Simulado: Pregão Decreto nº 3.555 de 2000 - Exercícios com Gabarito

15 questões Direito Administrativo, Pregão Decreto n 3555 de 2000, CESPE, Ensino Superior

Responda as 15 questões do simulado abaixo (Pregão Decreto nº 3.555 de 2000 - Exercícios com Gabarito). Ao terminar a prova, clique em corrigir para ver o gabarito.

0 resolveram
0% acertos
n/d
0 gabaritaram
0 ótimo
0 bom
0 regular
0 péssimo
Dados estatísticos de usuários que resolveram este simulado.

1Questão 65434. Direito Administrativo, Pregão Decreto n 3555 de 2000, CESPE, Ensino Superior

Um órgão público pretende realizar processo licitatório para a construção de um posto de saúde comunitário, orçado em R$ 350.000. O prazo de execução da obra será de 13 meses.

Tendo como referência esse caso hipotético, julgue o item a seguir, considerando a legislação aplicável à contratação de obras e serviços de engenharia.

O processo licitatório para a referida obra poderá ser feito na modalidade pregão presencial.

2Questão 65435. Direito Administrativo, Pregão Decreto n 3555 de 2000, CESPE, Ensino Superior

Acerca de noções relativas a tributos, julgue o item.

O pedido de impugnação do ato convocatório de determinado pregão eletrônico pode ser requerido por pessoas que não estejam participando do certame.

3Questão 65436. Direito Administrativo, Pregão Decreto n 3555 de 2000, CESPE, Ensino Superior

Julgue  o  item relativos  às  normas  e  aos  sistemas de licitação, compras e contratos da Administração  Pública.

É possível que determinado participante de pregão seja  autorizado a participar da fase de lances, ainda que sua  proposta tenha ficado acima do limite para seleção dos  participantes da referida fase.

4Questão 65437. Direito Administrativo, Pregão Decreto n 3555 de 2000, CESPE, Ensino Superior

Julgue  o  item relativos  às  normas  e  aos  sistemas de licitação, compras e contratos da Administração  Pública.

Se  determinada  compra  for  realizada  por  meio  de  pregão,  o  órgão  licitante  estará  proibido  de  exigir  garantias dos licitantes na apresentação das propostas.

5Questão 65438. Direito Administrativo, Pregão Decreto n 3555 de 2000, CESPE, Ensino Superior

Acerca de noções relativas a tributos, julgue o item.

A critério do pregoeiro, pode‐se exigir dos licitantes o cumprimento das normas técnicas que estabelecem um modelo de gestão da qualidade. 

6Questão 65439. Direito Administrativo, Pregão Decreto n 3555 de 2000, CESPE, Ensino Superior

Acerca de noções relativas a tributos, julgue o item.

Os pregoeiros devem ser designados exclusivamente entre os servidores de órgãos integrantes do Sistema de Serviços Gerais (SISG). 

7Questão 65440. Direito Administrativo, Pregão Decreto n 3555 de 2000, CESPE, Ensino Superior

Acerca de noções relativas a tributos, julgue o item.

A aquisição de bens e serviços comuns pode ser feita com o pregão tradicional, que dispensa os recursos eletrônicos.

8Questão 65441. Direito Administrativo, Pregão Decreto n 3555 de 2000, CESPE, Ensino Superior

Acerca de noções relativas a tributos, julgue o item.

Se não for possível fixar critérios objetivos que permitam aferir o menor preço das propostas apresentadas, a licitação não poderá ser realizada por meio de pregão  eletrônico.

9Questão 65442. Direito Administrativo, Pregão Decreto n 3555 de 2000, CESPE, Ensino Superior

De acordo com o Decreto n.º 5.450/2005, que regulamenta o pregão, na forma eletrônica, para a aquisição de bens e serviços comuns, julgue o item seguinte.

Impugnações e consultas ao edital de licitação na modalidade de pregão, na forma eletrônica, serão recebidas, examinadas e decididas pelo pregoeiro, que poderá contar com o apoio da equipe responsável pela elaboração do edital.

10Questão 65443. Direito Administrativo, Pregão Decreto n 3555 de 2000, CESPE, Ensino Superior

De acordo com o Decreto n.º 5.450/2005, que regulamenta o pregão, na forma eletrônica, para a aquisição de bens e serviços comuns, julgue o item seguinte.

Será considerado bem comum o bem ou serviço cujos padrões de desempenho e qualidade não possam ser definidos de forma objetiva no edital, mas cujo preço de mercado possa ser aferido pela entidade promotora da licitação.

11Questão 65444. Direito Administrativo, Pregão Decreto n 3555 de 2000, CESPE, Ensino Superior

Pregão é uma modalidade de licitação utilizada no Brasil, considerada um aperfeiçoamento do regime de licitações para a Administração Pública Federal, Estadual, Distrital e Municipal. Em relação à Lei nº 10.520/2002, julgue, como VERDADEIRO ou FALSO, os itens a seguir

A fase externa do pregão será iniciada com a convocação dos interessados e observarão o prazo fixado para a apresentação das propostas, contado a partir da publicação do aviso, que não será inferior a oito dias úteis, e as cópias do edital e do respectivo aviso serão colocadas à disposição de qualquer pessoa para consulta e divulgadas pelo mesmo período.

12Questão 65445. Direito Administrativo, Pregão Decreto n 3555 de 2000, CESPE, Ensino Superior

Pregão é uma modalidade de licitação utilizada no Brasil, considerada um aperfeiçoamento do regime de licitações para a Administração Pública Federal, Estadual, Distrital e Municipal. Em relação à Lei nº 10.520/2002, julgue, como VERDADEIRO ou FALSO, os itens a seguir

No Pregão, o prazo de validade das propostas será de sessenta dias, se outro não estiver fixado no edital. Se aquele convocado, dentro do período fixado no edital, não celebrar o contrato, deixar de entregar ou apresentar documentação falsa exigida para o certame, ensejar o retardamento da execução de seu objeto, não mantiver a proposta, falhar na execução do contrato ou cometer fraude fiscal, ficará impedido de licitar e contratar com a União, Estados, Distrito Federal ou Municípios.

13Questão 65446. Direito Administrativo, Pregão Decreto n 3555 de 2000, CESPE, Ensino Superior

Pregão é uma modalidade de licitação utilizada no Brasil, considerada um aperfeiçoamento do regime de licitações para a Administração Pública Federal, Estadual, Distrital e Municipal. Em relação à Lei nº 10.520/2002, julgue, como VERDADEIRO ou FALSO, os itens a seguir

A fase de habilitação do Pregão far-se-á com a verificação de que o licitante está em situação regular perante a Fazenda Nacional, a Seguridade Social e o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço - FGTS, e as Fazendas Estaduais e Municipais, quando for o caso, com a comprovação de que atende às exigências do edital quanto à habilitação jurídica e qualificações técnica e econômico-financeira.

14Questão 65447. Direito Administrativo, Pregão Decreto n 3555 de 2000, CESPE, Ensino Superior

À luz da Lei n.º 10.520/2002, julgue o item subsecutivo. 

No pregão, não são admitidas propostas desprovidas de garantia da viabilidade de seu cumprimento.

15Questão 65448. Direito Administrativo, Pregão Decreto n 3555 de 2000, CESPE, Ensino Superior

À luz da Lei n.º 10.520/2002, julgue o item subsecutivo.

É admitida a cobrança para o fornecimento de edital aos  interessados em  participar de pregão.