Simulado Câmara do Rio de Janeiro - Arquivologia - Arquivologista - 2015

Simulado para Arquivologista - Câmara de Rio de Janeiro RJ com 7 Questões de Arquivologia. Prova com Exercícios de Ensino Superior com Gabarito.

  • 44 Resolveram
  • 50% Acertos
  • 1 Gabaritaram
  • barra ótimo 2 Ótimo
  • barra qtd_bom 24 Bom
  • barra ruim16 Ruim
  • barra péssimo2 Péssimo

Para corrigir este simulado é preciso Cadastrar-se. É simples, rápido e grátis!

  • 1 - Questão 27327.   Arquivologia - Nível Superior - Arquivologista - Câmara de Rio de Janeiro RJ - 2015
  • Considerar o “Decreto nº 7.724, de 16 de maio de 2012 que regulamenta a Lei nº12.527, de 18 de novembro de 2011” para responder à questão.

    Entende-se primariedade como qualidade:
  • 2 - Questão 27328.   Arquivologia - Nível Superior - Arquivologista - Câmara de Rio de Janeiro RJ - 2015
  • Considerar o “Decreto nº 7.724, de 16 de maio de 2012 que regulamenta a Lei nº12.527, de 18 de novembro de 2011” para responder à questão.

    O capítulo VI do referido decreto trata da Comissão Mista de Reavaliação de Informações, que é integrada por diferentes órgãos da administração pública. A composição completa dessa comissão é:
  • 3 - Questão 27329.   Arquivologia - Nível Superior - Arquivologista - Câmara de Rio de Janeiro RJ - 2015
  • Considerar a publicação “Diretrizes do preservador – A preservação de documentos arquivísticos digitais: diretrizes para organizações”, para responder à questão.

    Os controles sobre a passagem dos documentos arquivísticos digitais da custódia do produtor para o preservador devem ser rigorosamente obedecidos. Durante o processo de transferência ou recolhimento, deve ser verificada a autenticidade dos documentos arquivísticos do produtor, que inclui a verificação de que:
  • 4 - Questão 27330.   Arquivologia - Nível Superior - Arquivologista - Câmara de Rio de Janeiro RJ - 2015
  • Considerar a publicação “Diretrizes do preservador – A preservação de documentos arquivísticos digitais: diretrizes para organizações”, para responder à questão.

    Entende-se conversão no contexto da preservação digital como a:
  • 5 - Questão 27331.   Arquivologia - Nível Superior - Arquivologista - Câmara de Rio de Janeiro RJ - 2015
  • Considerar a publicação “Diretrizes do preservador – A preservação de documentos arquivísticos digitais: diretrizes para organizações”, para responder à questão.

    Os requisitos de base para apoiar a produção de cópias autênticas dos documentos arquivísticos digitais possibilitam que o preservador possa certificar que as cópias dos documentos arquivísticos são autênticas. Para o grupo de pesquisadores do INTERPARES, todos os requisitos de base devem ser cumpridos:
  • 6 - Questão 27332.   Arquivologia - Nível Superior - Arquivologista - Câmara de Rio de Janeiro RJ - 2015
  • Considerar a publicação “Diretrizes para a gestão arquivística do correio eletrônico corporativo”, para responder à questão.

    Existem diferentes elementos envolvidos na troca de mensagens eletrônicas.Todos os elementos destacados na publicação mencionada, estão agrupados em:
  • 7 - Questão 27333.   Arquivologia - Nível Superior - Arquivologista - Câmara de Rio de Janeiro RJ - 2015
  • Considerar a publicação “Diretrizes para a gestão arquivística do correio eletrônico corporativo”, para responder à questão.

    De acordo com a Organização das Nações Unidas – ONU, é possível identificar a mensagem de correio eletrônico como documento arquivístico. Os autores da referida publicação destacam algumas situações e estabelecem que a mensagem de correio eletrônico pode ser considerada documento arquivístico, quando é:

Comentar Simulado

Para comentar este simulado é preciso Cadastrar-se. É simples, rápido e grátis!