Simulado Polícia Federal - Direito Administrativo - Agente de Polícia Federal - 2018

Resolva 4 questões de Ensino Superior CESPE. Simulado Polícia Federal - Direito Administrativo - Agente de Polícia Federal - 2018. Provas Online com Gabarito.

Por Matheus Fernandes em 07/04/2019
  • 26 Gabaritaram
  • Regular
  • 158 Resolveram
  • barra ótimo 26 Ótimo
  • barra qtd_bom 108 Bom
  • barra ruim20 Ruim
  • barra péssimo4 Péssimo
  • 1 - Questão 53862.   Direito Administrativo - Nível Superior - Agente de Polícia Federal - Polícia Federal - CESPE - 2018
  • Acerca da organização da administração pública brasileira, julgue o item subsequente.

    Sob a perspectiva do critério formal adotado pelo Brasil, somente é administração pública aquilo determinado como tal pelo ordenamento jurídico brasileiro, independentemente da atividade exercida. Assim, a administração pública é composta exclusivamente pelos órgãos integrantes da administração direta e pelas entidades da administração indireta.
  • 3 - Questão 53864.   Direito Administrativo - Nível Superior - Agente de Polícia Federal - Polícia Federal - CESPE - 2018
  • A administração pública, além de estar sujeita ao controle dos Poderes Legislativo e Judiciário, exerce controle sobre seus próprios atos. Tendo como referência inicial essas informações, julgue o item a seguir, acerca do controle da administração pública.

    O poder de autotutela tem fundamento, preponderantemente, nos princípios da legalidade e da preponderância do interesse público e pode ser exercido de ofício quando a autoridade competente verificar ilegalidade em ato da própria administração.
  • 4 - Questão 53865.   Direito Administrativo - Nível Superior - Agente de Polícia Federal - Polícia Federal - CESPE - 2018
  • A administração pública, além de estar sujeita ao controle dos Poderes Legislativo e Judiciário, exerce controle sobre seus próprios atos. Tendo como referência inicial essas informações, julgue o item a seguir, acerca do controle da administração pública.

    O Poder Judiciário tem competência para apreciar o mérito dos atos discricionários exarados pela administração pública, devendo, no entanto, restringir-se à análise da legalidade desses atos.

Comentar Simulado

Para comentar este simulado é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples e rápido!

Não elaboramos as questões, apenas as transcrevemos de provas já aplicadas em concursos públicos anteriores.