Exercícios sobre Planejamento Familiar com Gabarito

Responda as 10 questões abaixo (Exercícios sobre Planejamento Familiar com Gabarito). Ao terminar, clique no botão para ver sua nota e o gabarito. Boa prova!

10 questões Enfermagem, Planejamento Familiar, CESPE, Médio

33 resolveram
60% média
Regular
0 gabaritaram
7 Ótimo
19 Bom
7 Regular
0 Péssimo
Acerca de recomendações de acolhimento em ginecologia e obstetrícia no âmbito do SUS, julgue o item a seguir.

Inclui-se na estratégia Rede Cegonha do SUS a atenção a crianças de até vinte e quatro meses de idade.
Acerca de recomendações de acolhimento em ginecologia e obstetrícia no âmbito do SUS, julgue o item a seguir.

Uma recomendação para o acolhimento da usuária e de seus familiares na porta de entrada de um hospital geral dotado de maternidade é que se construa um fluxo de entrada dirigido especificamente para a maternidade.
A atenção em saúde reprodutiva é uma ação básica de saúde e deve levar em consideração o contexto de vida de cada pessoa, e o direito de todos poderem tomar decisões sobre a reprodução sem discriminação, coerção ou violência. Considerando esse assunto, julgue o próximo item, relativo ao planejamento reprodutivo.

O termo planejamento reprodutivo pode ser substituído pela expressão controle de natalidade, uma vez que ambos preveem o respeito e a garantia dos direitos sexuais e reprodutivos das mulheres.
A atenção em saúde reprodutiva é uma ação básica de saúde e deve levar em consideração o contexto de vida de cada pessoa, e o direito de todos poderem tomar decisões sobre a reprodução sem discriminação, coerção ou violência. Considerando esse assunto, julgue o próximo item, relativo ao planejamento reprodutivo.

O DIU de cobre pode ser inserido até 48 h após o parto ou após a quarta semana pós-parto. Segundo o disposto nas resoluções do Conselho Federal de Enfermagem, o enfermeiro, após treinamento específico, estará apto a realizar a consulta clínica, prescrever e inserir o DIU.
A atenção em saúde reprodutiva é uma ação básica de saúde e deve levar em consideração o contexto de vida de cada pessoa, e o direito de todos poderem tomar decisões sobre a reprodução sem discriminação, coerção ou violência. Considerando esse assunto, julgue o próximo item, relativo ao planejamento reprodutivo.

O anticoncepcional oral combinado não deve ser indicado para mulheres infectadas com o HIV que tenham AIDS ou estejam em terapia antirretroviral.
A atenção em saúde reprodutiva é uma ação básica de saúde e deve levar em consideração o contexto de vida de cada pessoa, e o direito de todos poderem tomar decisões sobre a reprodução sem discriminação, coerção ou violência. Considerando esse assunto, julgue o próximo item, relativo ao planejamento reprodutivo.

O uso de anticoncepcional injetável trimestral pode ser iniciado a qualquer momento no pós-parto, desde que a mulher não esteja grávida e esteja amamentando de forma exclusiva ou parcialmente e que a menstruação não tenha retornado. No caso da opção por essa forma de contracepção, é recomendado o uso de algum método contraceptivo de apoio por sete dias.
Acerca de saúde reprodutiva da mulher, julgue o item seguinte.

Uma mulher que utiliza o anticoncepcional oral como método de contracepção deve ser orientada, caso se esqueça de tomar uma pílula, a tomá-la assim que se lembrar de fazê-lo e a continuar o uso do anticoncepcional como de costume.
Julgue os próximos itens, relativos à enfermagem na saúde da mulher.

A amamentação contribui para o aumento do intervalo entre partos, previne a osteoporose nas mulheres e diminui a incidência de icterícia e alergias nas crianças.
Considerando os métodos de planejamento familiar, tanto os voltados para a concepção de filhos quanto os voltados para a prevenção da gravidez, julgue os próximos itens.

A reprodução assistida não se inclui na programação de planejamento familiar proposta pelo Ministério da Saúde.
Considerando os métodos de planejamento familiar, tanto os voltados para a concepção de filhos quanto os voltados para a prevenção da gravidez, julgue os próximos itens.

Entre os efeitos colaterais da injeção hormonal como método contraceptivo, incluem-se: enjoo, vômitos, sangramento ou marca de sangue entre menstruações, ausência de menstruação, aumento de peso, dor de cabeça leve, dor nas mamas, tonteira e mudança de humor.