MDA - Banco de Dados - Administrador de Dados - 2014

Responda as 19 questões do simulado abaixo (MDA - Banco de Dados - Administrador de Dados - 2014). Ao terminar a prova, clique em corrigir para ver o gabarito.

19 questões Informática, Banco de Dados, Administrador de Dados, MDA, FUNCAB, Superior

34 resolveram
33% média
Difícil
1 gabaritaram
1 Ótimo
5 Bom
22 Regular
6 Péssimo
No que diz respeito aos bancos de dados, a principal meta da arquitetura “três esquemas” é separar as aplicações do usuário do banco de dados físico. Os esquemas são definidos de acordo com as seguintes descrições:

nível I. descreve a estrutura de armazenamento físico do banco de dados, utiliza um modelo de dados e descreve detalhadamente os dados armazenados e os caminhos de acesso ao banco de dados.
nível II. descreve a estrutura global do banco de dados como um todo, mas não fornece detalhes do modo como os dados estão fisicamente armazenados. 
nível III. descreve as visões do banco de dados para um grupo de usuários, sendo que cada uma descreve, por sua vez, quais porções do banco de dados um grupo de usuários terá acesso.

Os níveis I, II e III s ão denominados , respectivamente:
A integridade dos dados é um termo abrangente que inclui, simultaneamente, os conceitos de consistência, precisão e correção dos dados armazenados em um banco de dados. Um dos tipos de integridade é caracterizado por meio das condições listadas a seguir.

- É a forma mais elementar de restrição de integridade; 
- O valor de um campo deve obedecer ao tipo de dados e às restrições de valores admitidos para a coluna;
- Funciona ao nível da coluna do banco de dados. 

O tipo descrito acima é denominado integridade de:
Em um banco de dados, uma transação constitui uma operação, como inclusão, leitura, atualização ou exclusão, realizada em um banco de dados. Nesse contexto, alguns princípios devem ser atendidos, tais como:

I. se ocorrerem falhas que interrompam o processo de atualização de valores de estoque, o sistema deve manter os valores antigos.
II. se a transação for completada sem problemas, a soma das quantidades existentes em estoque do produto transferido (nos dois estoques), antes e depois da transação, deve ser a mesma.

Os princípios definidos em I e II são denominados, respectivamente:
Projeto físico corresponde à etapa da implementação de um banco de dados, no qual o modelo do BD é enriquecido com detalhes que influenciam no seu desempenho, mas não interferem na sua funcionalidade. Na prática, é um processo contínuo, que ocorre mesmo depois de o banco de dados já está implementado e em funcionamento, também conhecido como:
O modo como os SGBDR lidam com a segurança dos dados e o acesso à informação é realizado a partir de um conjunto de permissões. A concessão e a eliminação das permissões são realizadas, respectivamente, por meio dos seguintes comandos SQL:
PGSQL é uma linguagem procedural carregável desenvolvida para o sistema de banco de dados PostgreSQL. Como a maioria dos produtos de banco de dados relacional, o PostgreSQL suporta funções de agregação. Uma função de agregação computa um único resultado para várias linhas de entrada. Por exemplo, para calcular a média deve ser usada a seguinte função de agregação:
No que diz respeito à normalização em bancos de dados, duas formas normais são descritas a seguir.

I. Se somente todos os domínios básicos contiverem exclusivamente valores atômicos. Para atingir esta forma normal deve-se eliminar os grupos de repetição.
II. Se e somente se todos os atributos não chave forem totalmente dependentes da chave primária.

As descrições em I e II indicam condições que devem ser atendidas, respectivamente, pelas seguintes formas normais:
No que diz respeito às consultas SQL em bancos de dados, duas cláusulas devem ser utilizadas na sintaxe do comando SELECT com as finalidades especificadas a seguir. 

I. Para expressar a condição que deve satisfazer cada grupo. 
II. Para ordenar os registros selecionados com uma ordem específica. 

As cláusulas I e II são, respectivamente:
Em PGSQL, é usado, para o operador de atribuição, o seguinte símbolo:
Em TSQL, um comando permite a remoção de uma ou mais definições de tabela e todos os dados, índices, gatilhos, restrições e especificações de permissão dessas tabelas. Esse comando é:
A sigla OLAP tem por significado On-Line Analytical Processing e pode ser entendida como um software cuja tecnologia analítica de construção permite aos analistas de negócios, gerentes e executivos, analisar e visualizar dados corporativos de forma rápida, consistente e principalmente interativa. Já a sigla OLTP tem por significado Online Transactional Processing e refere-se a sistemas com base em transações. 

Com relação ao OLTP e aos aspectos “frequência das atualizações”, “quantidade de dados” e “dados trabalhados ” , OLAP apresenta as seguintes características:
EmTSQL, o operador módulo tem por função retornar o resto da divisão de um número por outro.

O símbolo utilizado para esse operador é:
Em TSQL, trigger é um gatilho DML, DDL ou de logon, um tipo especial de procedimento armazenado que é executado automaticamente quando um evento ocorre no servidor de banco de dados. 

Os gatilhos DDL são executados em resposta a diversos eventos que correspondem, basicamente, às seguintes instruções Transact-SQL:
Entre os métodos principais de busca em bancos de dados textuais, um utiliza indexação de textos, por meio de arquivos invertidos. Um arquivo invertido é um método de busca que tem como características: a estrutura de busca é chamada vocabulário; suporta uma lista invertida que armazena os identificadores dos registros contendo o termo; as consultas são feitas tomando-se a lista invertida correspondente ao termo procurado; as consultas booleanas são feitas obtendo-se a conjunção ou disjunção entre as listas relativas aos termos presentes na consulta. 

O método de busca descrito é conhecido como arquivos invertidos com:
Bancos de dados textuais oferecem várias técnicas de pesquisa direcionadas para consultas de textos livres. Uma delas é representada por uma ferramenta capaz de automaticamente, inovar sinônimos para os argumentos de pesquisa. Assim, o usuário não precisa se lembrar de todos os termos relevantes relacionados à pesquisa. 

Exemplo: se uma consulta for feita para a palavra “ automóvel ” , podem ser pesquisados , simultaneamente, os sinônimos “carro” e “veículo”. 

Essa técnica é conhecida como:
No contexto da recuperação das informações em bancos de dados textuais, um processo consiste em aplicar operações em uma palavra para encontrar sua raiz gramatical, como, por exemplo: “recuperar” é raiz de “recuperação”, “recuperações”, “recuperam” e “recuperado”. Além de ser útil para encontrar possíveis textos relevantes, esse processo também ajuda a reduzir o tamanho da estrutura de indexação, já que diminui o número de índices distintos e é denominado:
Existem diversas notações para o Modelo Entidade-Relacionamento. A notação original foi proposta por Peter Chen e é composta de entidades, relacionamentos, atributos, representados, respectivamente, por:
No que diz respeito ao Business Intelligence e ao apoio à decisão, as informações obtidas de um banco de dados podem ser classificadas em três tipos, conforme descritas a seguir.

I. Dados primários, como listagem das vendas diárias e situação semanal do estoque. Período de tempo envolvido: passado e presente.
II. Dados secundários, como a média mensal das vendas e giro de estoques. Período de tempo envolvido: passado, presente e curto prazo.
III. Dados terciários, como previsão de vendas para os próximos cinco anos em vários cenários, simulação do comportamento do consumidor frente a novos produtos e jogos de empresas. Período de tempo envolvido: médio e longo prazo.

As informações descritas em I, II e III são conhecidas, respectivamente, como:
O Data Warehouse – DW tem por objetivo disponibilizar informações para apoio às decisões de uma empresa. O Ambiente de DW envolve diversos profissionais, que podem ser considerados “usuários” do ambiente. Um desses profissionais desempenha o papel de integrador dos ambientes transacional e dimensional, constituindo o fator de garantia da qualidade e da existência íntegra do DW, por meio de metodologias de acompanhamento e administração dos metadados entre os sistemas transacionais e seu processo de manutenção de extração, transformação e carga do DW.

Esse profissional é conhecido por: