SPDM - Português - Auxiliar Administrativo - 2015

Responda as 10 questões do simulado abaixo (SPDM - Português - Auxiliar Administrativo - 2015). Ao terminar a prova, clique em corrigir para ver o gabarito.

10 questões Português, Auxiliar Administrativo, SPDM, Ensino Médio

395 resolveram
50% acertos
Difícil
4 gabaritaram
26 ótimo
234 bom
128 regular
7 péssimo
Texto associado.
TEXTO
O DESASTRE DO BRASIL

Carlos Nejar, O Globo, 10/7/2014

Este desastre do futebol brasileiro diante da Alemanha, em goleada, começou bem antes da lesão propositada em Neymar, veio bem antes de quando Felipão mostrou-se desatualizado, soberbo, ditador; veio antes pela excessiva propaganda, cuidando dos mínimos gestos e movimentos de nossos jogadores, como se fossem deuses, novos e opulentos, com a supervalorização dos pés, como se pensassem ou criassem a ordem do universo. Não foi apenas a seleção alemã superior, houve negligência, pane, lapso dos atletas nacionais e como de início se viu um time de sopro curto. O preço foi muito caro.
Em relação à afirmação de que o desastre começou bem antes da lesão de Neymar, o texto:
Texto associado.
TEXTO
O DESASTRE DO BRASIL

Carlos Nejar, O Globo, 10/7/2014

Este desastre do futebol brasileiro diante da Alemanha, em goleada, começou bem antes da lesão propositada em Neymar, veio bem antes de quando Felipão mostrou-se desatualizado, soberbo, ditador; veio antes pela excessiva propaganda, cuidando dos mínimos gestos e movimentos de nossos jogadores, como se fossem deuses, novos e opulentos, com a supervalorização dos pés, como se pensassem ou criassem a ordem do universo. Não foi apenas a seleção alemã superior, houve negligência, pane, lapso dos atletas nacionais e como de início se viu um time de sopro curto. O preço foi muito caro.
“Este desastre do futebol brasileiro diante da Alemanha”; a expressão “diante da” pode ser substituída adequadamente por:
Texto associado.
TEXTO
O DESASTRE DO BRASIL

Carlos Nejar, O Globo, 10/7/2014

Este desastre do futebol brasileiro diante da Alemanha, em goleada, começou bem antes da lesão propositada em Neymar, veio bem antes de quando Felipão mostrou-se desatualizado, soberbo, ditador; veio antes pela excessiva propaganda, cuidando dos mínimos gestos e movimentos de nossos jogadores, como se fossem deuses, novos e opulentos, com a supervalorização dos pés, como se pensassem ou criassem a ordem do universo. Não foi apenas a seleção alemã superior, houve negligência, pane, lapso dos atletas nacionais e como de início se viu um time de sopro curto. O preço foi muito caro.
A frase que não mostra um exemplo de grau superlativo é:
Texto associado.
TEXTO
O DESASTRE DO BRASIL

Carlos Nejar, O Globo, 10/7/2014

Este desastre do futebol brasileiro diante da Alemanha, em goleada, começou bem antes da lesão propositada em Neymar, veio bem antes de quando Felipão mostrou-se desatualizado, soberbo, ditador; veio antes pela excessiva propaganda, cuidando dos mínimos gestos e movimentos de nossos jogadores, como se fossem deuses, novos e opulentos, com a supervalorização dos pés, como se pensassem ou criassem a ordem do universo. Não foi apenas a seleção alemã superior, houve negligência, pane, lapso dos atletas nacionais e como de início se viu um time de sopro curto. O preço foi muito caro.
Ao dizer que a lesão em Neymar foi “propositada”, o autor do texto participa da opinião de que essa lesão foi:
Texto associado.
TEXTO
O DESASTRE DO BRASIL

Carlos Nejar, O Globo, 10/7/2014

Este desastre do futebol brasileiro diante da Alemanha, em goleada, começou bem antes da lesão propositada em Neymar, veio bem antes de quando Felipão mostrou-se desatualizado, soberbo, ditador; veio antes pela excessiva propaganda, cuidando dos mínimos gestos e movimentos de nossos jogadores, como se fossem deuses, novos e opulentos, com a supervalorização dos pés, como se pensassem ou criassem a ordem do universo. Não foi apenas a seleção alemã superior, houve negligência, pane, lapso dos atletas nacionais e como de início se viu um time de sopro curto. O preço foi muito caro.
“veio antes pela excessiva propaganda, cuidando dos mínimos gestos e movimentos de nossos jogadores, como se fossem deuses, novos e opulentos, com a supervalorização dos pés, como se pensassem ou criassem a ordem do universo. Não foi apenas a seleção alemã superior, houve negligência, pane, lapso dos atletas nacionais e como de início se viu um time de sopro curto. O preço foi muito caro.”

Considerando as três ocorrências do vocábulo “como”, sublinhadas no texto, pode-se afirmar que:
Texto associado.
TEXTO
O DESASTRE DO BRASIL

Carlos Nejar, O Globo, 10/7/2014

Este desastre do futebol brasileiro diante da Alemanha, em goleada, começou bem antes da lesão propositada em Neymar, veio bem antes de quando Felipão mostrou-se desatualizado, soberbo, ditador; veio antes pela excessiva propaganda, cuidando dos mínimos gestos e movimentos de nossos jogadores, como se fossem deuses, novos e opulentos, com a supervalorização dos pés, como se pensassem ou criassem a ordem do universo. Não foi apenas a seleção alemã superior, houve negligência, pane, lapso dos atletas nacionais e como de início se viu um time de sopro curto. O preço foi muito caro.
Ao dizer que “como de início se viu um time de sopro curto”, no termo sublinhado o autor empregou uma figura de linguagem denominada:
Texto associado.
TEXTO
O DESASTRE DO BRASIL

Carlos Nejar, O Globo, 10/7/2014

Este desastre do futebol brasileiro diante da Alemanha, em goleada, começou bem antes da lesão propositada em Neymar, veio bem antes de quando Felipão mostrou-se desatualizado, soberbo, ditador; veio antes pela excessiva propaganda, cuidando dos mínimos gestos e movimentos de nossos jogadores, como se fossem deuses, novos e opulentos, com a supervalorização dos pés, como se pensassem ou criassem a ordem do universo. Não foi apenas a seleção alemã superior, houve negligência, pane, lapso dos atletas nacionais e como de início se viu um time de sopro curto. O preço foi muito caro.
A palavra “goleada” apresenta um sufixo (-ada), com valor de coletivo, como ocorre em:
Texto associado.
TEXTO
O DESASTRE DO BRASIL

Carlos Nejar, O Globo, 10/7/2014

Este desastre do futebol brasileiro diante da Alemanha, em goleada, começou bem antes da lesão propositada em Neymar, veio bem antes de quando Felipão mostrou-se desatualizado, soberbo, ditador; veio antes pela excessiva propaganda, cuidando dos mínimos gestos e movimentos de nossos jogadores, como se fossem deuses, novos e opulentos, com a supervalorização dos pés, como se pensassem ou criassem a ordem do universo. Não foi apenas a seleção alemã superior, houve negligência, pane, lapso dos atletas nacionais e como de início se viu um time de sopro curto. O preço foi muito caro.
O par abaixo que é formado por classes de palavras diferentes das demais é:
Texto associado.
TEXTO
O DESASTRE DO BRASIL

Carlos Nejar, O Globo, 10/7/2014

Este desastre do futebol brasileiro diante da Alemanha, em goleada, começou bem antes da lesão propositada em Neymar, veio bem antes de quando Felipão mostrou-se desatualizado, soberbo, ditador; veio antes pela excessiva propaganda, cuidando dos mínimos gestos e movimentos de nossos jogadores, como se fossem deuses, novos e opulentos, com a supervalorização dos pés, como se pensassem ou criassem a ordem do universo. Não foi apenas a seleção alemã superior, houve negligência, pane, lapso dos atletas nacionais e como de início se viu um time de sopro curto. O preço foi muito caro.
O texto desta prova tem a finalidade de:
Texto associado.
TEXTO
O DESASTRE DO BRASIL

Carlos Nejar, O Globo, 10/7/2014

Este desastre do futebol brasileiro diante da Alemanha, em goleada, começou bem antes da lesão propositada em Neymar, veio bem antes de quando Felipão mostrou-se desatualizado, soberbo, ditador; veio antes pela excessiva propaganda, cuidando dos mínimos gestos e movimentos de nossos jogadores, como se fossem deuses, novos e opulentos, com a supervalorização dos pés, como se pensassem ou criassem a ordem do universo. Não foi apenas a seleção alemã superior, houve negligência, pane, lapso dos atletas nacionais e como de início se viu um time de sopro curto. O preço foi muito caro.
“com a supervalorização dos pés, como se pensassem ou criassem a ordem do universo”; nessa frase do texto há uma relação de sentido implícita entre dois elementos, que só NÃO pode ser expressa por:

Conteúdo recomendado...