Simulado TJ MS - Direito Civil - Titular de Serviços de Notas e de Registros - 2014

Simulado com 15 questões de Direito Civil Ensino Superior Banca IESES. Teste seus Conhecimentos em Provas Online com Gabarito.

  • 25 Resolveram
  • 32% Acertos
  • 0 Gabaritaram
  • barra ótimo 0 Ótimo
  • barra qtd_bom 4 Bom
  • barra ruim17 Ruim
  • barra péssimo4 Péssimo

Para corrigir este simulado é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples e rápido!

  • 1 - Questão 36480.   Direito Civil - Nível Superior - Titular de Serviços de Notas e de Registros - TJ MS - IESES - 2014
  • No regime da comunhão universal de bens, integram a massa de bens comuns:

    I. Os bens recebidos por doação ou sucessão, ainda que em nome de um só dos cônjuges.
    II. Os bens e as dívidas anteriores ao casamento, salvo expressas exceções legais.
    III. Os bens doados ou herdados com cláusula de inalienabilidade.
    IV. Os objetos de uso pessoal.
  • 2 - Questão 36481.   Direito Civil - Nível Superior - Titular de Serviços de Notas e de Registros - TJ MS - IESES - 2014
  • No regime da comunhão parcial de bens não entram para o acervo comum do casal:

    I. Os bens recebidos em doação ou herdados por um só dos cônjuges.
    II. Os bens adquiridos onerosamente na constância do casamento em nome de um só dos cônjuges.
    III. Os bens adquiridos em sub-rogação a outros particulares ou comprovadamente adquiridos com os proventos de um só dos cônjuges, ainda que na constância do casamento.
    IV. Os frutos e rendimentos dos bens particulares, assim como as benfeitorias feitas em bens próprios de um dos cônjuges, ainda que feitas na constância do casamento.
  • 3 - Questão 36482.   Direito Civil - Nível Superior - Titular de Serviços de Notas e de Registros - TJ MS - IESES - 2014
  • Analise as assertivas abaixo sobre COLAÇÃO e assinale a alternativa correta ao final:

    I. Sujeitam-se à colação as doações feitas em adiantamento de legítima que, no entanto, somente podem ser equacionadas no inventário judicial.
    II. As doações que saíram da parte disponível do sucedido não se sujeitam à colação, mas sim à nulidade da parte que eventualmente exceder o disponível (doação inoficiosa).
    III. Não são passíveis de colação os gastos ordinários do ascendente para com o descendente enquanto sob seu poder familiar, mesmo que desigual em relação aos demais irmãos e coerdeiros.
    IV. O herdeiro donatário que descumpre obrigação de colacionar sujeita-se à pena de sonegação.
  • 4 - Questão 36483.   Direito Civil - Nível Superior - Titular de Serviços de Notas e de Registros - TJ MS - IESES - 2014
  • Sobre inventário e partilha pode-se afirmar:

    I. Faculta-se aos herdeiros capazes e concordes a via do inventário extrajudicial, desde que não haja testamento do autor da herança e que a sucessão tenha sido aberta após a vigência da Lei 11.441/07, pois a lei que rege a sucessão é a que vigora na época de sua abertura (inteligência do artigo 1.787 do CC/02).
    II. No direito brasileiro admite-se a partilha em vida, na forma do artigo 2.018 do Código Civil vigente, observadas as legítimas dos herdeiros necessários.
    III. Nada impede que o testador realize uma partilha em seu testamento, que deverá ser observada, desde que preserve as legítimas dos herdeiros necessários.
    IV. Ficam sujeitos a sobrepartilha os bens sonegados e quaisquer outros bens da herança de que se tiver ciência após a partilha, podendo haver mais de uma sobrepartilha.
  • 5 - Questão 36484.   Direito Civil - Nível Superior - Titular de Serviços de Notas e de Registros - TJ MS - IESES - 2014
  • Sobre a capacidade civil, responda as questões:

    I. A emancipação voluntária pelos pais feita por instrumento público pode ser revogada pelos próprios pais se antes de completar 18 anos o filho emancipado apresentar comportamento inadequado, nas hipóteses previstas em lei.
    II. Não é possível emancipar um absolutamente incapaz.
    III. Mesmo após a emancipação, o menor de 18 anos deve ser assistido para prática de certos atos da vida civil, nos termos do código civil.

    Assinale a correta:
  • 6 - Questão 36485.   Direito Civil - Nível Superior - Titular de Serviços de Notas e de Registros - TJ MS - IESES - 2014
  • Sobre o condomínio, responda as questões:

    I. No condomínio voluntário, cada condômino é obrigado, na proporção de sua parte, a concorrer para as despesas de conservação ou divisão da coisa, e a suportar os ônus a que estiver sujeita.
    II. Se o condômino renunciar à sua parte ideal, poderá eximir-se do pagamento das despesas e dívidas da coisa.
    III. O condômino que assume o pagamento das dívidas do condômino renunciante adquire a sua parte ideal na proporção dos pagamentos que fizer.

    Assinale a correta:
  • 7 - Questão 36486.   Direito Civil - Nível Superior - Titular de Serviços de Notas e de Registros - TJ MS - IESES - 2014
  • Sobre a doação, responda as questões:

    I. A doação pura e simples presume-se aceita se, após fixado prazo pelo doador ao donatário para declarar o aceite, o donatário permanecer silente.
    II. A doação inoficiosa é válida se houver a concordância de todos os possíveis herdeiros necessários do doador.
    III. A doação universal é válida se o doador não tiver, à época, possíveis herdeiros necessários.

    Assinale a correta:
  • 8 - Questão 36487.   Direito Civil - Nível Superior - Titular de Serviços de Notas e de Registros - TJ MS - IESES - 2014
  • Assinale a correta:
  • 9 - Questão 36488.   Direito Civil - Nível Superior - Titular de Serviços de Notas e de Registros - TJ MS - IESES - 2014
  • Sobre as obrigações, responda:

    I. As obrigações de não fazer são extintas se a abstenção do ato se tornar impossível sem culpa do devedor.
    II. Nas obrigações de dar coisa certa, se a coisa se perder sem culpa do devedor antes da tradição, a obrigação fica resolvida para ambas as partes.
    III. Nas obrigações de restituir coisa certa, se a coisa se perder sem culpa do devedor antes da tradição, o credor sofrerá a perda e a obrigação se resolverá.
    IV. Nas obrigações de dar coisa incerta não há que se falar em perda da coisa antes da escolha.

    Assinale a correta:
  • 10 - Questão 36489.   Direito Civil - Nível Superior - Titular de Serviços de Notas e de Registros - TJ MS - IESES - 2014
  • Sobre a responsabilidade civil, responda:
  • 11 - Questão 36490.   Direito Civil - Nível Superior - Titular de Serviços de Notas e de Registros - TJ MS - IESES - 2014
  • Assinale a alternativa correta:
  • 12 - Questão 36491.   Direito Civil - Nível Superior - Titular de Serviços de Notas e de Registros - TJ MS - IESES - 2014
  • Analise as assertivas abaixo e, de acordo com o que dispõe o Código Civil brasileiro vigente, assinale a alternativa correta:

    I. Além dos débitos de natureza fiscal e trabalhista, o adquirente do estabelecimento responde pelos demais débitos do alienante, anteriores à transferência, regularmente contabilizados.
    II. Se o empresário constituir estabelecimento secundário em lugar sujeito à jurisdição de outro Registro Público de Empresas Mercantis deverá, obrigatoriamente, inscrevê-lo na sede deste estabelecimento secundário e, facultativamente, no Registro Público de Empresas Mercantis do lugar da respectiva sede.
    III. O contrato de trepasse do estabelecimento que não é levado para a publicação na imprensa oficial e averbação junto aos atos constitutivos do empresário é nulo de pleno direito.
    IV. Na omissão do contrato de trespasse, a transferência do estabelecimento importa a sub-rogação do adquirente em todos os contratos celebrados pelo alienante.
  • 13 - Questão 36492.   Direito Civil - Nível Superior - Titular de Serviços de Notas e de Registros - TJ MS - IESES - 2014
  • Analise as assertivas abaixo e, de acordo com o que dispõe a legislação vigente, assinale a alternativa correta:

    I. O empresário cuja atividade rural constitua sua principal profissão deverá, obrigatoriamente, inscrever-se no Registro Público de Empresas Mercantis, observando-se, para tanto, as formalidades legais.
    II. O empresário individual é pessoa jurídica.
    III. O nome empresarial da EIRELI – empresa individual de responsabilidade limitada pode ser firma ou denominação social.
    IV. O sócio administrador de uma sociedade empresária é considerado juridicamente: empresário.
  • 14 - Questão 36493.   Direito Civil - Nível Superior - Titular de Serviços de Notas e de Registros - TJ MS - IESES - 2014
  • Analise as assertivas abaixo e, de acordo com o que dispõe o Código Civil brasileiro sobre sociedade limitada, assinale a alternativa correta:

    I. O administrador pode ser designado em ato em separado do contrato social.
    II. É vedada a contribuição do sócio que consista em prestação de serviços.
    III. A instituição do conselho fiscal é facultativa.
    IV. A condição de sócio é adquirida pela integralização do capital social.
  • 15 - Questão 36494.   Direito Civil - Nível Superior - Titular de Serviços de Notas e de Registros - TJ MS - IESES - 2014
  • Analise as assertivas abaixo e, de acordo com o que dispõe o Código Civil brasileiro vigente, assinale a alternativa correta:

    I. A sociedade simples que adotar um dos tipos de sociedade empresária deverá ser registrada no Registro Público de Empresas Mercantis.
    II. A denominação da sociedade simples se equipara ao nome empresarial.
    III. Considera-se gerente o administrador da sociedade devidamente designado nos termos da lei.
    IV. O nome empresarial não pode ser objeto de alienação.