Poder Judiciário (PRONAME).

    Acerca do PRONAME, julgue os itens a seguir. As tabelas processuais unificadas são instrumentos do PRONAME.
  • 6 - Questão 26260.   Arquivologia - Nível Superior - Analista Judiciário - CNJ - CESPE - 2013
  • Em relação à Lei n.º 12.527/2011 e ao Decreto n.º 7.724/2012, que tratam de questões afetas ao acesso à informação, julgue os itens a seguir.

    Informações classificadas como sigilosas por serem imprescindíveis à segurança da sociedade ou do Estado se subdividem, quanto ao grau de sigilo, em: ultrassecretas, secretas e confidenciais.
  • 7 - Questão 26261.   Arquivologia - Nível Superior - Analista Judiciário - CNJ - CESPE - 2013
  • A respeito do Modelo de Requisitos para Sistemas Informatizados de Gestão Arquivística de Documentos (e-ARQ Brasil, Versão 1.1) e do Modelo de Requisitos para Sistemas Informatizados de Gestão de Processos e Documentos do Judiciário Brasileiro (MoReq-Jus, Versão 1.0), julgue os itens de 41 a 46.

    Quando ocorre a extinção de um GestãoDoc ou de um SIGAD, sistemas utilizados na gestão de documentos, deve-se garantir a acessibilidade à consulta e proibir a inclusão de novos documentos e a remoção de documentos já inseridos.
  • 8 - Questão 26262.   Arquivologia - Nível Superior - Analista Judiciário - CNJ - CESPE - 2013
  • A certificação digital e os conceitos a ela associados representam um marco na gestão de documentos arquivísticos digitais. Acerca desse tema, julgue os itens de 54 a 60. Nesse sentido, considere que o termo ICP-Brasil, sempre que empregado, refere-se à Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileiras.

    Para que seus atos tenham validade legal em todo o território nacional, o certificado digital de um arquivista do CNJ deve ser emitido por uma autoridade certificadora raiz pertencente à ICP-Brasil, conforme estabelece a Medida Provisória n.º 2.200-2.

Comentar Simulado

Para comentar este simulado é preciso Cadastrar-se. É simples, rápido e grátis!