Farmacêutico - Análises Clínicas - EsSEx

Responda as 16 questões abaixo (Farmacêutico - Análises Clínicas - EsSEx). Ao terminar, clique no botão para ver sua nota e o gabarito. Boa prova!

16 questões Farmácia, Análises Clínicas, Farmacêutico, EsSEx, EB, Superior

26 resolveram
39% média
Difícil
0 gabaritaram
2 Ótimo
4 Bom
14 Regular
6 Péssimo
Segundo KATZUNG, B. G. et al. (2017), a malária é a mais importante doença parasitária dos seres humanos, acometendo centenas de milhões de pessoas por ano. Quatro espécies de plasmódio comumente causam a malária humana e embora todas espécies possam causar doença significativa, o P. falciparum é o responsável pela maioria das complicações graves e mortes. Diversas classes de fármacos antimaláricos estão disponíveis atualmente. Em relação a estes fármacos, leia as afirmativas abaixo e assinale a alternativa correta:

I- A cloroquina permanece sendo o medicamento preferencial para tratamento do P. falciparum sensível e de outras espécies de malária humana.
II- A cloroquina é contraindicada em pacientes com psoríase ou porfiria embora seja considerada segura na gravidez e para crianças pequenas.
III- As doses terapêuticas de primaquina comumente causam um conjunto de sintomas chamado cinchonismo que compreende zumbido, cefaleia, náuseas, tontura, rubor e distúrbios visuais.
IV- A febre hemoglobinúrica é uma doença grave e rara que inclui hemólise acentuada e hemoglobinúria em cenário de terapia com quinina para malária.
V- A mefloquina é ativa contra os estágios hepáticos de todos os parasitas da malária humana, constituindo o único agente disponível ativo contra os estágios hipnozoítos latentes do P. vivax e P. ovale.
De acordo com McPHERSON, R. A. et al. (2012), o eritrócito atua como veículo de transporte da hemoglobina, sendo também metabolicamente capaz de manter a hemoglobina em estado funcional. Em cada molécula de hemoglobina, há um grupo heme inserido em uma bolsa hidrofóbica de uma cadeia polipeptídica dobrada. Com base em seus conhecimentos sobre a hemoglobina, marque abaixo a alternativa correta:
Segundo McPHERSON, R. A. et al. (2012), a urina normal apresenta um leve odor aromático de origem desconhecida. Amostras com extensivo supercrescimento bacteriano podem ser reconhecidas pelo odor amoniacal e fétido. A ingestão de aspargos também confere um odor distintivo à urina. Assim, sabendo-se que alguns distúrbios de aminoácidos conferem à urina odores característicos, marque a alternativa abaixo que apresenta o distúrbio de aminoácido que confere à urina odor de repolho ou lúpulo.
Segundo KATZUNG, B. G. et al. (2017), a avaliação da eficácia de antissépticos, desinfetantes e esterilizantes, embora aparentemente simples em princípio, é muito complexa. Em qualquer avaliação devem ser considerados diversos fatores como: resistência intrínseca do microrganismo, quantidade de microrganismos existentes, quantidade de material orgânico presente, dentre outros. Assim, com base em seus conhecimentos sobre antissépticos, desinfetantes e esterilizantes, avalie as afirmativas abaixo e marque a alternativa correta:

I- O etanol e o álcool isopropílico não são utilizados como esterilizantes porque não são esporicidas, não penetram em material orgânico contendo proteína, podem não ser ativos contra vírus hidrofílicos e carecem de ação residual, pois evaporam por completo.
II- A clorexidina é ativa em pH 7,5 a 8,0 e não deve ser empregada durante cirurgia na orelha média porque provoca surdez neurossensorial.
III- Os desinfetantes fenólicos não são recomendados para uso em berçários, sobretudo na proximidade de lactentes, porque sua utilização foi associada à hiperbilirrubinemia.
IV- O formaldeído e glutaraldeído são usados para desinfecção ou esterilização de instrumentos, como endoscópios de fibra óptica, equipamentos de terapia respiratória, hemodialisadores e instrumentais dentários que não suportam exposição às temperaturas altas da esterilização por vapor.
V- Os compostos fenólicos rompem as membranas e paredes celulares, precipitam proteínas e inativam enzimas. São bactericidas, fungicidas e esporicidas.
Segundo McPHERSON, R. A. et al. (2012), uma ampla variedade de espécies bacterianas pode ser encontrada em amostras clínicas. Considerando seus conhecimentos sobre a bacteriologia clínica, marque abaixo a alternativa correta:
Segundo McPHERSON, R. A. et al. (2012), a hemostasia normal e a trombose envolvem inúmeros fatores, que incluem plaquetas, granulócitos e monócitos, bem como coagulação (formação do coágulo) e sistemas fibrinolítico (lise do coágulo) e de proteínas anticoagulantes (regulador). Cada um dos três sistemas de proteína equilibra as atividades do outro. Vários testes de triagem são usados no laboratório clínico para um paciente com um problema hemorrágico, no intuito de classificar e diagnosticar a base do distúrbio. "Hemostasia primária” refere-se à reatividade plaquetária no local da lesão vascular, sendo a contagem de plaquetas um exemplo de ensaio de triagem para hemostasia primária. Quanto aos ensaios para a “hemostasia secundária”, ou seja, a coagulação do plasma, analise as alternativas abaixo e assinale a opção incorreta.

Segundo WILLIAMSON, M. A. et al., o Fator Reumatoide auxilia no diagnóstico de Artrite Reumatoide, particularmente quando o diagnóstico clínico é difícil. Em relação ao Fator Reumatoide, marque abaixo a alternativa incorreta:
Segundo McPHERSON, R. A. et al. (2012), como o infarto agudo do miocárdio (IAM) exige um diagnóstico rápido e acurado, especialmente agora que existem novas opções terapêuticas com agentes trombolíticos, o laboratório clínico tem sido requisitado para fornecer exames séricos que possibilitem o diagnóstico em um estágio inicial. Sobre as provas de função cardíaca, marque abaixo a alternativa incorreta:
Segundo McPHERSON, R. A. et al. (2012), os carboidratos são os principais constituintes dos sistemas fisiológicos. Sobre o metabolismo de carboidratos no organismo humano, marque abaixo a alternativa incorreta:
Segundo McPHERSON, R. A. et al. (2012), a cavidade pleural é um espaço em potencial revestido pelo mesotélio da pleura visceral e parietal. A cavidade pleural normalmente contém uma pequena quantidade de líquido que facilita a movimentação das duas membranas uma contra a outra. Esse líquido é um filtrado de plasma derivado dos capilares da pleura parietal. É produzido continuamente a uma taxa dependente da pressão hidrostática capilar, pressão oncótica plasmática e permeabilidade capilar. O líquido pleural é reabsorvido pelos vasos linfáticos e vênulas da pleura visceral. Considerando seus conhecimentos sobre o líquido pleural, assinale abaixo a alternativa incorreta:
Segundo WILLIAMSON, M. A. et al., os exames laboratoriais são parte integrante da medicina moderna, sendo importantes na tomada de decisão por médicos, enfermeiros e outros profissionais de saúde para o manejo geral em casos de doença. O Sistema de Saúde depende cada vez mais de serviços confiáveis dos laboratórios de análises clínicas. Assim sendo, antes que um método seja realizado rotineiramente, é indispensável que os protocolos de avaliação desse método assegurem que o procedimento de medida satisfaça critérios definidos. Para isto são utilizados alguns indicadores. Com base nos seus conhecimentos sobre os exames laboratoriais, leia as afirmativas abaixo e marque a alternativa correta:

I- Quatro indicadores são usados com frequência para determinar a fidedignidade de um exame laboratorial clínico. Dois deles, sensibilidade e especificidade, refletem o desempenho do método de teste no dia a dia do laboratório. Os outros dois, acurácia e precisão, indicam a capacidade do teste de distinguir entre doença e ausência de doença.
II- A sensibilidade é definida como a capacidade do exame de identificar corretamente as pessoas que não têm a doença.
III- A precisão é a capacidade de um exame de apresentar o mesmo resultado quando repetido no mesmo paciente ou na mesma amostra.
IV- A especificidade é definida como a capacidade do exame de identificar corretamente as pessoas que têm a doença.
V- A acurácia é a capacidade de um exame de medir o que afirma medir, e é definida como a proporção de resultados (positivos e negativos) corretos.
Segundo WILLIAMSON, M. A. et al., a ferritina é a proteína de armazenamento celular do ferro, em que 1 nanograma de ferritina por mililitro indica uma reserva de ferro total de 10mg. No exame laboratorial, seus valores encontram-se elevados em algumas situações. Marque a alternativa abaixo que apresenta uma das situações na qual os valores de ferritina se encontram diminuídos:
Segundo McPHERSON, R. A. et al. (2012), em relação à proteinúria de Bence Jones, marque a alternativa incorreta:
De acordo com McPHERSON, R. A. et al. (2012), qual das alternativas abaixo apresenta a seguinte descrição: Glicoproteína constituída por duas subunidades α e β, ligadas de modo monocovalente. A subunidade α possui as mesmas sequências de aminoácidos que os hormônios LH, FSH e GCH. A subunidade β carrega a informação específica para a ligação aos receptores e consequente expressão das atividades hormonais?
Segundo McPHERSON, R. A. et al. (2012), o exame microscópico da urina, somado à análise bioquímica com vareta medidora de nível, auxilia na detecção de processos patológicos renais e do trato urinário. A microscopia possibilita a detecção dos elementos celulares e acelulares da urina que não produzem reações bioquímicas distintas. Para realizar uma avaliação microscópica de urina de forma competente é preciso reconhecer as inúmeras entidades morfológicas existentes como: organismos, células hematopoéticas e epiteliais, cristais e cilindros. Em relação ao exame microscópico de urina, assinale a alternativa incorreta:
Leia as a afirmativas abaixo e marque a alternativa incorreta, segundo o que WILLIAMSON, M. A. et al., afirmam sobre os exames de Tempo de Protrombina (TP) e a Razão Normalizada Internacional (INR):