Simulado: Inspetor de Alunos - Eca - Prefeitura Santo André SP 2011

14 questões Eca, Inspetor de Alunos, Prefeitura de Santo André SP, CAIPIMES, Ensino Médio

Responda as 14 questões do simulado abaixo (Inspetor de Alunos - Eca - Prefeitura Santo André SP 2011). Ao terminar a prova, clique em corrigir para ver o gabarito.

5.384 resolveram
51% acertos
Médio
47 gabaritaram
399 ótimo
2.665 bom
2.106 regular
214 péssimo
Dados estatísticos de usuários que resolveram este simulado.

1Questão 5554. Eca, Inspetor de Alunos, Prefeitura de Santo André SP, CAIPIMES, Ensino Médio, 2011

O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) assegura à gestante e/ou parturiente e/ou mãe pelos diversos recursos do Poder Público:

1 - assistência psicológica a gestantes ou mães que manifestem interesse em entregar seus filhos para adoção.
2 - encaminhamento da gestante aos diferentes níveis de atendimento, segundo critérios médicos específicos, obedecendo-se aos princípios de regionalização e hierarquização do Sistema.
3 - condições adequadas ao aleitamento materno pelas empresas privadas que receberão incentivos fiscais para compensar a ausência das mães funcionárias nesses períodos.
4 - atendimento gratuito ao parto pelo médico de plantão no ambulatório do SUS.

Estão de acordo com o ECA:

2Questão 5555. Eca, Inspetor de Alunos, Prefeitura de Santo André SP, CAIPIMES, Ensino Médio, 2011

Sobre as disposições do ECA é incorreto afirmar.

3Questão 5556. Eca, Inspetor de Alunos, Prefeitura de Santo André SP, CAIPIMES, Ensino Médio, 2011

Consta do Estatuto que o acesso ao ensino obrigatório e gratuito é direito público subjetivo e que:

( ) o não oferecimento do ensino obrigatório pelo poder público ou sua oferta irregular importa responsabilidade da autoridade competente.
( ) compete especialmente aos dirigentes de escolas particulares recensearem os educandos no ensino básico e fundamental, fazer-lhes a chamada e zelar, junto aos pais ou responsável, pela frequência à escola.
( ) os pais ou responsável têm a obrigação de matricular seus filhos ou pupilos na rede regular de ensino.
( ) os dirigentes de estabelecimentos de ensino fundamental comunicarão ao Conselho Tutelar as seguintes ocorrências: suspeita de maus-tratos envolvendo seus alunos; elevados níveis de repetência e brigas ocasionais entre alunos durante o período de intervalo entre as aulas.

Identificando as afirmações como (V) verdadeiras ou (F) falsas temos a sequência:

4Questão 5557. Eca, Inspetor de Alunos, Prefeitura de Santo André SP, CAIPIMES, Ensino Médio, 2011

Analise as afirmações em geral sobre as disposições do ECA.

1 - A permanência da criança e do adolescente em programa de acolhimento institucional não se prolongará por mais de 2 (dois) anos, salvo comprovada necessidade que atenda ao seu superior interesse, devidamente fundamentada pela autoridade judiciária.
2 - O poder familiar será exercido, preferencialmente pelo pai, assegurado à mãe o direito de, em caso de discordância, recorrer à autoridade judiciária competente para a solução da divergência.
3 - A perda e a suspensão do poder familiar serão decretadas judicialmente, em procedimento contraditório, nos casos previstos na legislação civil, bem como na hipótese de descumprimento injustificado dos deveres e obrigações a que alude o art. 22 (... o dever de sustento, guarda e educação dos filhos menores, cabendo-lhes ainda, no interesse destes, a obrigação de cumprir e fazer cumprir as determinações judiciais.)

São afirmações corretas:

5Questão 5558. Eca, Inspetor de Alunos, Prefeitura de Santo André SP, CAIPIMES, Ensino Médio, 2011

O Art. 86 do Estatuto determina que “A política de atendimento dos direitos da criança e do adolescente far-se-á através de um conjunto articulado de ações governamentais e não-governamentais, da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios”. Além das políticas sociais básicas, fazem parte das linhas de ação da política de atendimento: Art. 87

►políticas e programas de assistência social, em caráter supletivo, para aqueles que deles necessitem.
►serviços especiais de prevenção e atendimento médico e psicossocial às vítimas de negligência, maus-tratos, exploração, abuso, crueldade e opressão.
►serviço de identificação e localização de pais, responsável, crianças e adolescentes desaparecidos.
►proteção jurídico-social por entidades de defesa dos direitos da criança e do adolescente.
►políticas e programas destinados a prevenir ou abreviar o período de afastamento do convívio familiar e a garantir o efetivo exercício do direito à convivência familiar de crianças e adolescentes.
►campanhas de estímulo ao acolhimento sob forma de guarda de crianças e adolescentes afastados do convívio familiar e à adoção, especificamente inter-racial, de crianças maiores ou de adolescentes, com necessidades específicas de saúde ou com deficiências e de grupos de irmãos.

Estão corretas de acordo com o ECA:

6Questão 5559. Eca, Inspetor de Alunos, Prefeitura de Santo André SP, CAIPIMES, Ensino Médio, 2011

O Estatuto elenca os princípios que as entidades que desenvolvem programas de acolhimento familiar ou institucional devem adotar, dentre os quais não se inclui:

7Questão 5560. Eca, Inspetor de Alunos, Prefeitura de Santo André SP, CAIPIMES, Ensino Médio, 2011

Sobre as entidades que desenvolvem programa de acolhimento institucional e seus dirigentes o ECA determina:

1 - O dirigente de entidade que desenvolve programa de acolhimento institucional é equiparado ao guardião, para todos os efeitos de direito.
2 - Os entes federados, por intermédio dos Poderes Executivo e Judiciário, promoverão conjuntamente a permanente qualificação dos profissionais que atuam direta ou indiretamente em programas de acolhimento institucional e destinados à colocação familiar de crianças e adolescentes, incluindo membros do Poder Judiciário, Ministério Público e Conselho Tutelar.
3 - As entidades que desenvolvem programas de acolhimento familiar ou institucional somente poderão receber recursos públicos se comprovado o atendimento dos princípios, exigências e finalidades da Lei.
4 - O descumprimento das disposições da Lei pelo dirigente de entidade que desenvolva programas de acolhimento familiar ou institucional é causa de sua destituição, sem prejuízo da apuração de sua responsabilidade administrativa, civil e criminal.
5 - As entidades que mantenham programa de acolhimento institucional poderão, em caráter excepcional e de urgência, acolher crianças e adolescentes sem prévia determinação da autoridade competente, fazendo comunicação do fato em até 24 (vinte e quatro) horas ao Juiz da Infância e da Juventude, sob pena de responsabilidade.

Constam do Estatuto:

8Questão 5561. Eca, Inspetor de Alunos, Prefeitura de Santo André SP, CAIPIMES, Ensino Médio, 2011

Analise as afirmações sobre determinações do ECA.

1 - Em caso de reiteradas infrações cometidas por entidades de atendimento, que coloquem em risco os direitos assegurados nesta Lei, deverá ser o fato comunicado ao Ministério do Trabalho para as providências cabíveis, inclusive suspensão das atividades ou dissolução da entidade.
2 - As pessoas jurídicas de direito público e as organizações não governamentais responderão pelos danos que seus agentes causarem às crianças e aos adolescentes, caracterizado o descumprimento dos princípios norteadores das atividades de proteção específica.

Sobre as afirmações podemos concluir que:

9Questão 5562. Eca, Inspetor de Alunos, Prefeitura de Santo André SP, CAIPIMES, Ensino Médio, 2011

As medidas de proteção à criança e ao adolescente são aplicáveis sempre que os direitos reconhecidos no Estatuto forem ameaçados ou violados:

1 - por ação ou omissão da sociedade ou do Estado.
2 - por falta, omissão ou abuso dos pais ou responsável.
3 - em razão de sua conduta.

Constam do Estatuto:

10Questão 5563. Eca, Inspetor de Alunos, Prefeitura de Santo André SP, CAIPIMES, Ensino Médio, 2011

O Art. 101, § 3o do Estatuto dispõe que: “Crianças e adolescentes somente poderão ser encaminhados às instituições que executam programas de acolhimento institucional, governamentais ou não, por meio de uma Guia de Acolhimento ____________________.

11Questão 5564. Eca, Inspetor de Alunos, Prefeitura de Santo André SP, CAIPIMES, Ensino Médio, 2011

Sobre os direitos individuais da criança e do adolescente o Estatuto dispõe:

( ) Nenhum adolescente será privado de sua liberdade senão em flagrante de ato infracional ou por ordem escrita e fundamentada da autoridade judiciária competente.
( ) O adolescente tem direito à identificação dos responsáveis pela sua apreensão, devendo ser informado acerca de seus direitos.
( ) A apreensão de qualquer adolescente e o local onde se encontra recolhido serão incontinenti comunicados à autoridade judiciária competente e à família do apreendido ou à pessoa por ele indicada.
( ) Examinar-se-á, desde logo e sob pena de responsabilidade, a possibilidade de liberação imediata e a internação, antes da sentença, pode ser determinada pelo prazo máximo de trinta dias.
( ) O adolescente civilmente identificado não será submetido a identificação compulsória pelos órgãos policiais, de proteção e judiciais, salvo para efeito de confrontação, havendo dúvida fundada.

Conforme o ECA as afirmações são (V) verdadeiras ou (F) falsas na sequência:

12Questão 5565. Eca, Inspetor de Alunos, Prefeitura de Santo André SP, CAIPIMES, Ensino Médio, 2011

Verificada a prática de ato infracional, a autoridade competente poderá aplicar ao adolescente dentre outras, as seguintes medidas:

► advertência.
► obrigação de reparar o dano.
► prestação de trabalhos forçados.
► liberdade assistida.
► inserção em regime de semi-liberdade.
► internação em estabelecimento educacional.

Dos itens citados estão corretos:

13Questão 5566. Eca, Inspetor de Alunos, Prefeitura de Santo André SP, CAIPIMES, Ensino Médio, 2011

A medida sócioeducativa aplicada ao adolescente levará em conta a sua capacidade de cumpri-la, as circunstâncias e a gravidade da infração. Analise as afirmações.

1 - A prestação de serviços comunitários consiste na realização de tarefas gratuitas de interesse geral, por período não excedente a seis meses, junto a entidades assistenciais, hospitais, escolas e outros estabelecimentos congêneres, bem como em programas comunitários ou governamentais.
2 - As tarefas serão atribuídas conforme as aptidões do adolescente, devendo ser cumpridas durante jornada máxima de oito horas semanais, aos sábados, domingos e feriados ou em dias úteis, de modo a não prejudicar a frequência à escola ou à jornada normal de trabalho.

Sobre as afirmações podemos concluir que:

14Questão 5567. Eca, Inspetor de Alunos, Prefeitura de Santo André SP, CAIPIMES, Ensino Médio, 2011

A internação constitui medida privativa da liberdade, sujeita aos princípios de brevidade, excepcionalidade e respeito à condição peculiar de pessoa em desenvolvimento. Podemos afirmar que

1 - A medida não comporta prazo determinado, devendo sua manutenção ser reavaliada, mediante decisão fundamentada, no máximo a cada seis meses.
2 - Em nenhuma hipótese o período máximo de internação excederá a três anos.
3 - A liberação será compulsória aos dezoito anos de idade.

Constam do Estatuto as afirmações: