Simulado: INMET - Meteorologia - Meteorologista - 2006

21 questões Meteorologia, Meteorologista, INMET, CETRO, Ensino Superior

Responda as 21 questões do simulado abaixo (INMET - Meteorologia - Meteorologista - 2006). Ao terminar a prova, clique em corrigir para ver o gabarito.

10 resolveram
42% acertos
Difícil
1 gabaritaram
1 ótimo
1 bom
7 regular
1 péssimo
Dados estatísticos de usuários que resolveram este simulado.

1Questão 45613. Meteorologia, Meteorologista, INMET, CETRO, Ensino Superior, 2006

Considerando que as plantas, de um modo geral, utilizam apenas a energia localizada entre 400 e 700 nm, que caracteriza a Radiação Fotossinteticamente Ativa, ou mais comumente PAR, que corresponde a apenas uma fração – cerca de 45% da energia de Ondas Curtas do Sol - Analise as afirmativas a seguir e assinale a alternativa correta.

a - Das funções de transpiração, respiração e fotossíntese, exercidas pelas folhas, o único processo que está diretamente envolvido com a radiação solar é a fotossíntese. 
b - No processo fotossintético, frações entre 60 e 90% dessa energia serão absorvidas pela clorofila e carotenóides, em função da direta absorção dos fótons pelos pigmentos. 
c - A fração do azul e do vermelho são as mais absorvidas, sendo que o ultravioleta e o infravermelho não exercem nenhuma influência na fotossíntese. 
d - A absorção da energia solar pelas folhas provoca seu aquecimento, já que a maior parte dessa energia é dispensável à fotossíntese. No entanto, esse aumento de temperatura pode ser atenuado pelo processo de transpiração.
e - A fração verde é a mais refletida e, conseqüentemente responsável pela coloração verde dos vegetais.

2Questão 45614. Meteorologia, Meteorologista, INMET, CETRO, Ensino Superior, 2006

Dois pontos A e B, localizados na mesma Latitude, apresentaram em um determinado mês o mesmo valor de temperatura média. Entretanto, no ponto A foi registrado 100mm de chuva e no ponto B apenas 50mm. De acordo com o método de Thornthwaite (1948), a Evapotranspiração Potencial (ETP) calculada nos dois pontos será:

3Questão 45615. Meteorologia, Meteorologista, INMET, CETRO, Ensino Superior, 2006

Duas plantas idênticas de milho - A e B - são cultivadas em um mesmo tipo de solo que, em dado instante t encontra-se na capacidade de campo. A planta A está submetida a uma taxa de evaporação (dados de tanque classe A) de 7,5 mm/dia, enquanto que a planta B a uma taxa de 3 mm/dia. Supondo-se que a partir do instante o solo começa a secar. 

Considerando-se os conhecimentos no sistema água- solo-planta-atmosfera, qual das plantas poderá extrair um maior volume de água do solo, mantendo a relação ETR/ETc igual a 1?

4Questão 45616. Meteorologia, Meteorologista, INMET, CETRO, Ensino Superior, 2006

Duas superfícies horizontais e vegetadas, A e B, apresentam respectivamente os albedos 0,3 e 0,5. Se essas superfícies forem submetidas a uma mesma radiação solar incidente, qual das duas terá um maior saldo de energia disponível para que os vegetais realizem seus diversos processos biofísicos?

5Questão 45617. Meteorologia, Meteorologista, INMET, CETRO, Ensino Superior, 2006


Considerando a razão de Bowen e seus conhecimentos em fluxo energético no solo, responda: Dois pontos, A e B, localizados no mesmo tipo de solo, na mesma latitude e submetidos a um mesmo regime de vento. O ponto A está em seu ponto de saturação hídrica e o ponto B está no ponto de murcha permanente. Qual dos pontos poderá liberar um maior fluxo de calor sensível para a atmosfera adjacente a eles?

6Questão 45618. Meteorologia, Meteorologista, INMET, CETRO, Ensino Superior, 2006

No estado de São Paulo, de maneira geral, o período de inverno é tido como um período seco. Considere dois balanços hídricos seqüenciais (Balanço A com armazenamento máximo de 300mm e Balanço B armazenamento máximo de 50 mm) gerados para a mesma localidade em um ano médio e que no mês de abril apresentavam deficiência hídrica igual a zero. Em qual dos dois balanços espera-se o aparecimento de uma deficiência hídrica mais cedo?

7Questão 45619. Meteorologia, Meteorologista, INMET, CETRO, Ensino Superior, 2006

A medição da radiação solar, tanto a componente direta quanto a componente difusa na superfície terrestre, é importante para estudos das influências das condições climáticas e atmosféricas. Sua medição pode ser feita utilizando-se instrumentos adequados, tais como: 

1. Piranômetros - Os piranômetros medem a radiação global. Este instrumento caracteriza-se pelo uso de uma termopilha que mede a diferença de temperatura entre duas superfícies, uma pintada de preto e outra pintada de branco igualmente iluminada. A expansão sofrida pelas superfícies provoca um diferencial de potencial que, ao ser medida, mostra o valor instantâneo da energia solar. 
2. Pireliômetros - Os pireliômetros são instrumentos que medem a radiação direta e caracteriza-se por apresentar uma pequena abertura de forma a "visualizar" apenas o disco solar e a região vizinha denominada circunsolar. O instrumento segue o movimento solar onde é constantemente ajustado para focalizar melhor a região do sensor. 
3. Heliógrafo - Instrumento que registra a duração do brilho solar. A radiação solar é focalizada por uma esfera de cristal de 10cm de diâmetro sobre uma fita que, pela ação da radiação é enegrecida. O cumprimento desta fita exposta à radiação solar mede o número de horas de insolação. 
4. Actinógrafo - Instrumento usado para medir a radiação global. Este instrumento é composto de sensores baseados na expansão diferencial de um par bimetálico. Os sensores são conectados a uma pena que, quando de sua expansão, registram o valor instantâneo da radiação solar.

8Questão 45620. Meteorologia, Meteorologista, INMET, CETRO, Ensino Superior, 2006

As leis de Boyle e Gay Lussac descrevem a relação entre temperatura, pressão e volume.

1 – Numa transformação isotérmica, a pressão e o volume de um gás são inversamente proporcionais 
2 – Numa transformação isobárica, o volume e a temperatura absoluta de um gás são diretamente proporcionais 
3 – Numa transformação isocórica, a pressão e a temperatura absoluta de um gás são diretamente proporcionais 

Conforme as afirmações descritas acima, é correto afirmar que:

9Questão 45621. Meteorologia, Meteorologista, INMET, CETRO, Ensino Superior, 2006

Praticamente todos os procedimentos de rotina usados para analisar a estabilidade da atmosfera são manipulações do método da parcela. Na teoria desse método supõe-se que uma diminuta parcela de ar modifica adiabaticamente sua temperatura, quando é deslocada verticalmente de sua posição de origem. Se a parcela não for saturada, sua temperatura virtual se modifica ao longo de uma adiabática seca, porém se a parcela for saturada a modificação se dará ao longo de uma adiabática úmida. Supondo que a parcela não afeta nem é afetada pela atmosfera por onde se desloca temos:

1) Se após o deslocamento vertical a parcela tiver uma temperatura virtual (Tv) menor do que a atmosfera ambiente, ela estará sujeita a uma força que aumentará sua aceleração para cima, e a parcela tenderá a se afastar cada vez mais de sua posição original, caracterizando uma atmosfera instável. 
2) Se sua Tv se tornar menor do que a do meio ambiente, a parcela será menos densa do que o ar ambiente, e o seu movimento será retardado, caracterizando uma condição de atmosfera estável. 
3) Se a parcela deslocada tiver a mesma densidade que o meio estará em equilíbrio neutro. 

Com base no exposto:

10Questão 45622. Meteorologia, Meteorologista, INMET, CETRO, Ensino Superior, 2006

Os índices de estabilidade descrevem o estado da atmosfera e sua vulnerabilidade às perturbações no plano vertical.

“Leva-se uma parcela de ar, em 850 hPa até a saturação seguindo uma adiabática seca e depois, seguindo uma adiabática úmida, até 500hPa. O índice é definido como a diferença entre a temperatura ambiental de 500hPa e a temperatura da parcela quando atinge o nível de 500hPa. Quanto mais negativa for essa diferença, mais instável será o ar.”. 

A descrição acima se refere a qual índice?

11Questão 45623. Meteorologia, Meteorologista, INMET, CETRO, Ensino Superior, 2006

A partir dos Modelos Numéricos de Tempo é possível obter direta ou indiretamente variáveis que descrevem a dinâmica da atmosfera. Analise as expressões descritas a seguir:

A - A divergência horizontal é útil para diagnosticar as áreas com movimento vertical ascendente ou descendente mais significativo. Se o escoamento em uma determinada região apresenta forte convergência em baixos níveis, deduz-se por continuidade de massa que essa região deve ter movimento vertical ascendente na média troposfera e uma divergência associada na alta troposfera. 
B - O campo de vorticidade relativa é útil na localização de cristas e cavados ou circulações fechadas (ciclônicas e anticiclônicas). A vorticidade relativa negativa (?<0) representa um escoamento ciclônico (baixa pressão) para o Hemisfério Sul e a positiva (?>0) um escoamento anticiclônico (alta pressão). 
C - A convergência do fluxo de umidade nos baixos níveis é essencial no desenvolvimento de sistemas meteorológicos por meio do abastecimento de água. Apenas os níveis mais baixos terão efeito significativo nesse processo, pois a quantidade de água acima de 500hPa é desprezível em relação à baixa troposfera. Isso ocorre porque a quantidade de vapor d’água que uma parcela pode manter é função de sua temperatura

Com base no exposto acima, é correto afirmar que:

12Questão 45624. Meteorologia, Meteorologista, INMET, CETRO, Ensino Superior, 2006

A natureza meridional do escoamento de verão é resultado direto do forte aquecimento da superfície com liberação de calor sensível e de calor latente. Este aquecimento produz uma célula de circulação direta forçada termicamente com ar quente e úmido subindo sobre o continente e ar seco descendo sobre as áreas oceânicas adjacentes. O ar ascendente desta circulação que se forma sobre o oeste da Amazônia provoca intenso desenvolvimento de nuvens convectivas e altas precipitações pluviométricas, com até 6mm dia -1 na região Amazônica. Parte da subsidência desta circulação zonal, no caso da América do Sul, estende-se desde o leste da Amazônia até o oeste da África, incluindo o Nordeste do Brasil e é chamada de:

13Questão 45625. Meteorologia, Meteorologista, INMET, CETRO, Ensino Superior, 2006

No Brasil, podemos estabelecer algumas informações corretas sobre as massas de ar que atuam em seu território, EXCETO:

14Questão 45626. Meteorologia, Meteorologista, INMET, CETRO, Ensino Superior, 2006

O vento que sopra livre na camada de atrito, paralelo ao traçado das isoípsas retas, chama-se:

15Questão 45627. Meteorologia, Meteorologista, INMET, CETRO, Ensino Superior, 2006

Um centro de alta pressão é caracterizado por :

16Questão 45628. Meteorologia, Meteorologista, INMET, CETRO, Ensino Superior, 2006

Uma baixa quente em superfície.

17Questão 45629. Meteorologia, Meteorologista, INMET, CETRO, Ensino Superior, 2006

Algumas considerações sobre características de sistemas sinóticos são apresentadas nas alternativas abaixo e, com base nelas, é possível afirmar que todas estão descritas corretamente, EXCETO:

18Questão 45630. Meteorologia, Meteorologista, INMET, CETRO, Ensino Superior, 2006

O texto abaixo foi desenvolvido considerando-se a teoria de Sutcliffe.

A situação padrão para o desenvolvimento de um ciclone em superfície, apresenta um cavado em 500mb com vorticidade absoluta negativa no Hemisfério Sul, tendo em vista a curvatura do escoamento. Logo, a leste do eixo do cavado deve haver advecção de vorticidade __________ e a oeste_________. A intensificação ou formação de um ___________ na superfície é equivalente a tornar a vorticidade absoluta mais negativa e o contrário para o caso do ____________. 

Assinale a alternativa que completa correta e respectivamente as lacunas do texto.

19Questão 45631. Meteorologia, Meteorologista, INMET, CETRO, Ensino Superior, 2006

20Questão 45632. Meteorologia, Meteorologista, INMET, CETRO, Ensino Superior, 2006

Qualquer que seja o tipo de nevoeiro que se forme em uma superfície, algumas características necessariamente estarão presentes, entre elas.

21Questão 45633. Meteorologia, Meteorologista, INMET, CETRO, Ensino Superior, 2006

Ventos fohen são: