MPE RS - Direito Civil - Promotor de Justiça - 2017

Responda as 6 questões do simulado abaixo (MPE RS - Direito Civil - Promotor de Justiça - 2017). Ao terminar a prova, clique em corrigir para ver o gabarito.

6 questões Direito Civil, Promotor de Justiça, MPE RS, Ensino Superior

68 resolveram
27% acertos
Difícil
1 gabaritaram
2 ótimo
11 bom
18 regular
37 péssimo

1Questão 50567. Direito Civil, Promotor de Justiça, MPE RS, Ensino Superior, 2017

Considerando a parte geral do Código Civil, assinale com V (verdadeiro) ou com F (falso) as seguintes afirmações.

( ) Todas as pessoas têm a capacidade de direito, o que pressupõe a capacidade de fato, em regra, pois a incapacidade é a exceção.
( ) Se houver alguma restrição, os ébrios habituais e os viciados em tóxicos serão sempre relativamente incapazes.
( ) A ausência significa morte presumida da pessoa natural, após processo judicial, que ocorre em duas fases: curadoria dos bens e sucessão definitiva.
( ) O estatuto da fundação não é imutável; possível a alteração mediante deliberação de dois terços das pessoas responsáveis pela sua gerência, desde que não contrarie ou desvirtue a sua finalidade, sem necessidade que seja aprovada pelo Ministério Público.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é 

2Questão 50568. Direito Civil, Promotor de Justiça, MPE RS, Ensino Superior, 2017

Assinale a alternativa INCORRETA quanto à obrigação alimentar. 

3Questão 50569. Direito Civil, Promotor de Justiça, MPE RS, Ensino Superior, 2017

Assinale a alternativa correta quanto ao Direito de Família.

4Questão 50570. Direito Civil, Promotor de Justiça, MPE RS, Ensino Superior, 2017

Considerando o Direito das Sucessões, assinale com V (verdadeiro) ou com F (falso) as seguintes afirmações.

( ) O coerdeiro tomou ciência da cessão de direito hereditário efetuado por outro coerdeiro quando foi apresentada nos autos do processo de inventário na data de 27/04/2015. Intentou ação declaratória de nulidade de ato jurídico em 10/11/2015 e efetuou o depósito necessário; no entanto, o ajuizamento da demanda ultrapassou o prazo legal para o reconhecimento do direito de preferência.
( ) O direito à sucessão aberta e o direito à herança constituem bens móveis por determinação legal, isso ocorre mesmo se a herança for composta apenas de bens imóveis.
( ) Os atos de aceitação ou de renúncia da herança são irrevogáveis, todavia, viável alegação de erro, dolo e demais vícios do ato ou negócio jurídico visando sua invalidade.
( ) Pedro falece e tem um único filho, Marco, que renuncia a herança expressamente, por termo judicial. Este possui três filhos: Mário, Maria e Marlon, que poderão vir à sucessão, por direito próprio, não por representação, e receberão um terço da herança.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é 

5Questão 50571. Direito Civil, Promotor de Justiça, MPE RS, Ensino Superior, 2017

Assinale a alternativa INCORRETA quando ao Direito das Coisas. 

6Questão 50572. Direito Civil, Promotor de Justiça, MPE RS, Ensino Superior, 2017

Assinale a alternativa INCORRETA quanto aos Contratos.