Simulado Exercícios sobre Ginecologia e Obstetrícia com Gabarito - Medicina

Simulado com 10 Questões de Medicina (Ginecologia e Obstetrícia). Prova com Exercícios de Ensino Superior com Gabarito.

  • 9 Resolveram
  • 46% Acertos
  • 0 Gabaritaram
  • barra ótimo 2 Ótimo
  • barra qtd_bom 2 Bom
  • barra ruim4 Regular
  • barra péssimo1 Ruim

Para corrigir este simulado é preciso Cadastrar-se. É simples, rápido e grátis!

  • 1 - Q60221.   Medicina - Ginecologia e Obstetrícia - Nível Superior
  • Mulher, 38 anos, apresenta corrimento fluido com odor fétido, associado à disúria intensa. Exame físico: observam-se vagina e colo hiperemiados, colpite macular e conteúdo vaginal aumentado e bolhoso.

    O tratamento correto deve ser feito com
  • 2 - Q60222.   Medicina - Ginecologia e Obstetrícia - Nível Superior
  • A vacina para mulheres grávidas é essencial para prevenir doenças para si e para o bebê. As vacinas indicadas para essa fase da vida da mulher são contra
  • 3 - Q60223.   Medicina - Ginecologia e Obstetrícia - Nível Superior
  • Mulher de 18 anos de idade, assintomática, sem antecedentes pessoais ou familiares relevantes, relata que tomou a série completa de vacinas quadrivalentes para o papilomavírus humano (HPV) e retorna para mostrar o exame de Papanicolau realizado no último mês, que foi normal. Nega ter feito o Papanicolau outras vezes. Com relação à prevenção de câncer cervical, a recomendação correta é solicitar
  • 4 - Q60224.   Medicina - Ginecologia e Obstetrícia - Nível Superior
  • Homem, 31 anos, apresenta úlcera genital com 15 dias de evolução. Relata relações sexuais recentes sem preservativos. Nega história de lesões vesiculosas, que também não foram observadas no exame físico.
    Considerando que não estão disponíveis bacterioscopia ou exame de sangue, assinale a alternativa que apresenta a conduta terapêutica correta nesse caso
  • 5 - Q60225.   Medicina - Ginecologia e Obstetrícia - Nível Superior
  • M.C.V. que é paciente com doença renal crônica, estágio III, apresentou diagnóstico de HIV na primeira gestação dela. Foi, então, iniciada a terapia antirretroviral no início da gestação, e a carga viral do terceiro trimestre foi indetectável.

    A respeito desse caso clínico, e com base nos conhecimentos médicos correlatos, assinale a alternativa correta.
  • 6 - Q60226.   Medicina - Ginecologia e Obstetrícia - Nível Superior
  • Determinada paciente, atualmente com 42 anos de idade, ainda apresenta-se na menacme e voltou a ter vida sexual ativa recentemente. Busca orientação para contracepção, pois possui diversas comorbidades. É tabagista, com consumo de 40 cigarros por dia, tem histórico de um episódio de TVP há 12 anos, tem HAS e DM bem controladas e epilepsia controlada com fenitoína.

    Com relação a esse caso clínico, a melhor opção de anticoncepção seria
  • 7 - Q60227.   Medicina - Ginecologia e Obstetrícia - Nível Superior
  • Suponha que uma paciente de 18 anos de idade, nuligesta, ativa sexualmente, realiza coleta de citopatologia de colo uterino rotineira, cujo resultado apresenta células com corpúsculos de inclusão intranucleares. De acordo com esse resultado, deve-se suspeitar de
  • 8 - Q60228.   Medicina - Ginecologia e Obstetrícia - Nível Superior
  • Certa paciente de 25 anos de idade, obesa, com diagnóstico de síndrome dos ovários policísticos, encontra-se em acompanhamento ambulatorial por desejo de gestar. Com relação à melhor estratégia para indução da ovulação dessa paciente, assinale a alternativa correta.
  • 9 - Q60229.   Medicina - Ginecologia e Obstetrícia - Nível Superior
  • Determinada paciente de 18 anos de idade estava dirigindo-se à faculdade quando foi abordada por dois homens desconhecidos que a arrastaram para uma construção abandonada e forçaram-na a manter relações sexuais com eles, havendo penetração vaginal e anal sem uso de preservativo. A paciente procurou imediatamente auxílio médico, com várias escoriações no corpo, equimoses em tronco e períneo, sangramento e lacerações vaginais.

    Considerando o Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas (PCDT) de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) do Ministério da Saúde (2015), para a profilaxia das IST não virais nessa paciente, deve-se indicar, como primeiras escolhas, penicilina G benzatina,
  • 10 - Q60230.   Medicina - Ginecologia e Obstetrícia - Nível Superior
  • Uma paciente de 18 anos de idade comparece a consulta médica por queixa de lesões vulvares. Refere histórico de múltiplos parceiros sexuais, sem uso de preservativo. Ao exame físico, apresenta lesões condilomatosas em vulva, vagina e região perianal.

    A respeito desse caso clínico, assinale a alternativa que indica os subtipos virais mais prováveis de serem causadores dessas lesões.

Comentar Simulado

Para comentar este simulado é preciso Cadastrar-se. É simples, rápido e grátis!