Simulado: INSS - Ética na Administração Pública - Técnico do Seguro Social - 2016

6 questões Administração Pública, Ética na Administração Pública, Técnico do Seguro Social, INSS, CESPE, Ensino Médio

Responda as 6 questões do simulado abaixo (INSS - Ética na Administração Pública - Técnico do Seguro Social - 2016). Ao terminar a prova, clique em corrigir para ver o gabarito.

1.229 resolveram
74% acertos
Fácil
245 gabaritaram
640 ótimo
521 bom
53 regular
15 péssimo
Dados estatísticos de usuários que resolveram este simulado.

1Questão 45118. Administração Pública, Ética na Administração Pública, Técnico do Seguro Social, INSS, CESPE, Ensino Médio, 2016

    Bruno, servidor contratado temporariamente para prestar serviços a determinado órgão público federal, praticou conduta vedada aos servidores públicos pelo Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal.

A partir dessa situação hipotética, julgue o item a seguir à luz do disposto nos Decretos n.º 1.171/1994 e n.º 6.029/2007.

Se, para a infração praticada por Bruno, estiverem previstas as penalidades de advertência ou suspensão, a comissão de ética será competente para, após o regular procedimento, aplicar diretamente a penalidade.

2Questão 45119. Administração Pública, Ética na Administração Pública, Técnico do Seguro Social, INSS, CESPE, Ensino Médio, 2016

    Bruno, servidor contratado temporariamente para prestar serviços a determinado órgão público federal, praticou conduta vedada aos servidores públicos pelo Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal.

A partir dessa situação hipotética, julgue o item a seguir à luz do disposto nos Decretos n.º 1.171/1994 e n.º 6.029/2007.

Mesmo prestando serviço de natureza temporária, Bruno está sujeito às disposições contidas no Decreto n.º 1.171/1994.

3Questão 45120. Administração Pública, Ética na Administração Pública, Técnico do Seguro Social, INSS, CESPE, Ensino Médio, 2016

    Bruno, servidor contratado temporariamente para prestar serviços a determinado órgão público federal, praticou conduta vedada aos servidores públicos pelo Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal.

A partir dessa situação hipotética, julgue o item a seguir à luz do disposto nos Decretos n.º 1.171/1994 e n.º 6.029/2007.

Durante o procedimento de apuração da conduta de Bruno, a comissão de ética deverá garantir-lhe proteção à sua honra e à sua imagem.

4Questão 45121. Administração Pública, Ética na Administração Pública, Técnico do Seguro Social, INSS, CESPE, Ensino Médio, 2016

Acerca do disposto nos Decretos n.º 1.171/1994 e n.º 6.029/2007, julgue o item subsequente.

Embora deva respeitar a hierarquia, o servidor público está obrigado a representar contra ações manifestamente ilegais de seus superiores hierárquicos.

5Questão 45122. Administração Pública, Ética na Administração Pública, Técnico do Seguro Social, INSS, CESPE, Ensino Médio, 2016

Acerca do disposto nos Decretos n.º 1.171/1994 e n.º 6.029/2007, julgue o item subsequente.

O rol de legitimados a provocar a atuação da Comissão de Ética Pública, prevista no Decreto n.º 6.029/2007, é restrito a agentes públicos, sendo, entretanto, permitido a qualquer cidadão provocar a atuação das comissões de ética de que trata o Decreto n.º 1.171/1994.

6Questão 45123. Administração Pública, Ética na Administração Pública, Técnico do Seguro Social, INSS, CESPE, Ensino Médio, 2016

Acerca do disposto nos Decretos n.º 1.171/1994 e n.º 6.029/2007, julgue o item subsequente.

Em razão da relevância do serviço público prestado, é vitalício o mandato de membro integrante da Comissão de Ética Pública, o que evita interferências externas na atuação da comissão.