Concepções de Educação Infantil - Exercícios com Gabarito

Responda as 10 questões abaixo (Concepções de Educação Infantil - Exercícios com Gabarito). Ao terminar, clique no botão para ver sua nota e o gabarito. Boa prova!

10 questões Pedagogia, Concepções de Educação Infantil, Médio

305 resolveram
40% média
Difícil
2 gabaritaram
10 Ótimo
114 Bom
148 Regular
33 Péssimo
Pensar a educação de crianças pequenas exige compreender que:
De acordo com os avanços legais e epistemológicos, as ações de cuidado e educação de crianças pequenas na escola da infância:
Sobre as finalidades e objetivos da Educação Infantil, é correto afirmar.
Sobre a concepção de infância, ao longo da história da educação, é correto afirmar que
De acordo com Oliveira (2002), a organização do conteúdo pelas escolas de Educação Infantil, coerente com uma pedagogia transformadora, tende, atualmente, a dar ênfase ao
0 debate na educação infantil centra-se, atualmente, na autonomia de cada creche e pré-escola para elaborar e desenvolver seu projeto pedagógico e na necessidade de que esse projeto se comprometa com padrões de qualidade propostos para a educação infantil.

Conforme Oliveira (2002), o grande risco de uma proposta pedagógica para a educação infantil é que
O documento “Práticas cotidianas na educação infantil - bases para a reflexão sobre as orientações curriculares” tem como objetivo central:
A definição dos objetivos em termos de capacidades — e não de comportamentos — visa ampliar a possibilidade de concretização das intenções educativas, uma vez que as capacidades se expressam por meio de diversos comportamentos e as aprendizagens que convergem para ela podem ser de naturezas diversas.

A capacidade de desenvolvimento das crianças, associada à possibilidade de construção de valores que norteiam a ação das crianças, é a:
A prática educativa direcionada para os diferentes grupos — crianças, jovens e adultos — exige a adoção de
A zona de desenvolvimento proximal é um domínio psicológico em constante transformação: aquilo que a criança é capaz de fazer com a ajuda de alguém hoje, ela conseguirá fazer sozinha amanhã.

O conceito precedente foi desenvolvido pelo teórico sócio-interacionista