Jovem aprendiz bancário: o que é, o que faz e quanto ganha?

Sumaia Santana | Profissões , Jovem Aprendiz | Comentar (0)

Saiba o que faz um aprendiz bancário, um pouco das regras que regem a aprendizagem, o que cai na prova, quanto ganha e como se candidatar a uma vaga de aprendiz em bancos.

Jovem aprendiz bancário: o que é, o que faz e quanto ganha?
Capa: Jovem aprendiz bancário: o que é, o que faz e quanto ganha?

O jovem aprendiz bancário trabalha em agências bancárias desenvolvendo atividades administrativas e operacionais. O jovem aprendiz bancário realiza curso relacionado à área paralelamente à atividade profissional. 

Enquadram-se nessa categoria jovens de 14 a 24 anos que estejam cursando ou tenham concluído o ensino fundamental ou médio (incluindo ensino técnico).

Descubra aqui o que é, o que faz e quanto ganha o jovem aprendiz bancário.

O que é jovem aprendiz? Veja regras para participar

O Programa Jovem Aprendiz é um programa de estímulo ao primeiro emprego criado no ano 2000.

Embora a norma diga que jovens de 14 a 24 sejam elegíveis a essa forma de contratação, a faixa etária diferencia de banco para banco, conforme você verá abaixo:

  • Itaú: o programa é para jovens de 16 a 22 anos;
  • Bradesco: de 16 a 23 anos;
  • Banco do Brasil: há dois programas de aprendizes, o Programa Aprendiz BB (15 a 16 anos incompletos) e Programa Jovem Aprendiz (18 a 22 anos incompletos).

A Lei que regulamenta o Programa Jovem Aprendiz é a nº 10.097, sendo regulamentada pelo Decreto nº5.598/2005 e pelo Decreto nº 9.579/2018. A contratação de aprendizes também segue normas do Estatuto da Criança e do Adolescente.

Conheça algumas regras do Programa Jovem Aprendiz:

  • Empresas médias e grandes devem reservar de 5% a 15% das vagas para aprendizes;
  • Contrato não pode durar mais de dois anos;
  • Registro em carteira profissional;
  • FGTS, férias, 13º salário, vale refeição ou alimentação e auxílio transporte;
  • Salário mínimo, se a empresa tiver condições, o valor poderá ser maior;
  • Curso profissionalizante deve obrigatoriamente mesclar teoria e prática. 

O Programa Jovem Aprendiz também determina que as empresas não podem fixar jornadas superiores a oito horas.

A jornada de trabalho para o aprendiz de ensino fundamental é de seis horas e para o aprendiz de ensino médio é de oito horas. É estritamente proibido o trabalho das 22h às 5h e a realização de hora extra.

O que faz o jovem aprendiz bancário?

As funções do jovem aprendiz bancário são nas áreas de atendimento a clientes, administrativa e atividades relacionadas à informática.

O trabalho é dinâmico e proporciona ao jovem trabalhador participar de várias atividades, como reuniões e também a participação na elaboração de projetos. 

O que estudar para provas de jovem aprendiz?

A prova para jovem aprendiz de maneira genérica varia conforme a empresa, mas costuma abordar conteúdos de ensino fundamental ou ensino médio de Língua Portuguesa, Geografia, História e Matemática.

Tópicos sobre Informática (Pacote Office) também são exigidos nas provas. Veja quais assuntos os aspirantes a Jovem Aprendiz podem encontrar nas provas:

  • Língua Portuguesa: Gramática, Ortografia, Acentuação, Concordância verbal e nominal, Regência nominal e verbal Pontuação, Tempos e Modos Verbais, Relações de coordenação e subordinação, Pronomes, Funções e Figuras de Linguagem, Interpretação de Texto e Redação;
  • Geografia: Hidrografia, Relevo, Clima, Vegetação, Globalização, Cartografia, Espaço Geográfico;
  • História: Descobrimento do Brasil, Ditadura Militar, Redemocratização;
  • Matemática: Operações com números inteiros e racionais, Razão e proporção, Porcentagem, Equação de 1º Grau, Função Exponencial, Função Logarítmica, Trigonometria, Geometria, Sistema Métrico e Raciocínio Lógico.

Agora, o conteúdo da prova de jovem aprendiz bancário possui também questões de Matemática Financeira, Conhecimentos Bancários e Legislação Específica.

Conheça alguns dos conteúdos costumeiramente abordados nas provas:

  • Matemática Financeira: Juros simples e compostos, Montante simples e composto, Desconto simples e série de pagamentos;
  • Combinatória e Probabilidade: Problemas de contagem, Arranjos, permutações e combinações, Probabilidade (noção, probabilidade da união de dois ou mais eventos), Noções de estatística (gráficos de setores, de colunas, de barras).

Cursos preparatórios para jovem aprendiz

Algumas instituições possuem cursos preparatórios para as provas de jovens aprendizes. Conheça um pouco da grade curricular:

  • Produtos e Serviços Financeiros;
  • Sistema Financeiros Nacional;
  • Segurança na rede bancária;
  • Garantias do Sistema Financeiro Nacional;
  • Matemática Financeira;
  • Noções de Contabilidade;
  • Noções de Economia;
  • Estrutura e funcionamento de agências bancárias;
  • Técnicas de Negociação;
  • Atendimento e Canais de atendimento.

Como encontrar empresas que contratam jovens aprendizes?

Os interessados devem pesquisar na internet. Conheça os programas mais conhecidos na contratação e/ou formação de jovens aprendizes:

Aprendiz Legal

O Programa Aprendiz Legal é desenvolvido pela Fundação Roberto Marinho e é voltado para a capacitação profissional.

Os cursos são ministrados em parceria com o CIEE (Centro de Integração Empresa Escola) e a ONG Gerar, que desenvolve ações educacionais e de geração de emprego. Para participar, basta entrar no site e seguir as instruções.

Na área bancária, um dos cursos do Aprendiz Legal é o Serviços Bancários - Adolescente e Jovem. Confira as diferenças entre os dois:

  • Serviços Bancários - Adolescente: destinada aos jovens de 14 a 18 anos para a formação profissional no chamado “Arco Ocupacional de Serviços Bancários” (escriturário, contínuo e auxiliar de escritório). Algumas das disciplinas ministradas são: arquivo físico, informática básica, atendimento telefônico, recebimento e expedição de correspondências e atendimento ao público;
  • Serviços Bancários - Jovens: destinada aos jovens de 18 a 24 anos para formação do chamado “Arco Ocupacional de Serviços Bancários” (atendente de agência, caixa de banco, escriturário e contínuo). As disciplinas ministradas são as mesmas, com a inclusão de assuntos como guarda e contabilização de numerário, valores em espécie e expressos em títulos.

Sites dos bancos

Os candidatos a jovens aprendizes podem entrar diretamente nos sites dos bancos. As páginas detalham os requisitos e como fazer a inscrição, basta procurar na internet “Jovem Aprendiz” + nome do banco. Alguns sites possuem link de “inscreva-se”. 

CIEE

O Programa de Jovem Aprendiz do CIEE (Centro de Integração Empresa Escola) é um dos mais conhecidos e possui vagas para aprendiz bancário. Para participar o candidato deve entrar no portal do CIEE destinado ao Jovem Aprendiz.

Quanto ganha Jovem aprendiz bancário?

A média de salário do Jovem Aprendiz bancário varia conforme a instituição. A remuneração no Itaú é de aproximadamente R$1.038, no Banco do Brasil o salário gira em torno de R$1.047 e no Bradesco é de R$860.

Deixe seu comentário (0)

Seja o primeiro a comentar!