Simulado: HC UFPE - Oftalmologia - Médico Oftalmologista - 2011

19 questões Medicina, Oftalmologia, Médico Oftalmologista, HC UFPE, COVEST COPSET, Ensino Superior

Responda as 19 questões do simulado abaixo (HC UFPE - Oftalmologia - Médico Oftalmologista - 2011). Ao terminar a prova, clique em corrigir para ver o gabarito.

14 resolveram
31% acertos
Difícil
0 gabaritaram
0 ótimo
3 bom
6 regular
5 péssimo
Dados estatísticos de usuários que resolveram este simulado.

1Questão 44041. Medicina, Oftalmologia, Médico Oftalmologista, HC UFPE, COVEST COPSET, Ensino Superior, 2011

A camada embrionária mais importante na formação da córnea é:

2Questão 44042. Medicina, Oftalmologia, Médico Oftalmologista, HC UFPE, COVEST COPSET, Ensino Superior, 2011

Quanto à musculatura extrínseca ocular, assinale a alternativa correta.

3Questão 44043. Medicina, Oftalmologia, Médico Oftalmologista, HC UFPE, COVEST COPSET, Ensino Superior, 2011

Fazem parte da oftalmopatia de Graves clássica, EXCETO:

4Questão 44044. Medicina, Oftalmologia, Médico Oftalmologista, HC UFPE, COVEST COPSET, Ensino Superior, 2011

Quais dos seguintes comprimentos de ondas são emitidos pelo laser de argônio?

5Questão 44045. Medicina, Oftalmologia, Médico Oftalmologista, HC UFPE, COVEST COPSET, Ensino Superior, 2011

A transposição esférico-cilíndrica da seguinte combinação cilíndrica + 1.75 a 150o com – 2.25 a 60o é:

6Questão 44046. Medicina, Oftalmologia, Médico Oftalmologista, HC UFPE, COVEST COPSET, Ensino Superior, 2011

Quanto aos corantes vitais na superfície ocular:

7Questão 44047. Medicina, Oftalmologia, Médico Oftalmologista, HC UFPE, COVEST COPSET, Ensino Superior, 2011

Quanto à medida da pressão intraocular:

8Questão 44048. Medicina, Oftalmologia, Médico Oftalmologista, HC UFPE, COVEST COPSET, Ensino Superior, 2011

Não podemos medir a curvatura da córnea utilizando o sistema de:

9Questão 44049. Medicina, Oftalmologia, Médico Oftalmologista, HC UFPE, COVEST COPSET, Ensino Superior, 2011

A ceratoconjuntivite flictenular é uma reação de hipersensibilidade do tipo:

10Questão 44050. Medicina, Oftalmologia, Médico Oftalmologista, HC UFPE, COVEST COPSET, Ensino Superior, 2011

A ceratite ulcerativa periférica (“PUK”) associada com doença sistêmica autoimune é causada por:

11Questão 44051. Medicina, Oftalmologia, Médico Oftalmologista, HC UFPE, COVEST COPSET, Ensino Superior, 2011

Qual das seguintes camadas corneanas continua a se espessar com a idade?

12Questão 44052. Medicina, Oftalmologia, Médico Oftalmologista, HC UFPE, COVEST COPSET, Ensino Superior, 2011

Em qual das doenças corneanas ocorre com mais frequência a erosão recorrente?

13Questão 44053. Medicina, Oftalmologia, Médico Oftalmologista, HC UFPE, COVEST COPSET, Ensino Superior, 2011

Opacidade corneana central presente ao nascimento, com aderências iridocorneais, caratara, aumento da pressão intraocular e anormalidades cardíacas sugerem o diagnóstico de:

14Questão 44054. Medicina, Oftalmologia, Médico Oftalmologista, HC UFPE, COVEST COPSET, Ensino Superior, 2011

É indicação para a exérese de pterígio:

15Questão 44055. Medicina, Oftalmologia, Médico Oftalmologista, HC UFPE, COVEST COPSET, Ensino Superior, 2011

No diagnóstico de Síndrome de Sjögren é importante solicitar:

16Questão 44056. Medicina, Oftalmologia, Médico Oftalmologista, HC UFPE, COVEST COPSET, Ensino Superior, 2011

Qual das seguintes condições pode estar associada à epífora crônica?

17Questão 44057. Medicina, Oftalmologia, Médico Oftalmologista, HC UFPE, COVEST COPSET, Ensino Superior, 2011

Representa maior risco de desenvolvimento de ceratite bacteriana:

18Questão 44058. Medicina, Oftalmologia, Médico Oftalmologista, HC UFPE, COVEST COPSET, Ensino Superior, 2011

O sinal corneano tipicamente associado com a ceratite por Acanthamoeba é:

19Questão 44059. Medicina, Oftalmologia, Médico Oftalmologista, HC UFPE, COVEST COPSET, Ensino Superior, 2011

A forma mais frequente de rejeição corneana é: