Simulado Polícia Federal - Direito Processual Penal - Agente de Polícia Federal - 2018

Simulado com 3 questões de Direito Processual Penal Ensino Superior Banca CESPE. Teste seus Conhecimentos em Provas Online com Gabarito.

  • 387 Resolveram
  • 60% Acertos
  • 82 Gabaritaram
  • barra ótimo 82 Ótimo
  • barra qtd_bom 164 Bom
  • barra ruim126 Ruim
  • barra péssimo15 Péssimo
  • 1 - Questão 53876.   Direito Processual Penal - Nível Superior - Agente de Polícia Federal - Polícia Federal - CESPE - 2018
  •     Depois de adquirir um revólver calibre 38, que sabia ser produto de crime, José passou a portá-lo municiado, sem autorização e em desacordo com determinação legal. O comportamento suspeito de José levou-o a ser abordado em operação policial de rotina. Sem a autorização de porte de arma de fogo, José foi conduzido à delegacia, onde foi instaurado inquérito policial.
    Tendo como referência essa situação hipotética, julgue o item seguinte.

    O inquérito instaurado contra José é procedimento de natureza administrativa, cuja finalidade é obter informações a respeito da autoria e da materialidade do delito.
  • 2 - Questão 53877.   Direito Processual Penal - Nível Superior - Agente de Polícia Federal - Polícia Federal - CESPE - 2018
  •     Depois de adquirir um revólver calibre 38, que sabia ser produto de crime, José passou a portá-lo municiado, sem autorização e em desacordo com determinação legal. O comportamento suspeito de José levou-o a ser abordado em operação policial de rotina. Sem a autorização de porte de arma de fogo, José foi conduzido à delegacia, onde foi instaurado inquérito policial.
    Tendo como referência essa situação hipotética, julgue o item seguinte.

    Caso declarações de José sejam divergentes de declarações de testemunhas da receptação praticada, poderá ser realizada a acareação, que é uma medida cabível exclusivamente na fase investigatória.
  • 3 - Questão 53878.   Direito Processual Penal - Nível Superior - Agente de Polícia Federal - Polícia Federal - CESPE - 2018
  •     Depois de adquirir um revólver calibre 38, que sabia ser produto de crime, José passou a portá-lo municiado, sem autorização e em desacordo com determinação legal. O comportamento suspeito de José levou-o a ser abordado em operação policial de rotina. Sem a autorização de porte de arma de fogo, José foi conduzido à delegacia, onde foi instaurado inquérito policial.
    Tendo como referência essa situação hipotética, julgue o item seguinte.

    Os agentes de polícia podem decidir, discricionariamente, acerca da conveniência ou não de efetivar a prisão em flagrante de José.

Para corrigir este simulado é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples e rápido!

Comentar Simulado

Para comentar este simulado é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples e rápido!

Não elaboramos as questões, apenas as transcrevemos de provas já aplicadas em concursos públicos anteriores.