Exercícios sobre Influenza e Influenza (H1N1) com Gabarito

Responda as 10 questões abaixo (Exercícios sobre Influenza e Influenza (H1N1) com Gabarito). Ao terminar, clique no botão para ver sua nota e o gabarito. Boa prova!

10 questões Enfermagem, Influenza e Influenza H1N1, Médio

61 resolveram
50% média
Difícil
1 gabaritaram
11 Ótimo
25 Bom
17 Regular
8 Péssimo
Mulher com 35 anos de idade, portadora de lúpus eritematoso sistêmico em tratamento com corticoide, é atendida em uma UPA. Tem histórico de febre (38,5° C) há 4 dias, tosse, mialgia, mal-estar geral e inapetência. Diante do quadro clínico da paciente, o médico prescreve hidratação venosa e medicação sintomática. Além disso, solicita um raio-x de tórax, exames laboratoriais e coleta de swab de orofaringe e nasofaringe, devido à situação epidemiológica atual de influenza sazonal no município.

De acordo com o caso descrito, a paciente é considerada 
Mulher com 35 anos de idade, portadora de lúpus eritematoso sistêmico em tratamento com corticoide, é atendida em uma UPA. Tem histórico de febre (38,5° C) há 4 dias, tosse, mialgia, mal-estar geral e inapetência. Diante do quadro clínico da paciente, o médico prescreve hidratação venosa e medicação sintomática. Além disso, solicita um raio-x de tórax, exames laboratoriais e coleta de swab de orofaringe e nasofaringe, devido à situação epidemiológica atual de influenza sazonal no município.

Considerando as medidas de precaução já instituídas, no caso da coleta de secreção de orofaringe e nasofaringe, pelo risco inerente a esse procedimento, o profissional que for realizar essa coleta deverá usar
Mulher com 35 anos de idade, portadora de lúpus eritematoso sistêmico em tratamento com corticoide, é atendida em uma UPA. Tem histórico de febre (38,5° C) há 4 dias, tosse, mialgia, mal-estar geral e inapetência. Diante do quadro clínico da paciente, o médico prescreve hidratação venosa e medicação sintomática. Além disso, solicita um raio-x de tórax, exames laboratoriais e coleta de swab de orofaringe e nasofaringe, devido à situação epidemiológica atual de influenza sazonal no município.

Caso a paciente desenvolva a SRAG pelo vírus influenza e haja indicação de internamento, ela deverá ser internada em
Mulher com 35 anos de idade, portadora de lúpus eritematoso sistêmico em tratamento com corticoide, é atendida em uma UPA. Tem histórico de febre (38,5° C) há 4 dias, tosse, mialgia, mal-estar geral e inapetência. Diante do quadro clínico da paciente, o médico prescreve hidratação venosa e medicação sintomática. Além disso, solicita um raio-x de tórax, exames laboratoriais e coleta de swab de orofaringe e nasofaringe, devido à situação epidemiológica atual de influenza sazonal no município.

Na assistência a casos suspeitos e confirmados de infecção pelo vírus influenza nos serviços de saúde e nos casos de procedimentos sem risco de geração de aerossol, recomenda-se que sejam instituídas medidas de precaução
Bactéria gram-negativa classificada em seis sorotipos, encontrada nas vias respiratórias de forma saprófita e que pode causar infecções assintomáticas ou doenças não invasivas, tais como bronquite, sinusite e otite, tanto em crianças quanto em adultos. É um dos principais agentes bacterianos causadores de meningites. Essa definição refere-se ao seguinte agente etiológico:
Alguns imunobiológicos são utilizados a partir de indicação médica em situações especiais e para grupos específicos, estando disponíveis nos Centros de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIE). Dentre estes imunobiológicos, pode-se citar a vacina:
O vírus da influenza é transmitido por contato direto, principalmente por meio de gotículas respiratórias, e por contato indireto, através das mãos, objetos ou superfícies contaminadas. Entre as medidas que devem ser observadas para evitar a disseminação de influenza, destacam-se, entre outras, a etiqueta respiratória que inclui:
Para evitar a transmissão da influenza, a pessoa com essa doença deve, entre outras medidas,
As principais características do processo de transmissão da Influenza Pandêmica (Vírus HInI) são:
A Influenza é uma infecção viral aguda do sistema respiratório, de alta transmissibilidade. Um indivíduo pode contraí-la várias vezes ao longo da vida e geralmente, tem evolução autolimitada, podendo, contudo, apresentar-se de forma grave.

Assinale a alternativa que NÃO apresenta uma medida que evita a transmissão dessa doença.

Veja também...