TST - Gestão de Pessoas - Analista Judiciário - 2012

Responda as 6 questões abaixo (TST - Gestão de Pessoas - Analista Judiciário - 2012). Ao terminar, clique no botão para ver sua nota e o gabarito. Boa prova!

6 questões Recursos Humanos, Gestão de Pessoas, Analista Judiciário, TST, FCC, Superior

82 resolveram
35% média
Difícil
2 gabaritaram
4 Ótimo
25 Bom
20 Regular
33 Péssimo
Considere as seguintes assertivas:

I. Visto que os objetivos organizacionais são alterados ao longo do tempo, as redes de comunicação também mudam.
II. As redes de comunicação informal contribuem para uma vantagem competitiva de uma área ou organização.
III. Rumor é uma rede de comunicação organizacional informal ao longo do qual informações não oficiais fluem rapidamente.

Está correto o que se afirma em
Sobre motivação, considere:

I. Hierarquia de necessidades criadas por Maslow é uma das teorias de motivação de conteúdo.
II. Motivados por realização, poder e afiliação, a teoria da expectativa foi criada por Vroom.
III. Na teoria da necessidade adquirida, MaClelland afirma que as pessoas são motivadas quando acreditam que podem realizar as tarefas e que as recompensas advindas valem o esforço em realizá-las.
IV. Objetivos atingíveis, porém difíceis, motivam os funcionários, essa é uma afirmação possível, dentro do escopo da teoria motivacional.

Está correto o que se afirma APENAS em
Perante resistências à mudança em um órgão público, naturais em grupos que passam pela reorganização da estrutura interna, cumpre inicialmente aos gestores utilizar-se de
O Modelo de Mudança elaborado por Kurt Lewin tem as seguintes etapas sequenciais:
Em abordagens de avaliação de desempenho, tem-se ‘vicios de julgamento’ que dão origem a críticas que apontam para a subjetividade de sistemas de avaliação. Tais ´vícios` são classificados como conscientes ou inconscientes. Dois efeitos são tidos como conscientes e são vistos com maior frequência no mundo das organizações que se valem de avaliação de desempenho. São eles:
Considere as seguintes assertivas referentes à cultura organizacional:

I. Negociar e fixar junto aos grupos componentes da estrutura organizacional os valores e crenças compartilhados que deverão sustentar o programa de cultura da organização.
II. Desenvolver as lideranças como referenciais de fixação dos elementos culturais e multiplicadores internos.
III. Acompanhar e avaliar, quando possível, o processo através de instrumentos de pesquisa de clima e de cultura organizacional, recebendo o feedback e os subsídios necessários para a introdução de eventuais ajustes.
IV. Identificar os elementos que compõem o conjunto cultural da organização, de forma a cruzar o real e o desejado.
V. Analisar e diagnosticar o perfil cultural da empresa.

São elementos essenciais para a gestão de cultura em uma organização pública: