Simulado PM SP - História - Soldado da Polícia Militar - 2018

Simulado com 5 questões de História Ensino Médio Banca VUNESP. Teste seus Conhecimentos em Provas Online com Gabarito.

  • 652 Resolveram
  • 45% Acertos
  • 35 Gabaritaram
  • barra ótimo 112 Ótimo
  • barra qtd_bom 152 Bom
  • barra ruim336 Ruim
  • barra péssimo52 Péssimo
  • 1 - Questão 52526.   História - Nível Médio - Soldado da Polícia Militar - Polícia Militar SP - VUNESP - 2018
  • Na Guiné, Moçambique e Angola, os movimentos de libertação sempre fizeram cuidadosa distinção entre o povo português, que os apoiava, e o governo ditatorial que estava tentando esmagá-los. Desde o início, tais movimentos temeram que uma revolução política na África portuguesa ainda pudesse deixá-los na condição de dependência neocolonial de Lisboa e dos interesses econômicos europeus aos quais Lisboa estava ligada e pelos quais às vezes atuava como agente. Por isso, a emergência de ideias “terceiro-mundistas” no seio das forças armadas portuguesas foram observadas com grande interesse pelos movimentos marxistas na África.

    (Maxwell, K. O Império derrotado: revolução e democracia em Portugal. São Paulo: Companhia das Letras, 2006. Adaptado)

    O trecho citado evidencia o fato de que, no contexto da Guerra Fria, havia forte associação entre
  • 2 - Questão 52527.   História - Nível Médio - Soldado da Polícia Militar - Polícia Militar SP - VUNESP - 2018
  • No Brasil pós 1930, a relação entre intelectuais e os valores autoritários que emanavam do Estado não deve ser vista como passiva, com homens letrados e artistas “bem-intencionados” tornando-se vítimas das manipulações de políticos espertalhões. As soluções autoritárias para a “questão nacional” ou para o campo cultural, sobretudo aquelas que envolviam a educação das massas e a imposição de valores nacionalistas às elites regionais, eram compartilhadas por vários intelectuais ideologicamente distintos entre si, como liberais, fascistas, católicos e positivistas.

    (Napolitano, M. História do Brasil República: da queda da Monarquia ao fim do Estado Novo. São Paulo: Contexto, 2016. Adaptado)

    À época, os intelectuais passaram a ver no Estado
  • 3 - Questão 52528.   História - Nível Médio - Soldado da Polícia Militar - Polícia Militar SP - VUNESP - 2018
  • Ainda hoje, as interpretações mais difundidas, embora reconheçam a inequívoca vocação democrática da Constituição de 1946, sublinham suas limitações e sua incidência sobre aquilo que consideram ser a fragilidade da experiência democrática brasileira nesse período.

    (Schwarcz, L. M.; Starling, H. M. Brasil: uma biografia. São Paulo: Companhia das Letras, 2015. Adaptado)

    Entre as limitações citadas no trecho, é correto identificar
  • 4 - Questão 52529.   História - Nível Médio - Soldado da Polícia Militar - Polícia Militar SP - VUNESP - 2018
  • Em agosto de 1969, o Presidente Costa e Silva sofreu grave ataque cardíaco. Seguiu-se uma intensa luta pelo poder, em torno da sucessão. Segundo a Constituição de 1967, então em vigência, o Vice-Presidente Pedro Aleixo deveria suceder imediatamente ao presidente, em caso de morte ou incapacidade deste para os deveres do cargo. Mas Pedro Aleixo opusera-se abertamente ao AI-5, não servindo, portanto, aos propósitos das forças armadas que controlavam o Estado. O Alto Comando das Forças Armadas, dotado de poderes extraordinários, concluiu que “a solução constitucional não era viável”, decidindo que a presidência seria exercida por uma junta pelos ministros do Exército, da Marinha e da Aeronáutica.

    (Alves, M. H. M. Estado e oposição no Brasil:1964-1984. Bauru: Edusc, 2005. Adaptado)

    A crise sucessória de Costa e Silva evidencia
  • 5 - Questão 52530.   História - Nível Médio - Soldado da Polícia Militar - Polícia Militar SP - VUNESP - 2018
  • “O Colégio Eleitoral, agora constituído de forma regular, detém poder político incontestável para cumprir o seu mandato. A campanha para suprimi-lo constitui audaciosa tentativa política para contornar poder legitimamente adquirido nos termos da Constituição vigente. Defender o Colégio Eleitoral contra essa investida intempestiva é um dever que é meu, que é do governo, que é de todos os parlamentares que o apoiam. Cumpre conter a ofensiva desencadeada contra regras do jogo aceitas para eleição do meu sucessor”. Presidente João Figueiredo, em pronunciamento à nação, em 16 de abril de 1984.

    (Rodrigues, A. T O grito preso na garganta.São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo, 2003. Adaptado)

    Em seu pronunciamento, Figueiredo critica

Para corrigir este simulado é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples e rápido!

Comentários sobre "Simulado PM SP - História - Soldado da Polícia Militar - 2018"

    nelio  cardoso
    Por n11n18 em 21/12/2018 às 23:39:21

    bom estou começando agora meus estudos. é muito interessante fazer esse simulados isso mostra o quanto devemos nos preparar para os estudos

    widney barbosa de lima silva
    Por widney1996 em 27/06/2019 às 19:45:46

    Muito bom

Comentar Simulado

Para comentar este simulado é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples e rápido!

Não elaboramos as questões, apenas as transcrevemos de provas já aplicadas em concursos públicos anteriores.