Simulado TJ PI - Português - Analista Judiciário - 2015

Resolva 6 questões de Português Ensino Superior Banca FGV. Teste seus Conhecimentos em Provas Online com Gabarito.

  • 140 Resolveram
  • 44% Acertos
  • 1 Gabaritaram
  • barra ótimo 12 Ótimo
  • barra qtd_bom 63 Bom
  • barra ruim32 Ruim
  • barra péssimo33 Péssimo
Texto 2 – Semana Nacional do Trânsito

    Estamos no último dia da Semana Nacional do Trânsito e vamos encerrar falando sobre o tema que foi bem escolhido pelo Denatran: Seja Você a Mudança no Trânsito.
    Vivemos numa sociedade que tem o hábito de responsabilizar o Estado, autoridades e governos pelas mazelas do país. Em muitos casos são críticas absolutamente procedentes, mas, quando o tema é segurança no trânsito, não nos podemos esquecer que quem faz o trânsito são seres humanos, ou seja, somos nós.
    Deveríamos aproveitar a importância desta semana para refletir sobre nosso comportamento como pedestres, passageiros, motoristas, motociclistas, ciclistas, pais, enfim, como cidadãos cujas ações tem reflexo na nossa segurança, assim como dos demais. O pedestre que não respeita a faixa coloca em risco sua vida e também a do motorista e de terceiros. Muitas vezes para desviar de um pedestre e evitar seu atropelamento, um motorista perde o controle do veículo e provoca um acidente grave com outras pessoas que nada têm a ver com o comportamento do pedestre. Não precisamos nem aprofundar as consequências dos motoristas que andam em excesso de velocidade, sob efeito de álcool, ou que dirigem uma carreta cansados. São todos fatores humanos que contribuem para o que chamamos de acidente.
    (....) Nesta semana nacional do trânsito pelo menos mil pessoas vão ter morrido nas ruas e nas estradas. Não podemos mais tolerar esses números e, para que isso mude realmente, é preciso que você e cada um de nós sejamos de fato os agentes da mudança na direção de um trânsito mais seguro. Com certeza você pode contribuir para isso, aproveite esta semana para refletir e conversar sobre o tema com seus entes queridos e amigos, afinal, quem morre no trânsito é amigo ou parente de alguém. Ninguém está livre disso.

Rodolfo Alberto Rizzotto (adaptado)
  • 1 - Questão 36867.   Português - Nível Superior - Analista Judiciário - TJ PI - FGV - 2015
  • A partir da leitura do primeiro parágrafo do texto 2, descobrimos que:
  • 2 - Questão 36868.   Português - Nível Superior - Analista Judiciário - TJ PI - FGV - 2015
  • No texto 2, o autor emprega a primeira pessoa do plural em muitos segmentos. O segmento do texto abaixo que mostra um valor desse emprego diferente dos demais é:
  • 3 - Questão 36869.   Português - Nível Superior - Analista Judiciário - TJ PI - FGV - 2015
  • “Seja você a mudança no trânsito"; a forma de reescrever-se essa mesma frase que mostra uma incorreção da forma verbal no imperativo é:
  • 4 - Questão 36870.   Português - Nível Superior - Analista Judiciário - TJ PI - FGV - 2015
  • “Vivemos numa sociedade que tem o hábito de responsabilizar o Estado, autoridades e governos pelas mazelas do país. Em muitos casos são críticas absolutamente procedentes, mas, quando o tema é segurança no trânsito, não nos podemos esquecer que quem faz o trânsito são seres humanos, ou seja, somos nós".
    O desvio de norma culta presente nesse segmento do texto 2 é:
  • 5 - Questão 36871.   Português - Nível Superior - Analista Judiciário - TJ PI - FGV - 2015
  • “Vivemos numa sociedade que tem o hábito de responsabilizar o Estado, autoridades e governos pelas mazelas do país".
    O comentário abaixo, atribuído a um leitor de um jornal paulista, que comprova a afirmativa acima é:
  • 6 - Questão 36872.   Português - Nível Superior - Analista Judiciário - TJ PI - FGV - 2015
  • “Deveríamos aproveitar a importância desta semana para refletir sobre nosso comportamento como pedestres, passageiros, motoristas, motociclistas, ciclistas, pais, enfim, como cidadãos cujas ações tem reflexo na nossa segurança, assim como dos demais".
    O comentário correto sobre os componentes desse segmento do texto 2 é:

Para corrigir este simulado é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples e rápido!

Comentar Simulado

Para comentar este simulado é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples e rápido!

Não elaboramos as questões, apenas as transcrevemos de provas já aplicadas em concursos públicos anteriores.