Simulado: Exercícios sobre Sepse Grave e Choque Séptico com Gabarito

10 questões | Medicina, Sepse Grave e Choque Séptico, Ensino Superior | Comentar (0)

Responda as 10 questões do simulado abaixo (Exercícios sobre Sepse Grave e Choque Séptico com Gabarito). Ao terminar a prova, clique em corrigir para ver o gabarito.

119 resolveram
38% acertos
Difícil
0 gabaritaram
11 ótimo
24 bom
67 regular
17 péssimo
Dados estatísticos de usuários que resolveram este simulado.

1 Questão 60282 | Medicina, Sepse Grave e Choque Séptico, Ensino Superior

Considere três pacientes com quadro de sepse e as seguintes hemoculturas:

I. Staphylococcus aureus resistente a oxacilina.
II. Escherichia coli produtora de ESBL.
III. Pseudomonas aeroginosa resistente a carbapenêmicos.

Polimixina, meropenem e teicoplanina são indicados, respectivamente, para

2 Questão 60283 | Medicina, Sepse Grave e Choque Séptico, Ensino Superior

São Sinais de Choque

3 Questão 60284 | Medicina, Sepse Grave e Choque Séptico, Ensino Superior

O choque ou colapso cardiovascular é a via comum final de uma série de eventos clínicos potencialmente letais, incluindo hemorragia, traumatismo ou queimaduras extensas, infarto miocárdico, embolia pulmonar maciça, ou sepse microbiana. O choque pode ser agrupado em três categorias gerais, as quais são:

4 Questão 60285 | Medicina, Sepse Grave e Choque Séptico, Ensino Superior

Usuário de drogas é hospitalizado com quadro de sepse com febre, prostração, dispneia e novo sopro cardíaco de regurgitação valvar.

O tratamento empírico mais adequado nesse caso será:

5 Questão 60286 | Medicina, Sepse Grave e Choque Séptico, Ensino Superior

A sepse é uma das principais causas de óbito no ambiente hospitalar e o seu manejo tem sido extensivamente discutido e pesquisado. Dentre as medidas iniciais no manejo da sepse grave, assinale a alternativa que apresenta somente as opções que comprovadamente aumentam a chance de sobrevida do paciente.

6 Questão 60287 | Medicina, Sepse Grave e Choque Séptico, Ensino Superior

A sepse é considerada uma síndrome, tamanha sua complexidade, e a sua correta classificação é de extrema importância para a elaboração de um plano terapêutico adequado. Assinale a alternativa que apresenta um caso de sepse grave.

7 Questão 60288 | Medicina, Sepse Grave e Choque Séptico, Ensino Superior

O tratamento da sepse e da sepse grave tem sido amplamente discutido, visto os altos índices de mortalidade que ainda persistem, mesmo com a implantação de estratégias dirigidas (Early Goal Directed Therapy). Os resultados obtidos por Rivers (2001) têm sido cada vez mais questionados, principalmente algumas medidas terapêuticas como a monitorização da pressão venosa central e o uso da dobutamina. Sobre o tratamento da sepse e da sepse grave, assinale a alternativa correta.

8 Questão 60289 | Medicina, Sepse Grave e Choque Séptico, Ensino Superior

Mulher de 45 anos, internada na UTI com quadro de choque séptico de foco urinário, encontra-se intubada sob ventilação mecânica, com fração inspirada de O2 de 0,5. Sua gasometria arterial é a seguinte: pH:7,32; pCO2: 47,8; pO2: 96,8; SatO2: 96%; HCO3: 22,1. Sobre o caso descrito, assinale a alternativa que apresenta o distúrbio ácido base primário e a conduta mais adequada.

9 Questão 60290 | Medicina, Sepse Grave e Choque Séptico, Ensino Superior

Sobre o conceito de sepse e de sepse grave, assinale a alternativa correta.

10 Questão 60291 | Medicina, Sepse Grave e Choque Séptico, Ensino Superior

Paciente jovem, com quadro de início há 72 horas de febre alta, desorientação, desconforto precordial e surgimento de petéquias subungueais, procura atendimento hospitalar. Durante exame clínico observa-se PA=85x42mmHg; FC=126bpm regular; FR=36irpm e Tax=41ºC com presença de petéquias subconjuntivais, estertores finos bibasais e sopro sistólico tipo ejetivo. Definida a internação hospitalar e iniciada hidratação venosa, observa-se melhora dos níveis tensionais, com PA=125x85mmHg. Os exames laboratoriais revelam leucocitose com desvio até metamielócitos, VHS elevado, aumento da proteína C reativa e das transaminases. Gasometria arterial da admissão com acidose metabólica, regularizada após hidratação venosa. No segundo dia de internação, a hemocultura mostra crescimento bacteriano. Diante desse quadro, pode-se classificar esse paciente como tendo:

Deixe seu comentário (0)

Seja o primeiro a comentar!