Simulado: UFG - Arqueologia 2 - Arqueólogo - 2017

20 questões Arqueologia, Arqueólogo, UFG, CS-UFG, Ensino Superior

Responda as 20 questões do simulado abaixo (UFG - Arqueologia 2 - Arqueólogo - 2017). Ao terminar a prova, clique em corrigir para ver o gabarito.

19 resolveram
29% acertos
Difícil
1 gabaritaram
1 ótimo
1 bom
16 regular
1 péssimo
Dados estatísticos de usuários que resolveram este simulado.

1Questão 46996. Arqueologia, Arqueólogo, UFG, CS UFG, Ensino Superior, 2017

Além dos artefatos, a Arqueologia estuda ecofatos e biofatos, que são:

2Questão 46997. Arqueologia, Arqueólogo, UFG, CS UFG, Ensino Superior, 2017

A Arqueologia é:

3Questão 46998. Arqueologia, Arqueólogo, UFG, CS UFG, Ensino Superior, 2017

De acordo com Fabíola Andréa Silva (2009),

4Questão 46999. Arqueologia, Arqueólogo, UFG, CS UFG, Ensino Superior, 2017

As diferentes teorias da Arqueologia mostram que:

5Questão 47000. Arqueologia, Arqueólogo, UFG, CS UFG, Ensino Superior, 2017

A faiança fina:

6Questão 47001. Arqueologia, Arqueólogo, UFG, CS UFG, Ensino Superior, 2017

“Em vista do caráter destrutivo da pesquisa arqueológica, tudo que resta dos sítios escavados é a cultura material recolhida às instituições de pesquisa e a documentação produzida no seu transcurso, o que exige que se dispense a ambas o mesmo cuidado dispensado aos sítios.” (LIMA, 2007). Neste sentido, os bens arqueológicos recolhidos a museus estão submetidos a acautelamentos especiais porque

7Questão 47002. Arqueologia, Arqueólogo, UFG, CS UFG, Ensino Superior, 2017

No que diz respeito à História e à Arqueologia do mundo antigo, pode-se afirmar o seguinte:

8Questão 47003. Arqueologia, Arqueólogo, UFG, CS UFG, Ensino Superior, 2017

De acordo com Pedro Paulo de Abreu Funari (2003), as bases do surgimento da Arqueologia no Brasil estão ligadas

9Questão 47004. Arqueologia, Arqueólogo, UFG, CS UFG, Ensino Superior, 2017

Vestígios arqueológicos de sociedades pré-coloniais americanas são encontrados:

10Questão 47005. Arqueologia, Arqueólogo, UFG, CS UFG, Ensino Superior, 2017

As críticas ao processualismo deram-se

11Questão 47006. Arqueologia, Arqueólogo, UFG, CS UFG, Ensino Superior, 2017

Segundo Alexandre Matos, no texto “Da escavação ao museu – caminhos da escavação”(2007), os trabalhos arqueológicos serão com certeza a maior fonte de ingresso de acervos nos museus portugueses, e raro é o caso de um museu que não disponha de uma coleção, por menor que seja, de Arqueologia, inclusive os museus municipais. Preocupado com isto, o autor apresenta reflexões e propostas para gestão da informação sobre coleções arqueológicas em museus, a saber:

12Questão 47007. Arqueologia, Arqueólogo, UFG, CS UFG, Ensino Superior, 2017

A respeito da trajetória da normatização referente ao patrimônio arqueológico,

13Questão 47008. Arqueologia, Arqueólogo, UFG, CS UFG, Ensino Superior, 2017

No Brasil, a relação entre a Arqueologia e os museus é marcada atualmente por:

14Questão 47009. Arqueologia, Arqueólogo, UFG, CS UFG, Ensino Superior, 2017

Segundo Krzysztof Pomian (1988), os museus de Arqueologia tendem a adotar um dos dois seguintes modelos: museus arqueológico-artísticos, que ressaltam os aspectos estéticos e excepcionais dos objetos de suas coleções; museus arqueológicos-tecnológicos, que valorizam seus aspectos técnicos e funcionais. A aplicação destes modelos sugere que:

15Questão 47010. Arqueologia, Arqueólogo, UFG, CS UFG, Ensino Superior, 2017

No que diz respeito ao papel do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), com referência ao patrimônio arqueológico, Alejandra Saladino (2014) aponta que:

16Questão 47011. Arqueologia, Arqueólogo, UFG, CS UFG, Ensino Superior, 2017

Diego Lemos Ribeiro (2014) analisa alguns museus de Arqueologia no Brasil e afirma:

17Questão 47012. Arqueologia, Arqueólogo, UFG, CS UFG, Ensino Superior, 2017

A Musealização da Arqueologia

18Questão 47013. Arqueologia, Arqueólogo, UFG, CS UFG, Ensino Superior, 2017

Uma tentativa de síntese sobre a ocupação pré-colonial no Centro-Oeste brasileiro foi realizada em 1999-2000 por Jorge Eremites de Oliveira e Sibeli Aparecida Viana. Nessa síntese, os autores afirmam que:

19Questão 47014. Arqueologia, Arqueólogo, UFG, CS UFG, Ensino Superior, 2017

A história da Arqueologia brasileira ensina que:

20Questão 47015. Arqueologia, Arqueólogo, UFG, CS UFG, Ensino Superior, 2017

Carlos Costa e Fabiana Comerlato (2014), ao tratarem da questão do endosso institucional em projetos de Arqueologia, alertam que: