IFMG - Pedagogia - Técnico em Assuntos Educacionais - 2013

Responda as 27 questões abaixo (IFMG - Pedagogia - Técnico em Assuntos Educacionais - 2013). Ao terminar, clique no botão para ver sua nota e o gabarito. Boa prova!

27 questões Pedagogia, Técnico em Assuntos Educacionais, IFMG, Superior

228 resolveram
46% média
Difícil
1 gabaritaram
3 Ótimo
93 Bom
114 Regular
18 Péssimo
No desenho curricular da educação profissional e tecnológica, a transversalidade e a verticalização constituem aspectos que contribuem para a singularidade dessa organização.

A esse respeito, NÃO se pode afirmar que:
Em relação aos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, é INCORRETO afirmar que:
Sobre o Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos – PROEJA –, considerando-se especificamente a educação profissional técnica de nível médio/ensino médio, é INCORRETO afirmar:
Em Educação Profissional no Brasil, Silvia Maria Manfredi (2002) aponta que as visões e representações sobre o trabalho, as profissões e sobre sua relação com a escolarização são muito variadas. Para a autora, as relações entre trabalho e escola expressam visões ambíguas e idealizadas, que retratam um reducionismo de processos históricos complexos.

Tendo em vista a retomada histórica e as reflexões que a autora faz sobre essa relação, é CORRETO afirmar que:
As afirmativas abaixo referem-se à reforma gestada no campo da Educação Profissional no Brasil nos fins da década de 90, instituída pela nova Lei de Diretrizes e Bases da Educação (Lei 9.394/1996) e pelo Decreto Federal 2.208/1997.
Em relação a essa reforma no ensino médio e profissional, é INCORRETO afirmar que:
Em relação às Novas Tecnologias da Informação e Comunicação (NTICs), é CORRETO afirmar que:
“Apesar das mudanças que vêm ocorrendo e sendo sugeridas no âmbito do sistema educacional brasileiro, a sala de aula, nosso principal ambiente de aprendizagem, continua anacrônica. Grande parte das práticas pedagógicas atuais ainda privilegia o ensino transmissivo, às custas de uma ênfase na aprendizagem mediada pelo professor e suas escolhas de recursos educacionais.”
GUIMARÃES, A. de M.; DIAS, R. In: COSCARELLI, C. (org.) Novas tecnologias, novos textos, novas formas de pensar. Belo Horizonte: Autêntica, 2002, p. 24.

São modificações na prática educativa sugeridas pelos autores, EXCETO:
A respeito da proposta político-pedagógica dos Institutos Federais, a eles cabe ofertar:

I. Educação profissional técnica de nível médio, prioritariamente na forma de cursos integrados, para os concluintes do ensino fundamental e para o público de jovens e adultos;
II. Ensino técnico concomitante e subsequente, destinado a quem já tenha concluído o ensino médio;
III. Formação inicial e continuada de trabalhadores, objetivando a capacitação, o aperfeiçoamento, a especialização e a atualização de profissionais, em todos os níveis de escolaridade;
IV. Graduações tecnológicas, licenciatura e bacharelado em áreas que a ciência e tecnologia são componentes determinantes;
V. Cursos de pós-graduação lato e stricto sensu.

Estão CORRETAS as afirmativas:
De acordo com Perrenoud (1999), a regulação dos processos de aprendizagem é, frequentemente, pouco eficaz, já que os professores nem sempre conseguem otimizar sua avaliação e suas intervenções.
PERRENOUD, Philippe. Avaliação – entre duas lógicas: da excelência à regulação das aprendizagens. Porto Alegre: ArtMed, 1999, p. 11.

São obstáculos que dificultam a regulação das aprendizagens, EXCETO:
A respeito da comunicação na sala de aula, é CORRETO afirmar que:
Analise a questão e a seguir marque a alternativa CORRETA:
Planejar remete a:

I - Acreditar na possibilidade de mudança da realidade.
II - Garantir que não haverá imprevistos no decorrer de um processo.
III - Estabelecer objetivos e projetar recursos e meios para atingi-los.
Sobre o planejamento escolar assinale (V) para as afirmativas verdadeiras e (F) para as afirmativas falsas.

( ) Deve prever objetivos, conteúdos e métodos a partir da consideração das exigências postas pela realidade social, do nível de preparo e das condições socioculturais e individuais dos alunos.
( ) Deve garantir que no processo de ensino, o conteúdo trabalhado com os alunos tenha apenas o significado educativo e de reprodução social.
( ) Deve assegurar a racionalização, organização e coordenação da prática educativa em sala de aula, de modo que possibilite a realização de um ensino de qualidade e evite a improvisação e a rotina.
( ) Deve atualizar o conteúdo sempre que necessário, aperfeiçoando-o em relação aos progressos feitos no campo do conhecimento, adequando-os às condições de aprendizagem de seus alunos, bem como os métodos, técnicas e recursos de ensino que vão sendo incorporados à experiência cotidiana.
( ) Deve incluir tanto a previsão das atividades didáticas , quanto a sua revisão e adequação no decorrer do processo de ensino. O planejamento é um meio para se programar as ações docentes, mas é também um momento de pesquisa e reflexão intimamente ligado à avaliação.

A sequência CORRETA é:
O projeto pedagógico da escola deve articular os fins e meios do processo educativo ali desenvolvido. Ele explicita o ordenamento entre todas as atividades pedagógicas, curriculares e organizativas da escola, tendo em vista os objetivos educacionais. Atinente a esse pressuposto, assinale a opção CORRETA:
Ideologia, representação cultural e social, poder, classe social, capitalismo, relações, sociais de produção, conscientização, emancipação e libertação, currículo oculto, resistência.
Os termos acima podem ser relacionados como conceitos-chave para a discussão de uma perspectiva de análise curricular denominada:
A complexidade das formas de vida e da organização social na contemporaneidade incide diretamente na necessidade de repensar o trabalho pedagógico da escola e de produzir currículos mais articulados às demandas sociais emergentes. Nesta perspectiva pode-se afirmar que:
Uma escola inclusiva é aquela que:

I - acolhe todos os alunos, adaptando-se às suas necessidades.
II - admite alunos com deficiência leve nas classes comuns.
III - reestruturou-se para atender às necessidades decorrentes das diversas deficiências, bem como àquelas resultantes de outras condições.
IV - promove a inserção de alunos com deficiência nas salas de aula após avaliar que eles se encontram aptos para estudar com seus colegas.
V - inclui o aluno com deficiência somente com o acompanhamento direto de um profissional do ensino especializado.

Após analisar as alternativas acima, marque a opção que apresenta a resposta CORRETA:
Uma visão multicultural e crítica da educação exige a desconstrução de estigmas e preconceitos. Neste sentido, a escola inclusiva deve afirmar:
Em relação ao que se entende como uma gestão educacional democrática e participativa, assinale a alternativa FALSA:
Conforme o previsto no Decreto nº 7.611/2011, assinale a alternativa que apresenta, de forma CORRETA, uma diretriz para a oferta de Educação Especial:
Considerando os diferentes significados que envolvem as práticas educativas dos profissionais designados como instrutores e dos professores, no âmbito da educação profissional, relacione a segunda coluna de acordo com a primeira:

1 - Instrutor 
2 - Professor
( ) Formação advinda da experiência
( ) Formação técnico-científica
( ) Educação por demonstração
( ) Conhecimento tácito
( ) Estruturação de conteúdos
A partir da assertiva “A formação profissional não pode ser mera preparação para o mercado de trabalho”, indique a alternativa que mais adequadamente representa as diretrizes que devem compor a formação do professor da educação profissional:

I - valorização da formação técnico-científica;
II - estímulo à reflexão teórico-crítica sobre o mundo do trabalho;
III - estímulo à didática pautada no conhecimento tácito;
IV - valorização da formação no campo das ciências humanas.
A CAPES, Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, desempenha atualmente diversos papéis, EXCETO:
A legislação vigente sobre a pós-graduação no Brasil permite afirmar que:
Sobre as relações entre formação ético-moral e educação formal no Brasil pode-se afirmar que:
Considerando as diferentes perspectivas que envolvem o campo da ética e suas manifestações no âmbito da educação escolar, NÃO se pode afirmar que:
A Constituição Federal de 1988 estabeleceu os princípios, os objetivos e os agentes responsáveis pela educação Brasil, e com isso circunscreveu as principais orientações das políticas de educação no país. Em relação às orientações dessas políticas pode-se afirmar que:
Vítor Paro (1998), em texto publicado na coletânea A escola cidadã no contexto da globalização, defende como finalidade da educação escolar a formação humana. Essa compreensão de formação humana pode ser reconhecida nos seguintes elementos, EXCETO.