Cuidador - Pedagogia - SEDUC RO

Responda as 14 questões abaixo (Cuidador - Pedagogia - SEDUC RO). Ao terminar, clique no botão para ver sua nota e o gabarito. Boa prova!

14 questões Pedagogia, Cuidador, SEDUC RO, IBADE, Médio

92 resolveram
37% média
Difícil
1 gabaritaram
1 Ótimo
22 Bom
57 Regular
12 Péssimo
A educação inclusiva constitui um paradigma educacional fundamentado na concepção de direitos humanos, que avança em relação à ideia de equidade formal ao contextualizar a produção da exclusão dentro e fora da escola e que tem como valores inseparáveis:
A educação especial organizada de forma paralela à educação comum era assim ofertada por ser considerada a mais apropriada para a aprendizagem dos alunos que apresentavam deficiência, problemas de saúde, ou qualquer inadequação com relação à estrutura organizada pelos sistemas de ensino. Essa concepção exerceu impacto duradouro na história da educação especial, resultando em práticas que enfatizavam os aspectos relacionados à deficiência, em contraposição à dimensão:
O papel do cuidador ultrapassa o simples acompanhamento das atividades diárias dos indivíduos, sejam eles saudáveis enfermos e/ou acamados, em situação de risco ou fragilidade, seja nos domicílios e/ou em qualquer tipo de instituições na qual necessite de atenção ou:
A parceria entre os profissionais e os cuidadores deverá possibilitar a sistematização das tarefas, privilegiando-se aquelas relacionadas à situação de conforto da pessoa cuidada, à promoção da saúde, à prevenção de íncapacídades e à manutenção da:
Alunos com deficiência e os demais, que são público-alvo da Educação Especial e que estão incluídos em escola regular, precisam ser atendidos nas suas especificidades, para que possam participar, ativamente do(a):
O conceito da inclusão é definido como um sistema educacional modificado, organizado e estruturado para atender às necessidades específicas, interesses e habilidades de cada aluno. Requer uma ação mediadora nas inter-relações entre a criança, professores e seus familiares, um currículo que contemple a criança em desenvolvimento, atendendo às suas especificídades no contexto de convivência, e uma prática pedagógica:
É uma área de conhecimento que engloba recursos e serviços técnicos e tecnológicos, voltados a proporcionar ou ampliar habilidades funcionais de uma pessoa com deficiência ou com incapacidades advindas do envelhecimento. Assinale a alternativa relativa a este conceito.
O ato de cuidar é complexo. O cuidador deve compreender que a pessoa cuidada tem reações e comportamentos que podem dificultar o cuidado. É importante que o cuidador perceba as reações e os sentimentos que muitas vezes afloram, para que possa cuidar da pessoa da melhor maneira possível. Desta forma, pode-se afirmar que o estresse pessoal e emocional é grande, sendo necessário planejar maneiras de convivência para que o cuidador mantenha sua integridade:
A Inclusão Social não é um processo que envolva somente um lado, envolve ações junto à pessoa com necessidades educacionais especiais e ações junto à sociedade, sendo um processo:
Na Educação Infantil, o Atendimento Educacional Especializado objetiva otimizar o processo de desenvolvimento e aprendizagem, em interface com os serviços de saúde e assistência social, expressando-se por meio de serviços de:
É fundamental considerar e valorizar o saber de todos os profissionais da educação no processo de inclusão. A partir de um trabalho transdisciplinar com uma equipe permanente de apoio, deve-se pensar na importância da formação do professor, que perpassa sua prática com os alunos e, de todos os envolvidos com o sistema de aprendizagem. Entende-se a formação desses profissionais como um processo:
O aluno com deficiência mental tem dificuldade de construir conhecimento como os demais e de demonstrar a sua capacidade cognitiva , principalmente nas escolas que mantêm um modelo conservador de atuação e uma gestão:
O Atendimento Educacional Especializado garante a inclusão escolar de alunos com deficiência, na medida em que lhes oferece o aprendizado de conhecimentos, técnicas, utilização de recursos informatizados, enfim tudo que difere dos currículos acadêmicos que ele aprenderá nas salas de aula das escolas comuns. Ele é necessário, e mesmo imprescindível, para que estas diferenças sejam ultrapassadas, entendendo-se que esse atendimento não é facilitado, mas facilitador, não é adaptado, mas permite ao aluno adaptar-se às exigências do ensino comum. Portanto, não é substitutivo, e sim:
Para a pessoa com deficiência mental, a acessibilidade não depende de suportes externos ao sujeito, mas tem a ver com o acesso e apropriação ativa do próprio saber, com a saída de uma posição automatizada, passiva, diante da aprendizagem para o acesso e apropriação:

Veja também...