PRF - Direito Constitucional - Policial Rodoviário Federal - 2019

5 Questões - Escolaridade Superior - Direito Constitucional - Policial Rodoviário Federal - PRF - Banca CESPE.

  • Regular
  • 1.119 Resolveram
  • 66% Acertos
  • 163 Gabaritaram
  • barra ótimo 511 Ótimo
  • barra qtd_bom 338 Bom
  • barra ruim262 Regular
  • barra péssimo8 Ruim
  • 1 - Questão 53758 - Direito Constitucional - Nível Superior - Policial Rodoviário Federal - PRF - CESPE - 2019
  • À luz da Constituição Federal de 1988, julgue o item que se segue, a respeito de direitos e garantias fundamentais e da defesa do Estado e das instituições democráticas.

    Em caso de iminente perigo público, autoridade pública competente poderá usar a propriedade particular, desde que assegure a consequente indenização, independentemente da comprovação da existência de dano, que, nesse caso, é presumido.
  • 3 - Questão 53760 - Direito Constitucional - Nível Superior - Policial Rodoviário Federal - PRF - CESPE - 2019
  • À luz da Constituição Federal de 1988, julgue o item que se segue, a respeito de direitos e garantias fundamentais e da defesa do Estado e das instituições democráticas.

    Policial rodoviário federal com mais de dez anos de serviço pode candidatar-se ao cargo de deputado federal, devendo, no caso de ser eleito, passar para inatividade a partir do ato de sua diplomação.
Para resolver este simulado é preciso Cadastrar-se. É simples, rápido e grátis!

Gostou? Compartilhe!

ícone WhatsApp ícone facebook ícone twitter ícone email

Comentários sobre "PRF - Direito Constitucional - Policial Rodoviário Federal - 2019"

    Iago Moreira
    Por iago1509 em 04/04/2019 às 18:41:19

    A questão de número 3 traz uma observação importante, a constituição diz que o "militar" com mais de dez anos de serviço se eleito deverá passar para a inatividade automaticamente, ou seja, sem trabalhar e continuar a receber, no entanto, a questão coloca em pauta a PRF que não é militarizada, apesar de ser uma polícia ostensiva, dessa forma, questão errada.

Comentar Simulado

Para comentar este simulado é preciso Cadastrar-se. É simples, rápido e grátis!