SESAU RO - Interpretação de Texto - Técnico em Enfermagem - 2017

Responda as 7 questões abaixo (SESAU RO - Interpretação de Texto - Técnico em Enfermagem - 2017). Ao terminar, clique no botão para ver sua nota e o gabarito. Boa sorte!

7 questões Português, Interpretação de Textos, FUNRIO, Médio

Estatísticas:
462 resolveram
61% média
Regular
36 gabaritaram
130 Ótimo
184 Bom
117 Regular
31 Péssimo
TEXTO

DRAMA DO DESEMPREGO ESTÁ LONGE DE DIMINUIR


      A taxa de desemprego chegou a 11,5% em 2016. Em dezembro, 12,3 milhões de brasileiros estavam em busca de uma vaga, número recorde. Em dois anos de recessão, o total de desempregados no país aumentou em 5 milhões. E analistas preveem que, apesar dos primeiros sinais de melhora na economia, o desemprego só voltará a ficar abaixo de 10% em fins de 2019. (O Globo, 01/02/2017)
O título dado ao texto – Drama do desemprego está longe de diminuir – informa ao leitor que:
TEXTO

DRAMA DO DESEMPREGO ESTÁ LONGE DE DIMINUIR


      A taxa de desemprego chegou a 11,5% em 2016. Em dezembro, 12,3 milhões de brasileiros estavam em busca de uma vaga, número recorde. Em dois anos de recessão, o total de desempregados no país aumentou em 5 milhões. E analistas preveem que, apesar dos primeiros sinais de melhora na economia, o desemprego só voltará a ficar abaixo de 10% em fins de 2019. (O Globo, 01/02/2017)
Uma frase que diz exatamente o oposto do que está contido no título do texto é:
TEXTO

DRAMA DO DESEMPREGO ESTÁ LONGE DE DIMINUIR


      A taxa de desemprego chegou a 11,5% em 2016. Em dezembro, 12,3 milhões de brasileiros estavam em busca de uma vaga, número recorde. Em dois anos de recessão, o total de desempregados no país aumentou em 5 milhões. E analistas preveem que, apesar dos primeiros sinais de melhora na economia, o desemprego só voltará a ficar abaixo de 10% em fins de 2019. (O Globo, 01/02/2017)
Parônimos são palavras semelhantes, mas de sentido diferente. A frase abaixo em que o emprego da palavra destacada está correto é:
TEXTO

DRAMA DO DESEMPREGO ESTÁ LONGE DE DIMINUIR


      A taxa de desemprego chegou a 11,5% em 2016. Em dezembro, 12,3 milhões de brasileiros estavam em busca de uma vaga, número recorde. Em dois anos de recessão, o total de desempregados no país aumentou em 5 milhões. E analistas preveem que, apesar dos primeiros sinais de melhora na economia, o desemprego só voltará a ficar abaixo de 10% em fins de 2019. (O Globo, 01/02/2017)
“Em dezembro, 12,3 milhões de brasileiros estavam em busca de uma vaga, número recorde”; ao dizer que o número citado foi um “número recorde”, isso significa que esse número:
TEXTO

DRAMA DO DESEMPREGO ESTÁ LONGE DE DIMINUIR


      A taxa de desemprego chegou a 11,5% em 2016. Em dezembro, 12,3 milhões de brasileiros estavam em busca de uma vaga, número recorde. Em dois anos de recessão, o total de desempregados no país aumentou em 5 milhões. E analistas preveem que, apesar dos primeiros sinais de melhora na economia, o desemprego só voltará a ficar abaixo de 10% em fins de 2019. (O Globo, 01/02/2017)
“...APESAR DOS primeiros sinais de melhora na economia”; o termo destacado pode ser corretamente substituído por:
TEXTO

DRAMA DO DESEMPREGO ESTÁ LONGE DE DIMINUIR


      A taxa de desemprego chegou a 11,5% em 2016. Em dezembro, 12,3 milhões de brasileiros estavam em busca de uma vaga, número recorde. Em dois anos de recessão, o total de desempregados no país aumentou em 5 milhões. E analistas preveem que, apesar dos primeiros sinais de melhora na economia, o desemprego só voltará a ficar abaixo de 10% em fins de 2019. (O Globo, 01/02/2017)
“A taxa de desemprego chegou a 11,5% em 2016. Em dezembro, 12,3 milhões de brasileiros estavam em busca de uma vaga, número recorde”. Nesse segmento do texto, a única substituição INCORRETA é:
TEXTO

DRAMA DO DESEMPREGO ESTÁ LONGE DE DIMINUIR


      A taxa de desemprego chegou a 11,5% em 2016. Em dezembro, 12,3 milhões de brasileiros estavam em busca de uma vaga, número recorde. Em dois anos de recessão, o total de desempregados no país aumentou em 5 milhões. E analistas preveem que, apesar dos primeiros sinais de melhora na economia, o desemprego só voltará a ficar abaixo de 10% em fins de 2019. (O Globo, 01/02/2017)
“A taxa de desemprego chegou a 11,5% em 2016”. A forma de escrever essa frase do texto que modifica o seu sentido original é: