CISSUL MG - Enfermagem - Técnico de Enfermagem - 2017

Responda as 11 questões abaixo (CISSUL MG - Enfermagem - Técnico de Enfermagem - 2017). Ao terminar, clique no botão para ver sua nota e o gabarito. Boa prova!

11 questões Enfermagem, Técnico de Enfermagem, CISSUL MG, IBGP, Médio

1.074 resolveram
38% média
Difícil
7 gabaritaram
22 Ótimo
203 Bom
665 Regular
184 Péssimo
Segundo a Portaria GM/MS n. 2.048/2002, são competências e atribuições que o técnico de enfermagem deve ter para o atendimento pré-hospitalar móvel, EXCETO
Uma equipe do SAMU realiza atendimento a um paciente vítima de Traumatismo Crânio Encefálico (TCE) e, durante realização do exame primário, dentre outros sinais e sintomas, verificou-se que o paciente apresentou abertura ocular a dor, emitia sons incompreensíveis e decorticação ao estímulo doloroso.

Considerando a escala de coma de Glasgow, assinale a alternativa que apresenta o escore desse paciente. 
Uma equipe do SAMU realiza atendimento a um paciente vítima de Traumatismo Crânio Encefálico (TCE) e, durante realização do exame primário, dentre outros sinais e sintomas, verificou-se que o paciente apresentou abertura ocular a dor, emitia sons incompreensíveis e decorticação ao estímulo doloroso.
Considerando a escala de coma de Glasgow, assinale a alternativa que apresenta o escore desse paciente. 
Em um atendimento por profissionais de saúde a situação de parada cardiorrespiratória em criança, o pulso MAIS indicado para ser verificado é o: 
Segundo a Portaria GM/MS nº 2048/2002, define-se ambulância como um veículo (terrestre, aéreo ou aquaviário) que se destine exclusivamente ao transporte de enfermos. Sobre a classificação das ambulâncias e sua tripulação, analise as afirmativas abaixo:

I. Tipo B: Ambulância de Suporte Básico: veículo destinado ao transporte inter-hospitalar de pacientes com risco de morte conhecido e ao atendimento pré-hospitalar de pacientes com risco de morte desconhecido, não classificado com potencial de necessitar de intervenção médica no local e/ou durante transporte até o serviço de destino. Equipe: 2 profissionais, sendo um o motorista e um técnico ou um auxiliar de enfermagem.
II. Tipo C: Ambulância de Suporte Avançado: veículo destinado ao atendimento e transporte de pacientes de alto risco em emergências pré-hospitalares e/ou de transporte inter-hospitalar que necessitam de cuidados médicos intensivos. Deve contar com os equipamentos médicos necessários para esta função. Equipe: 3 profissionais, sendo um motorista, um enfermeiro e um médico.
III. Tipo E: Aeronave de Transporte Médico: aeronave de asa fixa ou rotativa utilizada para transporte inter-hospitalar de pacientes e aeronave de asa rotativa para ações de resgate, dotada de equipamentos médicos homologados pelo Departamento de Aviação Civil – DAC. Equipe: 3 profissionais, um médico, um enfermeiro ou técnico de enfermagem e um piloto.
IV. VIR – Veículo de Intervenção Rápida: Este veículo, também chamado de veículo leve, veículo rápido ou veículo de ligação médica é utilizado para transporte de médicos com equipamentos que possibilitam oferecer suporte avançado de vida nas demais ambulâncias de suporte básico de vida.

Estão CORRETAS as afirmativas. 
Uma equipe do SAMU foi empenhada para atender uma vítima de atropelamento em via de trânsito rápido. Chegando ao local, observa-se que o paciente está em decúbito ventral e com sangramento abundante no crânio.

Assinale a alternativa que apresenta CORRETAMENTE a primeira ação a ser desempenhada na chegada da cena. 
Sobre as diretrizes para utilização de colares cervicais rígidos, analise as afirmativas abaixo:

I. Seu uso isolado imobiliza adequadamente.
II. Deve ser de tamanho adequado para cada paciente.
III. Não deve impedir a abertura da boca do paciente.
IV. Não deve obstruir ou dificultar a respiração.

Estão CORRETAS as afirmativas.
Você recebeu a prescrição médica de administrar 2mg de dexametasona pela via endovenosa. A apresentação disponível desta medicação é ampola de 4mg por ml com volume total de 2,5ml.

Assinale a alternativa que apresenta a quantidade em ml que deve ser administrada para o paciente receber a dose prescrita. 
Assegurar via aérea pérvia é primordial no tratamento e reanimação do traumatizado. Sobre as técnicas fundamentais de controle das vias aéreas, analise as afirmativas abaixo:

I. O primeiro passo no tratamento das vias aéreas deve ser uma rápida inspeção visual da orofaringe.
II. Uma das manobras manuais de abertura de vias aéreas é a tração da mandíbula no trauma, a mandíbula é empurrada anteriormente com os polegares nos arcos zigomáticos e os indicadores e dedos médios no ângulo da mandíbula no mesmo lado.
III. A aspiração prolongada do doente pode levar a hipoxemia.

Estão CORRETAS as afirmativas. 
As fraturas fechadas de fêmur requerem uma consideração especial. O emprego de tração, tanto manual quanto pelo uso de aparelho mecânico, ajuda a promover o tamponamento do sangramento para terceiro espaço e diminuir a dor do paciente.

São contraindicações ao uso de talas de tração neste tipo de lesão, EXCETO
Considerando o atendimento a uma vítima de trauma com hemorragia externa, avalie as seguintes asserções e a relação proposta entre elas.

I. A elevação de uma extremidade como etapa intermediária no controle de um sangramento que não cessou com compressão local com compressas estéreis não é mais recomendado,

PORQUE

II. Caso a extremidade esteja fraturada, esta manobra poderia potencialmente transformar uma fratura fechada em uma aberta ou aumentar a hemorragia interna.

A respeito dessas asserções, assinale a alternativa CORRETA

Veja também...