Simulado: Polícia Civil TO - Português - Agente de Polícia - 2014

5 questões | Português, Agente de Polícia, Polícia Civil TO, AROEIRA, Ensino Superior | Comentar (0)

Responda as 5 questões do simulado abaixo (Polícia Civil TO - Português - Agente de Polícia - 2014). Ao terminar a prova, clique em corrigir para ver o gabarito.

310 resolveram
55% acertos
Médio
12 gabaritaram
89 ótimo
94 bom
118 regular
9 péssimo
Dados estatísticos de usuários que resolveram este simulado.

1 Questão 41759 | Português, Agente de Polícia, Polícia Civil TO, AROEIRA, Ensino Superior, 2014

Texto associado.
Texto 1

A amoreira gigante está à sua frente. O tronco destaca-se do sincretismo da mata e o homem percorre seu tronco com os olhos: a folhagem da árvore mistura-se à profusão de tons verdes que o encerra na mata. Só o tronco da árvore se destaca, se individualiza. Tal é o Mayombe: os gigantes só o são em parte, ao nível do tronco, o resto confunde-se na massa. Tal o homem. As impressões visuais são menos nítidas e a mancha verde predominante faz esbater progressivamente a claridade do tronco da amoreira gigante. As manchas verdes são cada vez mais sobrepostas, mas, num sobressalto, o tronco da amoreira ainda se afirma, debatendo-se. Tal é a vida. 

PEPETELA. Mayombe. Luanda: Edições Maianga, 2004. p. 266. 
O texto apresenta uma organização lógica que possibilita seu entendimento. A relação linguística que auxilia na coerência e na coesão do texto consiste na

2 Questão 41760 | Português, Agente de Polícia, Polícia Civil TO, AROEIRA, Ensino Superior, 2014

Texto associado.
Texto 1

A amoreira gigante está à sua frente. O tronco destaca-se do sincretismo da mata e o homem percorre seu tronco com os olhos: a folhagem da árvore mistura-se à profusão de tons verdes que o encerra na mata. Só o tronco da árvore se destaca, se individualiza. Tal é o Mayombe: os gigantes só o são em parte, ao nível do tronco, o resto confunde-se na massa. Tal o homem. As impressões visuais são menos nítidas e a mancha verde predominante faz esbater progressivamente a claridade do tronco da amoreira gigante. As manchas verdes são cada vez mais sobrepostas, mas, num sobressalto, o tronco da amoreira ainda se afirma, debatendo-se. Tal é a vida. 

PEPETELA. Mayombe. Luanda: Edições Maianga, 2004. p. 266. 
A cadeia coesiva do texto é estabelecida por recursos linguísticos, expressos em etapas descritivas sucessivas, que contribuem para a progressão do texto. Os recursos linguísticos que concorrem para a construção dos sentidos do texto são:

3 Questão 41761 | Português, Agente de Polícia, Polícia Civil TO, AROEIRA, Ensino Superior, 2014

Texto associado.
Texto 1

A amoreira gigante está à sua frente. O tronco destaca-se do sincretismo da mata e o homem percorre seu tronco com os olhos: a folhagem da árvore mistura-se à profusão de tons verdes que o encerra na mata. Só o tronco da árvore se destaca, se individualiza. Tal é o Mayombe: os gigantes só o são em parte, ao nível do tronco, o resto confunde-se na massa. Tal o homem. As impressões visuais são menos nítidas e a mancha verde predominante faz esbater progressivamente a claridade do tronco da amoreira gigante. As manchas verdes são cada vez mais sobrepostas, mas, num sobressalto, o tronco da amoreira ainda se afirma, debatendo-se. Tal é a vida. 

PEPETELA. Mayombe. Luanda: Edições Maianga, 2004. p. 266. 
Uma relação secundária estabelecida no texto, de modo a estabelecer sua coesão, é a repetição dos seguintes elementos linguísticos:

4 Questão 41762 | Português, Agente de Polícia, Polícia Civil TO, AROEIRA, Ensino Superior, 2014

Texto associado.
Texto 1

A amoreira gigante está à sua frente. O tronco destaca-se do sincretismo da mata e o homem percorre seu tronco com os olhos: a folhagem da árvore mistura-se à profusão de tons verdes que o encerra na mata. Só o tronco da árvore se destaca, se individualiza. Tal é o Mayombe: os gigantes só o são em parte, ao nível do tronco, o resto confunde-se na massa. Tal o homem. As impressões visuais são menos nítidas e a mancha verde predominante faz esbater progressivamente a claridade do tronco da amoreira gigante. As manchas verdes são cada vez mais sobrepostas, mas, num sobressalto, o tronco da amoreira ainda se afirma, debatendo-se. Tal é a vida. 

PEPETELA. Mayombe. Luanda: Edições Maianga, 2004. p. 266. 
No texto, é apresentado um confronto de forças na disputa por espaço na mata. O trecho do texto que demonstra o desfecho desse embate é:

5 Questão 41763 | Português, Agente de Polícia, Polícia Civil TO, AROEIRA, Ensino Superior, 2014

Texto associado.
Texto 1

A amoreira gigante está à sua frente. O tronco destaca-se do sincretismo da mata e o homem percorre seu tronco com os olhos: a folhagem da árvore mistura-se à profusão de tons verdes que o encerra na mata. Só o tronco da árvore se destaca, se individualiza. Tal é o Mayombe: os gigantes só o são em parte, ao nível do tronco, o resto confunde-se na massa. Tal o homem. As impressões visuais são menos nítidas e a mancha verde predominante faz esbater progressivamente a claridade do tronco da amoreira gigante. As manchas verdes são cada vez mais sobrepostas, mas, num sobressalto, o tronco da amoreira ainda se afirma, debatendo-se. Tal é a vida. 

PEPETELA. Mayombe. Luanda: Edições Maianga, 2004. p. 266. 
O tema central do texto se desenvolve em torno do fato de, no meio da mata, entre tantos iguais, somente um dos elementos ser apresentado como diferente, por se

Deixe seu comentário (0)

Seja o primeiro a comentar!