FIOCRUZ - Biomedicina - Técnico em Saúde Pública - 2016

Responda as 28 questões do simulado abaixo (FIOCRUZ - Biomedicina - Técnico em Saúde Pública - 2016). Ao terminar a prova, clique em corrigir para ver o gabarito.

28 questões Medicina, Biomedicina, Técnico em Saúde Pública, FIOCRUZ, Médio

84 resolveram
25% média
Difícil
1 gabaritaram
1 Ótimo
2 Bom
47 Regular
34 Péssimo
O chefe do laboratório de microbiologia entrega ao técnico uma bactéria já isolada para que ele realize o cultivo e avisa que se trata de um micro-organismo anaeróbio facultativo, quimiolitotrófico e psicrófilo. O técnico deverá então proceder com a amostra semeando em meio de cultura:
Conhecer as bactérias potencialmente patogênicas e reconhecer a possibilidade de estar frente a esses agentes numa análise laboratorial de material clínico, é de suma importância na prática do laboratório de microbiologia. Portanto, algumas espécies bacterianas podem ser relacionadas às características definidas abaixo:

I. Cocos Gram negativos (podem causar DST);
II. Bastonetes Gram positivos (podem causar paralisia flácida);
III. Cocos Gram positivos (catalase positivos);
IV. Bastonetes Gram negativos (Muito envolvido em infecção urinária); V. Espiroqueta (causa doença sistêmica, mas tem tropismo pelo fígado e rins);

A sequência correta destas espécies bacterianas, de cima para baixo, é:
A análise das características morfotintoriais bacterianas exige muita observação e cautela, pois uma falha nesta fase pode representar um erro analítico grave. Com base na sua experiência nessa área, e considerando que nesta questão podermos ter vários micro-organismos com perfis morfotintoriais semelhantes, ou mesmo, a descrição de perfis que não se encaixem em nenhuma bactéria da lista, correlacione as duas colunas:

1-Cocos Gram positivos
2-Cocos Gram negativos
3-Bastonetes Gram positivos
4-Bastontes Gram negativos
5-Espirilos

( ) Leptospira interrogans
( ) Streptococcus pyogenes
( ) Bacillus cereus
( ) Salmonella Typhi
( ) Bacillus anthracis
( ) Shigella sonnei
( ) Treponema pallidum
( ) Moraxella catarrhalis
( ) Staphylococcus aureus
( ) Neisseria gonorrhoeae

A sequência correta, de cima para baixo, é:
Na prospecção de material vegetal para pesquisa de compostos de atividade antimicrobiana podemos realizar a partição e separação dos principais metabólitos secundários. Para isso é necessária a extração a partir de solventes com polaridade diferentes. Através deste processo otimizamos a pesquisa de classes com potencial antimicrobiano. Infere-se que os metabólitos abaixo são extraídos facilmente pelos solventes que se apresentam logo ao seu lado, EXCETO em:
Extratos vegetais são preparações líquidas ou em pó, obtidas da retirada dos princípios ativos das drogas vegetais por diversas metodologias. São realizados de acordo com a composição química da planta por diversos solventes e diferentes métodos, sendo os principais a maceração e percolação e a turbólise. Ao final de tempos diversos obtém-se a tintura ou o extrato fluido podendo posteriormente ser evaporado pelo técnico, para eliminação do solvente e obtenção do extrato seco. Com base nos seus conhecimentos sobre o tema, leia as frases abaixo e responda a letra que corresponde às respostas corretas (C) e erradas (E):

I- Na extração vegetal, além dos princípios ativos da planta, obtemos quantidades variadas de excipientes como amido, carboximetilcelulose entre outros. ( )
II- Como as possibilidades de extração são diversas, resultam produtos distintos em qualidade e concentração de ativos, como resultados terapêuticos igualmente variáveis. ( )
III- A turbólise promove rompimento drástico das paredes celulares e, por isso, é recomendada quando se trata de materiais de elevada dureza, propiciando a ação de solventes. ( )
IV- Na maceração, o vegetal é deixado em contato com o líquido usado para dissolver o princípio bioativo, como a água, álcool ou óleo, em temperatura ambiente por tempo variável. ( )
V- Na percolação o líquido extrator é que passa pela planta moída, possibilitando assim, uma das formas mais eficientes de extração. ( )

As afirmativas de I a V são, respectivamente:
Em relação à principal diferença entre a membrana citoplasmática das células eucarióticas e procarióticas, podemos afirmar que as últimas NÃO possuem:
Na detecção Laboratorial da resistência bacteriana aos antimicrobianos são empregadas várias metodologias. Tais métodos nem sempre são os mais eficazes, porém são os que o laboratório possui condição de realizar devido ao custo e disponibilidade de técnicas mais avançadas. Com base nesta realidade, considere as frases a seguir:

I- Os halos de inibição por disco-difusão são plenamente confiáveis.
II- Todos os antimicrobianos devem ser testados por microdiluição.
III- As metodologias automatizadas possuem algumas limitações dependendo do micro-organismo analisado e do antimicrobiano testado.
IV- Alguns antimicrobianos não difundem adequadamente no ágar.
V- A microdiluição é um método rápido, de baixo custo e de fácil execução para a rotina laboratorial.

Sobre as afirmativas acima podemos dizer que estão corretas:
Os micro-organismos abaixo são utilizados rotineiramente para expressão de substâncias em processos biotecnológicos, EXCETO:
A biotecnologia pode ser usada na produção de fármacos, denominados biofármacos. Sobre o processo de produção podemos afirmar que:

I- Todos os antimicrobianos no mercado mundial são obtidos por processos biotecnológicos modernos.
II- É padrão utilizar micro-organismos considerados patogênicos na produção de biofármacos.
III- Os processos biotecnológicos podem ser divididos em biotecnologia tradicional e moderna.
IV- Bactérias e leveduras são empregadas rotineiramente em biotecnologia.

Das afirmativas acima, estão corretas:
Numa cultura qualitativa de urina o técnico detectou a presença da bactéria Proteus penneri que possui importância clínica em infecções nas vias urinárias. Esta identificação se justifica com base nas seguintes provas bioquímicas:
Na preparação de extratos vegetais para avaliação de atividade antimicrobiana de produtos naturais, o técnico do laboratório deve:

I – Observar qual o solvente utilizado para não interferir no resultado da atividade antimicrobiana no teste.
II – Autoclavar o extrato para evitar contaminação microbiana do teste.
III – Filtrar em membrana 0,22μm todas as soluções empregadas, para eliminar bactérias, fungos e vírus que possam interferir no resultado.
IV – Sempre avaliar a atividade de inibição bacteriana com base na visualização da turbidez do meio.

Sobre as afirmativas acima, pode-se dizer que somente:
No controle de qualidade microbiológico dos produtos naturais, consideramos alguns parâmetros também exigidos para produtos de origem farmacêutica. Nestes casos, o técnico do laboratório deve avaliar o BIOBURDEN.

Verificamos nesse caso a:
No Laboratório de microbiologia é possível receber diferentes amostras clínicas para diagnóstico bacteriológico, sendo que existem metodologias diferentes para transporte e armazenamento dependendo do local de coleta. Quando transportamos ao laboratório, amostras provenientes do Sistema Nervoso Central com suspeita de meningite, sob refrigeração, podemos afirmar que esse procedimento:
No processo para cultura de uma amostra biológica, o tempo entre a coleta e a semeadura do material clínico é crítico para a qualidade do exame. Para minimizar as alterações no resultado utilizamos meios de transporte como Amies e Stuart. Sobre estes meios podemos afirmar que:

I- podem conter carvão ativado para neutralizar os ácidos graxos.
II- o meio de Stuart foi elaborado a partir do meio de Amies melhorando sua performance.
III- o cloreto de sódio no meio de Amies possibilita a melhor conservação de Neisseria gonorrhoeae.
IV- é preciso controlar a qualidade destes meios a fi m de evitar problemas analíticos.

Das afirmativas acima, estão corretas:
A realização das colorações bacterianas para visualização em microscopia ótica luminosa, tem extrema importância no diagnóstico de algumas infecções humanas. Portanto, o conhecimento do fundamento de cada uma das técnicas é primordial para a boa formação do técnico no laboratório de microbiologia. Considerando essa necessidade, o fundamento do método de Ziehl-Neelsen se baseia na:
A Tigeciclina é um fármaco utilizado na clínica para tratamento de diversas infecções. Sabe-se que o mesmo é considerado um antimicrobiano de amplo espectro, porém algumas bactérias possuem resistência intrínseca à sua atividade. Uma bactéria que apresenta esse perfil de resistência é a (o):
Um paciente após assepsia correta, coletou a 1ª urina da manhã por jato médio e enviou no gelo ao laboratório. Devemos considerar como mínimo indicativo de infecção urinária a seguinte contagem em placa após semeadura de 0,1mL da diluição 1/100:
A bacterioscopia muitas vezes, auxilia grandemente no diagnóstico das doenças bacterianas e fúngicas, bem como na elucidação de suas causas. Na leitura de lâmina de escarro, corada pelo técnico de laboratório, usando o método de Ziehl-Neelsen, foram observados 5 bacilos por campo em 50 campos analisados. O resultado deverá ser reportado da seguinte forma:
Nas diarreias bacterianas, os sintomas relatados pelo paciente durante a anamnese e descritos na solicitação, auxiliam o técnico de laboratório desde o momento da escolha dos meios até na hora do diagnóstico, minimizando o trabalho da coprocultura. Com base nisso complete corretamente as frases abaixo:
A síndrome coleriforme possui um mecanismo................ com ................ resultando em .................... . Um exemplo de bactéria causadora deste quadro é a (o) ................... .
- Por outro lado a síndrome disenteriforme possui mecanismo ................ com .................... resultando em .................. . Um exemplo de bactéria causadora deste quadro é a(o) .................... .

A sequência correta é:
Na prospecção fitoquímica, podemos detectar as classes de substâncias majoritárias existentes no extrato de uma determinada planta. Tais classes são responsáveis por diferentes atividades neste material, EXCETO na relação abaixo indicada:
Em caso de suspeita de infecção no trato respiratório superior por Corynebacterium diphtheriae, considere as afirmativas abaixo:

I. A doença possui prevenção pela vacina.
II. O diagnóstico final só é válido a partir da confirmação da toxigenicidade bacteriana.
III. No método de Fontana tribondeau esta bactéria aparece com corpúsculos metacromáticos.
IV. Trata-se de um bastonete Gram positivo.
V. A coleta do material é realizada retirando parte da membrana do sítio de infecção.
VI. O tratamento exige administração rápida de antibiótico para a cura do paciente.

Das afirmativas acima, estão corretas somente:
Para avaliação da atividade antimicrobiana de um extrato pelo método de microdiluição, utilizou-se inicialmente a concentração de 2mg/mL de extrato que foi diluída serialmente em 1:2 até o décimo tubo. Foi introduzido o inóculo bacteriano em turvação correspondente à escala 0,5 de MacFarland e incubado em estufa bacteriológica a 35ºC   1ºC por 24h. A leitura foi realizada e a turbidez apareceu a partir do quinto poço. Tendo em mãos estas informações, podemos afirmar que a CIM do extrato frente à cepa bacteriana testada é de:
No controle de micro-organismos existem níveis de eficácia para remoção destruição total ou destruição parcial da carga microbiana existente em uma superfície/ produto. Seguindo essa linha de pensamento, é correto afirmar que:
Os mecanismos e tipos de resistência aos antimicrobianos são muitas vezes caracterizados por siglas e letras como KPC, MBL, MRSA, ESBL, AmpC, VRE entre outras. Esses mecanismos estão presentes em diversas espécies bacterianas Gram positivas e Gram negativas, principalmente em ambiente hospitalar. Muitas vezes as siglas estão diretamente relacionadas a uma espécie ou gênero bacteriano, conferindo-lhes algumas das denominações acima. Em bactérias Gram negativas, podemos encontrar os seguintes mecanismos ou tipos de resistência:
Sobre a coleta de material clínico para exame microbiológico e a avaliação do resultado da cultura, devemos considerar como INCORRETA a seguinte premissa:
Os microaerófilos são micro-organismos muitas vezes causadores de patologias nosocomiais e ambulatoriais. Analise as afirmativas abaixo:

I – Os microaerófilos só crescem na ausência de oxigênio.
II – Bactérias como a Klebsiella pneumoniae, Proteus mirabilis e Staphylococcus aureus são considerados microaerófilos.
III – Os micro-organismos microaerófilos crescem bem em ambiente hermético junto com uma vela acesa, onde é reproduzido um ambiente composto pelo aumento da concentração de dióxido de carbono.
IV – Os microaerófilos sofrem lise da parede celular quando expostos ao gás oxigênio.
V – Um dos meios de cultura comumente utilizados na jarra de microaerofilia é o ágar-chocolate.

Estão corretas somente as afirmativas:
O controle de micro-organismos se refere às diferentes formas de se inibir, reduzir, eliminar ou remove-los. O método de escolha, depende do que o técnico pretende fazer e do tipo de material onde o organismo está presente. Este controle pode ser realizado através de métodos físicos ou químicos. Sobre as formas físicas de controle microbiano é correto afirmar que:
Sobre os testes de atividade antimicrobiana em plantas, podemos afirmar que:

I – Realizam-se os testes de atividade biológica em todos os tipos de extratos ou frações a fim de encontrar a classe responsável pela atividade.
II – Os resultados dos testes de atividade se igualam independente do tipo de solvente utilizado.
III – Não há necessidade de realizar testes de atividade do extrato bruto, pois o importante são as frações obtidas.
IV – O teste de atividade escolhido depende somente de qual bactéria será testada.
V – É necessário o controle do teste, independente do mesmo já ser validado.

Estão corretas somente as afirmativas:

Conteúdo recomendado...