Arquiteto: O que faz, quanto ganha e o que estudar?

Por Sumaia Santana em 13/05/2019

As funções do arquiteto são desenhar a planta de imóveis, coordenar a obra e determinar quais materiais serão usados na obra, tudo isso levando em consideração a finalidade do imóvel.

Ele cria soluções de ventilação, iluminação e acústica pensando no uso do ambiente, por exemplo, no projeto de construção de uma escola de música, esses três pilares contemplarão o estúdio de ensaios e a disposição dos instrumentos musicais e equipamentos de áudio.

Também é trabalho do arquiteto pensar se a obra causará impactos ambientais. Em caso positivo, o profissional deve ter soluções para driblar tais problemas.

É comum vermos em obras de grande porte arquitetos e engenheiros trabalharem lado a lado. Nesse caso, não há uma relação de superioridade e inferioridade de funções, ambos exercem papeis importantes e diferentes.

Diferença entre arquiteto e engenheiro civil

O arquiteto alia conhecimentos técnicos que garantem a estrutura da obra com conceitos estéticos e que garantam a funcionalidade do imóvel.

Já o engenheiro civil preocupa-se somente com questões estruturais. Quem está na dúvida entre cursar arquitetura e engenharia, deve se perguntar se está mais inclinado para artes e estética ou mais para ciências exatas.

Áreas de atuação do arquiteto

O foco do arquiteto com especialização em Arquitetura e Urbanismo é desenvolver novas formas de utilização para aproveitar a função de praças e demais espaços públicos e fazer o planejamento de bairros e cidades.

Um ótimo exemplo da Arquitetura e Urbanismo é a cidade de Brasília, projetada por Lúcio Costa.

A Arquitetura de Interiores é um ramo da arquitetura que cuida de reformas, escolha e disposição de móveis e definição da paleta de cores usadas no imóvel.

Outra área de atuação da arquitetura é a cenografia, onde o profissional desenha e projeta cenários para vários tipos de eventos. O profissional que trabalha com cenografia atua em agências de marketing e produtoras.

A média salarial no Brasil para arquiteto, segundo a Catho é de R$4.192,13, porém, experiência e bagagem acadêmica fazem o salário aumentar. Veja no próximo tópico o que fazer para se tornar um profissional competitivo.

Formação Acadêmica em Arquitetura

Tem duração de 5 anos e tem as seguintes disciplinas: Desenho Arquitetônico, Geometria: Desenho e Forma, Estética, História da Arte, Iluminação e Acústica, Técnicas de Construção, Instalações Prediais, etc.

O curso tem estágio obrigatório supervisionado e trabalho de conclusão de curso.

Como a arquitetura dialoga com sustentabilidade, o formado pode fazer pós-graduação em Arquitetura e Sustentabilidade, onde o aluno terá as disciplinas de Gestão de Projetos Sustentáveis, Arquitetura Bioclimática, etc.

Os cursos de Mestrado e Doutorado tem linhas de pesquisa de Construção, Análise das Cidades e Arte, Design e Tecnologia.

O que estudar para concursos de arquiteto?

Na grande maioria dos concursos públicos para arquiteto você terá que estudar:

  • Língua Portuguesa,
  • Noções de Informática,
  • Projetos de Arquitetura,
  • Projetos Complementares,
  • Programação, controle e fiscalização de obras,
  • Orçamento e composição de custos,
  • Legislação e perícia,
  • Técnicas de desenho e projeto urbano,
  • Legislação profissional,
  • Planejamento urbano,
  • Planejamento urbano e meio ambiente,
  • AutoCAD,
  • Projeto de Arquitetura e de Desenho Urbano,
  • Entre outros.

Você também pode se basear em provas que foram aplicadas em concursos anteriores.

Além de conseguir identificar as disciplinas e assuntos que mais caem, você pode começar a treinar resolvendo as questões e os simulados para o cargo de arquiteto. Veja:

Comentar Dica

Para comentar esta dica é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples e rápido!