Simulado: DPE RO - Direito Processual Penal - Técnico Administrativo - 2015

4 questões Direito Processual Penal, Técnico Administrativo, DPE RO, FGV, Ensino Médio

Responda as 4 questões do simulado abaixo (DPE RO - Direito Processual Penal - Técnico Administrativo - 2015). Ao terminar a prova, clique em corrigir para ver o gabarito.

176 resolveram
54% acertos
Médio
37 gabaritaram
37 ótimo
76 bom
43 regular
20 péssimo
Dados estatísticos de usuários que resolveram este simulado.

1Questão 33858. Direito Processual Penal, Técnico Administrativo, DPE RO, FGV, Ensino Médio, 2015

O inquérito policial é tradicionalmente conceituado como procedimento administrativo prévio que visa à apuração de uma infração penal e sua autoria, a fim de que o titular da ação penal possa ingressar em juízo. Sobre suas principais características, é correto afirmar que:

2Questão 33859. Direito Processual Penal, Técnico Administrativo, DPE RO, FGV, Ensino Médio, 2015

Ilídio e Ortega ofenderam a honra de Luana, praticando um crime único, em concurso de agentes, de injúria. Luana procura um advogado na intenção de propor queixa-crime contra Ilídio, explicando que, por ter sentimentos por Ortega, não deseja contra ele iniciar uma ação. Diante disso, vai à Delegacia, antes de adotar qualquer medida judicial, e expressamente renuncia ao direito de propor queixa contra Ortega por esses fatos. Nesse caso, é correto afirmar que a queixa-crime posteriormente proposta em face de Ilídio:

3Questão 33860. Direito Processual Penal, Técnico Administrativo, DPE RO, FGV, Ensino Médio, 2015

Uma das partes fundamentais da ação penal é o réu, que é aquele que figura no polo passivo do processo, na condição de suposto autor do fato. Sobre a figura do acusado e de seu defensor, é correto afirmar que:

4Questão 33861. Direito Processual Penal, Técnico Administrativo, DPE RO, FGV, Ensino Médio, 2015

Carla alega ser vítima de um crime de extorsão mediante sequestro por parte de seu ex-namorado, de modo que comparece à Delegacia e narra tal fato. O promotor de justiça com atribuição, após analisar as investigações realizadas, conclui que não existem indícios mínimos de autoria e prova da materialidade, manifestando-se pelo arquivamento do inquérito porque mais parece uma vingança de Carla pelo fim do relacionamento. Considerando a situação narrada, é correto afirmar que: