Simulado: CRM DF - Interpretação de Texto - Assistente de Tecnologia da Informação - 2010

4 questões | Português, Interpretação de Textos, Assistente de Tecnologia da Informação, CRM DF, IESES, Ensino Médio | Comentar (2)

Responda as 4 questões do simulado abaixo (CRM DF - Interpretação de Texto - Assistente de Tecnologia da Informação - 2010). Ao terminar a prova, clique em corrigir para ver o gabarito.

91 resolveram
52% acertos
Médio
8 gabaritaram
8 ótimo
54 bom
26 regular
3 péssimo
Dados estatísticos de usuários que resolveram este simulado.

1 Questão 31897 | Português, Interpretação de Textos, Assistente de Tecnologia da Informação, CRM DF, IESES, Ensino Médio, 2010

Texto associado.
Transparência e integração de processos são destaques do Conip Judiciário 2010

Brasília será palco do mais importante evento de tecnologia da informação e comunicação focado no Poder Judiciário. Nos dias 01 e 02 de dezembro, o Conip Judiciário 2010 - Congresso de Inovação e Informática na Gestão Pública para o Poder Judiciário reúne os principais decisores de TI dos 92 Tribunais existentes no País para troca de experiências e apresentações de soluções. Em sua 5ª edição, o fórum apresenta uma programação temária variada na qual se destacam as iniciativas relacionadas à maior transparência na gestão pública e ao processo de integração dos processos eletrônicos.
A movimentação do governo, com abertura e acesso às informações sobre as finanças públicas e o acesso aos dados e performance dos tribunais tanto por parlamentares quanto pelo cidadão, por meio de um sítio na web, dentre outros, são alguns dos temas relativos à transparência a serem debatidos. Sobre a integração, o especialista em governo eletrônico, gerente do W3C* e coordenador geral do Conip Judiciário 2010, Vagner Diniz, adianta que o congresso é um espaço único para debater as tendências e desafios do setor, já que há inúmeros sistemas diferenciados e que exigem interoperabilidade. "A apresentação de cases por profissionais envolvidos no poder judiciário é a maneira mais eficaz de se levantar soluções viáveis para os órgãos públicos", afirma.
Com uma demanda crescente, que passa por uma ampla consideração acerca do modo como são realizadas as experiências em certas unidades e sua evolução, a transparência nos órgãos públicos é um dos principais aspectos a serem debatidos no Conip Judiciário. Indo além da polêmica que envolve a abertura de dados, como os salários pagos aos servidores públicos, pretende-se fomentar uma discussão mais ampla e que contemple, desde as experiências locais até os desafios encontrados para a disponibilização dos portais de transparência.
[...]
Por meio de uma proposta já consagrada em edições anteriores, o Congresso dá continuidade a um formato bem sucedido ao oferecer mais oportunidades para a apresentação de casos práticos, isto é, uma versão mais "hands-on" (para "colocar as mãos na massa"), daquilo que será debatido por diferentes especialistas. Tal modelo pode ser exemplificado conforme as apresentações que contemplam a questão da transparência e integração no poder judiciário.
Outro tema de destaque na programação do Conip Judiciário é a possibilidade de integração de processos internos e, por conseqüência, de melhor atendimento ao público através da desmaterialização dos processos, isto é, tornar os tribunais digitais, sem papel. Mais do que isso, a digitalização dos processos representaria uma sofisticação das plataformas que passariam a atender os requisitos de interoperabilidade dos sistemas governamentais.

Disponível em: http://www.segs.com.br/index.php? option=com_content&view =article&id=25276: transparencia-e-integracao-de-processos-sao-destaques-do- conip-judiciario-2010&catid=50:cat-demais&Itemid=331. Acesso em: 01/12/2010. Adaptado.

*W3C (World Wide Web Consortium) – consórcio internacional, responsável pela criação de normas que regem a Web.
De acordo com o texto, o Conip Judiciário 2010 teve como principal objetivo:

2 Questão 31898 | Português, Interpretação de Textos, Assistente de Tecnologia da Informação, CRM DF, IESES, Ensino Médio, 2010

Texto associado.
Transparência e integração de processos são destaques do Conip Judiciário 2010

Brasília será palco do mais importante evento de tecnologia da informação e comunicação focado no Poder Judiciário. Nos dias 01 e 02 de dezembro, o Conip Judiciário 2010 - Congresso de Inovação e Informática na Gestão Pública para o Poder Judiciário reúne os principais decisores de TI dos 92 Tribunais existentes no País para troca de experiências e apresentações de soluções. Em sua 5ª edição, o fórum apresenta uma programação temária variada na qual se destacam as iniciativas relacionadas à maior transparência na gestão pública e ao processo de integração dos processos eletrônicos.
A movimentação do governo, com abertura e acesso às informações sobre as finanças públicas e o acesso aos dados e performance dos tribunais tanto por parlamentares quanto pelo cidadão, por meio de um sítio na web, dentre outros, são alguns dos temas relativos à transparência a serem debatidos. Sobre a integração, o especialista em governo eletrônico, gerente do W3C* e coordenador geral do Conip Judiciário 2010, Vagner Diniz, adianta que o congresso é um espaço único para debater as tendências e desafios do setor, já que há inúmeros sistemas diferenciados e que exigem interoperabilidade. "A apresentação de cases por profissionais envolvidos no poder judiciário é a maneira mais eficaz de se levantar soluções viáveis para os órgãos públicos", afirma.
Com uma demanda crescente, que passa por uma ampla consideração acerca do modo como são realizadas as experiências em certas unidades e sua evolução, a transparência nos órgãos públicos é um dos principais aspectos a serem debatidos no Conip Judiciário. Indo além da polêmica que envolve a abertura de dados, como os salários pagos aos servidores públicos, pretende-se fomentar uma discussão mais ampla e que contemple, desde as experiências locais até os desafios encontrados para a disponibilização dos portais de transparência.
[...]
Por meio de uma proposta já consagrada em edições anteriores, o Congresso dá continuidade a um formato bem sucedido ao oferecer mais oportunidades para a apresentação de casos práticos, isto é, uma versão mais "hands-on" (para "colocar as mãos na massa"), daquilo que será debatido por diferentes especialistas. Tal modelo pode ser exemplificado conforme as apresentações que contemplam a questão da transparência e integração no poder judiciário.
Outro tema de destaque na programação do Conip Judiciário é a possibilidade de integração de processos internos e, por conseqüência, de melhor atendimento ao público através da desmaterialização dos processos, isto é, tornar os tribunais digitais, sem papel. Mais do que isso, a digitalização dos processos representaria uma sofisticação das plataformas que passariam a atender os requisitos de interoperabilidade dos sistemas governamentais.

Disponível em: http://www.segs.com.br/index.php? option=com_content&view =article&id=25276: transparencia-e-integracao-de-processos-sao-destaques-do- conip-judiciario-2010&catid=50:cat-demais&Itemid=331. Acesso em: 01/12/2010. Adaptado.

*W3C (World Wide Web Consortium) – consórcio internacional, responsável pela criação de normas que regem a Web.
Em todas as alternativas constam temas do 5° Conip, exceto em:

3 Questão 31899 | Português, Interpretação de Textos, Assistente de Tecnologia da Informação, CRM DF, IESES, Ensino Médio, 2010

Texto associado.
Transparência e integração de processos são destaques do Conip Judiciário 2010

Brasília será palco do mais importante evento de tecnologia da informação e comunicação focado no Poder Judiciário. Nos dias 01 e 02 de dezembro, o Conip Judiciário 2010 - Congresso de Inovação e Informática na Gestão Pública para o Poder Judiciário reúne os principais decisores de TI dos 92 Tribunais existentes no País para troca de experiências e apresentações de soluções. Em sua 5ª edição, o fórum apresenta uma programação temária variada na qual se destacam as iniciativas relacionadas à maior transparência na gestão pública e ao processo de integração dos processos eletrônicos.
A movimentação do governo, com abertura e acesso às informações sobre as finanças públicas e o acesso aos dados e performance dos tribunais tanto por parlamentares quanto pelo cidadão, por meio de um sítio na web, dentre outros, são alguns dos temas relativos à transparência a serem debatidos. Sobre a integração, o especialista em governo eletrônico, gerente do W3C* e coordenador geral do Conip Judiciário 2010, Vagner Diniz, adianta que o congresso é um espaço único para debater as tendências e desafios do setor, já que há inúmeros sistemas diferenciados e que exigem interoperabilidade. "A apresentação de cases por profissionais envolvidos no poder judiciário é a maneira mais eficaz de se levantar soluções viáveis para os órgãos públicos", afirma.
Com uma demanda crescente, que passa por uma ampla consideração acerca do modo como são realizadas as experiências em certas unidades e sua evolução, a transparência nos órgãos públicos é um dos principais aspectos a serem debatidos no Conip Judiciário. Indo além da polêmica que envolve a abertura de dados, como os salários pagos aos servidores públicos, pretende-se fomentar uma discussão mais ampla e que contemple, desde as experiências locais até os desafios encontrados para a disponibilização dos portais de transparência.
[...]
Por meio de uma proposta já consagrada em edições anteriores, o Congresso dá continuidade a um formato bem sucedido ao oferecer mais oportunidades para a apresentação de casos práticos, isto é, uma versão mais "hands-on" (para "colocar as mãos na massa"), daquilo que será debatido por diferentes especialistas. Tal modelo pode ser exemplificado conforme as apresentações que contemplam a questão da transparência e integração no poder judiciário.
Outro tema de destaque na programação do Conip Judiciário é a possibilidade de integração de processos internos e, por conseqüência, de melhor atendimento ao público através da desmaterialização dos processos, isto é, tornar os tribunais digitais, sem papel. Mais do que isso, a digitalização dos processos representaria uma sofisticação das plataformas que passariam a atender os requisitos de interoperabilidade dos sistemas governamentais.

Disponível em: http://www.segs.com.br/index.php? option=com_content&view =article&id=25276: transparencia-e-integracao-de-processos-sao-destaques-do- conip-judiciario-2010&catid=50:cat-demais&Itemid=331. Acesso em: 01/12/2010. Adaptado.

*W3C (World Wide Web Consortium) – consórcio internacional, responsável pela criação de normas que regem a Web.
Com base no texto, deduz-se que:

4 Questão 31900 | Português, Interpretação de Textos, Assistente de Tecnologia da Informação, CRM DF, IESES, Ensino Médio, 2010

Texto associado.
Transparência e integração de processos são destaques do Conip Judiciário 2010

Brasília será palco do mais importante evento de tecnologia da informação e comunicação focado no Poder Judiciário. Nos dias 01 e 02 de dezembro, o Conip Judiciário 2010 - Congresso de Inovação e Informática na Gestão Pública para o Poder Judiciário reúne os principais decisores de TI dos 92 Tribunais existentes no País para troca de experiências e apresentações de soluções. Em sua 5ª edição, o fórum apresenta uma programação temária variada na qual se destacam as iniciativas relacionadas à maior transparência na gestão pública e ao processo de integração dos processos eletrônicos.
A movimentação do governo, com abertura e acesso às informações sobre as finanças públicas e o acesso aos dados e performance dos tribunais tanto por parlamentares quanto pelo cidadão, por meio de um sítio na web, dentre outros, são alguns dos temas relativos à transparência a serem debatidos. Sobre a integração, o especialista em governo eletrônico, gerente do W3C* e coordenador geral do Conip Judiciário 2010, Vagner Diniz, adianta que o congresso é um espaço único para debater as tendências e desafios do setor, já que há inúmeros sistemas diferenciados e que exigem interoperabilidade. "A apresentação de cases por profissionais envolvidos no poder judiciário é a maneira mais eficaz de se levantar soluções viáveis para os órgãos públicos", afirma.
Com uma demanda crescente, que passa por uma ampla consideração acerca do modo como são realizadas as experiências em certas unidades e sua evolução, a transparência nos órgãos públicos é um dos principais aspectos a serem debatidos no Conip Judiciário. Indo além da polêmica que envolve a abertura de dados, como os salários pagos aos servidores públicos, pretende-se fomentar uma discussão mais ampla e que contemple, desde as experiências locais até os desafios encontrados para a disponibilização dos portais de transparência.
[...]
Por meio de uma proposta já consagrada em edições anteriores, o Congresso dá continuidade a um formato bem sucedido ao oferecer mais oportunidades para a apresentação de casos práticos, isto é, uma versão mais "hands-on" (para "colocar as mãos na massa"), daquilo que será debatido por diferentes especialistas. Tal modelo pode ser exemplificado conforme as apresentações que contemplam a questão da transparência e integração no poder judiciário.
Outro tema de destaque na programação do Conip Judiciário é a possibilidade de integração de processos internos e, por conseqüência, de melhor atendimento ao público através da desmaterialização dos processos, isto é, tornar os tribunais digitais, sem papel. Mais do que isso, a digitalização dos processos representaria uma sofisticação das plataformas que passariam a atender os requisitos de interoperabilidade dos sistemas governamentais.

Disponível em: http://www.segs.com.br/index.php? option=com_content&view =article&id=25276: transparencia-e-integracao-de-processos-sao-destaques-do- conip-judiciario-2010&catid=50:cat-demais&Itemid=331. Acesso em: 01/12/2010. Adaptado.

*W3C (World Wide Web Consortium) – consórcio internacional, responsável pela criação de normas que regem a Web.
Assinale a frase que, mesmo modificada, mantém o sentido original do texto.

Deixe seu comentário (2)

Foto de perfil vazia
Por Rogério Oliveira de Souza em 01/02/2020 08:43:39
Muito bom, gostei
Simulado inteligente e de ótimo nível de aprendizagem.
Foto de perfil Alisson S.
Por Alisson S. em 18/06/2020 13:56:26
Simulado bom, exige muita atenção.