Simulado COMPESA - Direito Tributário - Advogado - 2016

Simulado para Advogado - COMPESA com 5 Questões de Direito Tributário. Prova com Exercícios de Ensino Superior da Banca FGV com Gabarito.

  • 48 Resolveram
  • 41% Acertos
  • 5 Gabaritaram
  • barra ótimo 8 Ótimo
  • barra qtd_bom 11 Bom
  • barra ruim18 Regular
  • barra péssimo11 Ruim

Para corrigir este simulado é preciso Cadastrar-se. É simples, rápido e grátis!

  • 1 - Questão 29866.   Direito Tributário - Nível Superior - Advogado - COMPESA - FGV - 2016
  • Em 2016, Caio adquiriu um carro de João que tinha débitos do Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor – IPVA em atraso.

    Sobre a responsabilidade de Caio pelo pagamento do IPVA do carro, assinale a afirmativa correta
  • 2 - Questão 29867.   Direito Tributário - Nível Superior - Advogado - COMPESA - FGV - 2016
  • A Fazenda Nacional lavrou um auto de infração em face de Caio, visando à cobrança de Imposto sobre Renda Pessoa Física – IRPF. Caio apresentou impugnação ao auto de infração, ainda não julgado.

    Sobre a hipótese descrita, assinale a afirmativa correta
  • 3 - Questão 29868.   Direito Tributário - Nível Superior - Advogado - COMPESA - FGV - 2016
  • Sobre o princípio da isonomia no direito tributário e sua efetividade, analise as afirmativas a seguir.

    I. Viola o princípio da isonomia a instituição de isenção de custas e emolumentos para membros do Poder Judiciário.
    II. O tratamento diferenciado e favorecido a empresas de acordo com o seu porte, não viola o princípio da isonomia.
    III. Viola o princípio da isonomia a concessão de privilégios fiscais às empresas públicas e às sociedades de economia mista, não extensivos às empresas do setor privado.

    Está correto o que se afirma em
  • 4 - Questão 29869.   Direito Tributário - Nível Superior - Advogado - COMPESA - FGV - 2016
  • Sobre a constituição do crédito tributário, analise as afirmativas a seguir.

    I. A entrega da declaração de rendimentos, seja mediante DCTF, GFIP e GIA pelo próprio contribuinte reconhecendo o débito fiscal, constitui o crédito tributário, dispensada qualquer outra providência por parte do fisco.
    II. O envio do carnê de cobrança do IPTU ao endereço do contribuinte constitui o crédito tributário.
    III. A revisão do lançamento só pode ser iniciada se não extinto pela decadência o direito de a Fazenda Pública lançar.

    Está correto o que se afirma em:
  • 5 - Questão 29870.   Direito Tributário - Nível Superior - Advogado - COMPESA - FGV - 2016
  • José ajuizou ação trabalhista contra a sociedade empresária Gama, sua antiga empregadora, visando à cobrança de salários atrasados, horas-extras trabalhadas, 13º salário, e, ainda, licença-prêmio não gozada por necessidade do serviço.

    O juiz deu provimento aos pedidos e José recebeu todas as verbas com o desconto do Imposto sobre Renda Pessoa Física – IRPF.

    Sobre a hipótese descrita, assinale a afirmativa correta.

Comentar Simulado

Para comentar este simulado é preciso Cadastrar-se. É simples, rápido e grátis!